Ex-campeão dos meio-pesados, Lyoto Machida completa 37 anos, neste sábado

O Brasil já formou nove campeões lineares no UFC. Entre todos eles, Lyoto Machida é um dos mais queridos pelos fãs brasileiros, e é tido como uma verdadeira personificação das artes...

O Brasil já formou nove campeões lineares no UFC. Entre todos eles, Lyoto Machida é um dos mais queridos pelos fãs brasileiros, e é tido como uma verdadeira personificação das artes marciais. Autocontrole, concentração, lealdade e, principalmente, o respeito são marcas registradas desse carateca, que migrou para o MMA em 2003, e conquistou o cinturão dos meio-pesados em 2009. Neste dia 30 de maio, Lyoto completa 37 anos, e vale fazer uma breve retrospectiva da sua notável carreira.

Foto: UFC via Getty Images

Foto: UFC via Getty Images

Lyoto Carvalho Machida já nasceu dentro das artes marciais. Seu pai, o japonês Yoshizo Machida, é mestre do Caratê Shotokan, sendo graduado no 8º dan. Yoshizo foi mestre de seus quatro filhos, incluindo Lyoto, que passou a treinar também sumô e jiu-jitsu. 



Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Em 2003, Lyoto migrou para o MMA, e em 2007 assinou com o UFC. Após acumular 6 vitórias seguidas, recebeu a  chance de disputar o cinturão da categoria dos meio-pesados. A luta contra Rashad Evans foi marcada para o UFC 98, e Lyoto se tornaria campeão da categoria mais disputada da época. O brasileiro só perderia seu cinturão, na revanche contra Maurício Rua, o Shogun, no UFC 113. Após alternar vitórias e derrotas, desceu para os pesos-médios em 2013. Após vencer Mark Muñoz e Gegard Mousasi em sequência, recebeu a chance de lutar pelo cinturão da categoria peso médio, não obtendo sucesso, vindo a sucumbir diante de Chris Weidman, em uma verdadeira guerra de 5 rounds.

(Foto: UFC)

(Foto: UFC)

Atualmente, após perder de maneira dominante para o americano Luke Rockhold, Lyoto vive um limbo em sua carreira. A volta à categoria dos meio-pesados parece distante, em vista do porte físico avantajado da divisão. O ‘Dragão‘ tem luta marcada, contra o cubano Yoel Romero, no TUF Brasil 4 Final. Uma vitória pode significar a sua definitiva volta à corrida pelo cinturão. Uma derrota pode decretar de vez uma caminhada para o fim de sua brilhante carreira no UFC.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Gabriel M. Neves



Categorias
Lutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

nove + onze =

RELACIONADO POR