Exclusivo: Nocaute na Rede entrevista o multi campeão de Jiu Jitsu e atual competidor do UFC, Gilbert ‘Durinho’.

Agora pela manhã,  nossa equipe do Nocaute na Rede recebeu a oportunidade de conversar com esse competidor que foi multi campeão de Jiu jitsu e atualmente faz parte do...

Agora pela manhã,  nossa equipe do Nocaute na Rede recebeu a oportunidade de conversar com esse competidor que foi multi campeão de Jiu jitsu e atualmente faz parte do plantel de lutadores do maior palco do Mixed Martial Arts atual (UFC), trata-se do brasileiro produto da Blackzilians, Gilbert “Durinho” Burns.

Durinho, 29 anos e um faixa preta de 2° grau, detém de 12 aparições no MMA profissional, tendo despachado 11 adversários e adquirido apenas uma derrota em sua jornada esportiva, vitórias sobre o brasileiro Alex Cowboy, o grego Christos Giaggos e sueco Andreas Stahl âncoram seu resumo no UFC.

 

Durinho

Foto via Alexis Terrosa – Sondermarketing

NR: Primeiramente Durinho, como anda a sua preparação para esse confronto com o polonês Lukasz Sajewski?

Durinho: Então a preparação já está 100% um tempo já, eu queria ter lutado naquele UFC de Tampa em Abril mas acabou que o UFC não me escalou, continuo treinando ate porque estou na Blackzilians e tem muita gente que sempre ta lutando, sempre estamos treinando, foi bom esse tempo sem lutar pra arrumar a parte técnica, que as vezes no camping e muito corrido e não temos tempo de fixar detalhes, da minha ultima luta até essa preparação  tive muito tempo para me preparar com técnicas novas, agora tenho que começar a 1000 por hora, to sem lesão  nenhuma e pronto pra dar o meu melhor. 

 

NR: Tenho percebido que os atletas da Blackzilians tem tido alguns problemas na parte de chão mas o jogo em pé bastante afiado, no seu caso a parte de chão sempre está em dia, você tem feito algo diferente dos demais companheiros ? 

Durinho: Olha acho que ta melhorando muito a parte de chão e de wrestling mas cada equipe tem um foco, cada equipe tem seu estilo, e o estilo da academia Blackzilians é mais agressiva nessa parte de Kickboxing, esse é o estilo do Henry Hooft, eu sou um cara que vem do chão então  não  quero perder essa parte, então  trabalho sempre minhas raízes mas focando um pouco na parte em pé, estamos fazendo nosso melhor e nossa equipe ta melhorando, mesmo sendo um time, no fim é um esporte individual, cada um tem que trabalhar seu ponto negativo, nao ficar na zona de conforto, isso que tenho feito. 

NR: Qual a parte mais importante que você trás do Jiu Jitsu para o MMA ?

Durinho: eu acho que a parte que mais me ajuda do Jiu Jitsu no MMA é a parte de finalização, sempre fui muito agressivo no JJ, sempre dei queda, sempre me virei, sempre que cai por baixo ou por cima ataquei igual… no MMA nao tem essa de amarrar, você tem que ir pra tentar nocautear ou tentar finalizar, isso eu acho que me ajuda muito, o Jiu Jitsu ofensivo, a parte de Wrestling ofensiva que eu ja fazia e judô também me ajuda muito no MMA, fora a parte de competição, viajei o mundo inteiro lutando, a adrenalina, as lesões, lutar machucado, tudo isso do JJ me ajudou no MMA.

NR: Seu irmão Herbert  é  baseado na Evolve MMA em Singapura, o que acha de intercâmbios entre academias ?

Durinho: Eu acho ótimo o intercâmbio de academias, acho que só tem a acrescentar na vida do atleta, antigamente os caras te chamavam de creonte, hoje em dia não, hoje em dia tem que correr atras da academia que se sente melhor, um tempo atrás dei seminário na Califórnia e fiquei na Kings MMA, tive a oportunidade de fazer um treino com Cordeiro, com Rafael dos Anjos que tava la, o Shogun… Toda essa galera, fiz wrestling com eles… cara foi irado, você só tem à aprender com isso, adquirir algo novo no seu treino, pretendo fazer mais vezes isso, meu irmão mesmo ja veio pra ca e ta pra voltar de novo, hoje em dia tem que estar com a cabeça aberta pra evoluir 

NR: Deixe uma mensagem pro pessoal que sempre te apoiou aqui no Brasil e no mundo

Durinho: Eu queria agradecer todos os meus fãs que me seguem em todas as redes sociais, o pessoal sempre me acompanha dando aquela torcida, dando aquela mensagem positiva.. Queria agradecer a todos e dia 7 de julho vou estar preparado, to em camping, to concentrando e preparado pra dar melhor, queria agradecer todo mundo ai!

 


Categorias
EntrevistasJiu JitsuLutasMMA InternacionalUFC

Jornalista - seguidor dos esportes de combate desde 2006 - Fã de Shogun e Mousasi.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    18 − seis =

    RELACIONADO POR