#FalaCarlão: A Estreia e Ronaldo de Souza “Jacaré”

Olá, amigos do Nocaute na Rede. Hoje inicio uma nova jornada de interação com os fãs do MMA. Começo a escrever minha coluna neste novo projeto jornalístico, o Nocaute...

Olá, amigos do Nocaute na Rede.

Hoje inicio uma nova jornada de interação com os fãs do MMA. Começo a escrever minha coluna neste novo projeto jornalístico, o Nocaute na Rede.



Essa coluna terá periodicidade ora semanal, ora quinzenal – tudo irá depender do número de eventos de qualidade que sejam realizados. Meu foco serão as melhores lutas e seus protagonistas, iriei analisar o combate e o possível futuro dos atletas que mais me impactaram.

Para minha estreia, escolhi como protagonista o faixa preta de Jiu Jitsu Ronaldo de Souza, conhecido nos tatames mundo afora como Jacaré.

Tivemos na última quarta-feira, dia 4, no UFC Fight Night Glover x Bader, em Belo Horizonte (MG), a vitória espetacular de Ronaldo Jacaré contra um lutador preterido por muitos, mas de qualidade, que é Yushin Okami.

Foto: Josh Hedges/Zuffa via Getty Images

Foto: Josh Hedges/Zuffa via Getty Images

Antes do combate, a maioria dos chamados especialistas, inclusive eu, assinalava vitória de Jacaré em uma luta travada mais no chão, onde o lutador capixaba (sim, capixaba, Jacaré não é manauara) teria que usar sua perícia na luta de solo para vencer o duro atleta japonês. Pois é, estávamos enganados. Jacaré mostrou uma melhora significativa na luta em pé, andando pelo octógono com desenvoltura, caçando Okami que parecia surpreso pela postura imposta pelo brasileiro. Jacaré conseguiu aplicar um golpe duro que levou o atleta japonês ao solo, onde o brasileiro passou a desferir alguns fortes golpes que obrigaram o árbitro Leon Roberts a interromper o combate e salvar Okami da agonia.

Diante dessa apresentação com muita personalidade, maturidade e habilidade, Jacaré se coloca em uma posição de destaque na divisão dos médios. Então surgem as perguntas: Ele será o próximo desafiante ao cinturão? Precisa de mais uma luta? E se tiver que fazer mais uma luta, será contra quem?  Dúvidas e mais dúvidas sobre o futuro próximo de Ronaldo de Souza.

Tentando pensar com a cabeça do Dana White e do Joe Silva, acho que se o Vitor Belfort perder para o Dan Henderson (luta que será travada nos meios pesados) ele entrará em rota de colisão com Jacaré na disputa pelo direito a desafiar o campeão, mas se Vitor vencer essa luta irá direto para a disputa (com total merecimento). 

Seguindo essa linha de raciocínio vejo a possibilidade de Jacaré lutar contra o vencedor entre Lyoto Machida x Tim Kennedy para uma vaga em busca do cinturão. Pesa contra Jacaré o fato de ele afirmar que não luta contra Anderson Silva, que diante de seu legado na categoria conseguiu o direito de fazer uma revanche imediata contra o atual campeão Cris Weidman. Portanto, se o Spider recuperar o título e se mantiver campeão, Jacaré só terá uma alternativa: subir de peso e tentar a sorte em uma das categorias mais equilibradas do evento. Qual será o futuro do promissor atleta?  Ficará em sua categoria e confirmará a previsão de muitos, que será o novo detentor do cinturão dos médios? Ou subirá de categoria para se digladiar contra lutadores mais pesados e de muita qualidade?

Particularmente não entendo muito esse “código de honra” imposto aos atletas da mesma equipe, que os impedem de se enfrentar, porque o sonho de todo lutador é ter o cinturão e se esse cinturão está de posse de um companheiro de treinos, não é justo alguém ter que desistir de seus sonhos. Os treinadores e atletas têm que ter maturidade para superar esse “problema” e lutar, se entregando, buscando seu objetivo. O respeito e a amizade não se medem por uma luta, ninguém tem o direito de ceifar o sonho do outro.

O Jacaré é peso médio e é nessa divisão que ele tem que depositar sua energia. Sim, já sei o que estão pensando, que não estou levando em consideração a vitória do Weidman e futuramente do Belfort.  Estou sim, mas aí fica complicado, pois tudo pode acontecer, são dois grandes lutadores. Jacaré poderá vencê-los? Lógico, mas poderá ser derrotado e descer alguns degraus, algo que não impedirá de um dia ele ser detentor do cinturão dos médios, algo que vejo com muita clareza.

Bom, mas isso tudo é especulação, são análises de um apaixonado por Artes Marciais que dedicou e dedica maior parte de sua vida ao esporte.

Se eu estiver certo – o que só tempo irá nos dizer – independentemente de erros e acertos, espero que o Jacaré tome a decisão certa sobre seu futuro.

Compartilhem #FalaCarlão

Forte abraço, fiquem com Deus!



Categorias
Opinião

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
2 Comentários nesta publicação.
  • Marcos Paulo
    12 setembro 2013 at 23:45
    Responder

    Olá Carlão Barreto bem vindo ao Nocaute na rede – dando um upgrade ao site. Abraços.

    • Carlão Barreto
      23 setembro 2013 at 21:21
      Responder

      Obrigado Paulo, em breve novo post! Abraços

    Responder

    *

    *

    um × cinco =

    RELACIONADO POR