#FalaCarlão: Vocês estão preparados?

Olá, amigos do Nocaute na Rede! Quem venceu George Saint Pierre ou Johny Hendricks? Muita discussão, uns dando a vitória para GSP, muitos outros para Johny Hendricks. Se fizermos...

Opiniao-Carlão

Olá, amigos do Nocaute na Rede!



Quem venceu George Saint Pierre ou Johny Hendricks? Muita discussão, uns dando a vitória para GSP, muitos outros para Johny Hendricks. Se fizermos uma análise do combate, foi uma luta bem equilibrada, pois dois dos cinco rounds causaram discordância de muitos.

Então como falar que foi roubo? Como falar com exatidão que o campeão foi beneficiado? Então, por que tanta polêmica? Simplesmente porque as pessoas se deixam influenciar pelos hematomas na face dos lutadores. E o que eu quero dizer com isso? GSP ficou todo machucado, enquanto o desafiante ficou praticamente sem nenhuma escoriação, como se não tivesse nem lutado cinco rounds.

Esse impacto visual faz com que as pessoas tenham a sensação da vitória do Johny Hendricks. É claro que isso mostra sua contundência, sem dúvida!  Mas essa não é a única leitura que se deve ter para definir o vencedor de um combate. Não podemos esquecer que as lutas, pelas regras atuais, são definidas round por round e depois são somados os pontos, chegando-se assim ao vencedor, seguindo critérios pré definidos e seu grau de importância.

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

A polêmica sobre o resultado, insuflado pelas duras palavras de Dana White em relação à Comissão Atlética de Nevada, fizeram as redes sociais ferverem. Os juízes erraram? A arbitragem está sendo nivelada por baixo? As regras são injustas?

Muitas perguntas que merecem um debate equilibrado, mas temos que entender que erros irão acontecer hoje e sempre, pois se trata de seres humanos, passíveis de falhas. Em minha opinião, os juízes e árbitros deveriam passar por cursos de reciclagem periódicos, incluindo aulas de lutas, para melhor entendimento da dinâmica e grau de dificuldade do combate. Isso seria de grande valia para minimizar possíveis erros de julgamento.

Fica muito fácil criticar, mas vejo que muita gente não conhece as regras  e seus critérios , por isso, faz julgamentos sem embasamento, se deixando levar pela emoção e não pela razão.

E antes que vocês, amigos leitores, fiquem se perguntando qual foi meu resultado para luta: pontuei 48 x 47 para o desafiante, Johny Hendricks.

Fiquem com Deus! 

Mantenham o foco, acreditem em seus sonhos! Oss

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta nossa página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
Opinião

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
3 Comentários nesta publicação.
  • Carlo Rodovalho
    6 janeiro 2014 at 16:26
    Responder

    Olá Carlão, pelo modo que você fala, sugere que os critérios adotados para as decisões no MMA são inquestionáveis. Ora pois, se há algo que os questione, são as marcas que GSP levou pra casa – o campeão saiu quase chorando do octógono, mal conseguia se expressar. Para mim, quem perde uma luta de MMA é de fato quem sai dominado ou mais prejudicado. Se os critérios adotados para o MMA não dão a vitória ao Hendricks, temo que eles mereçam sofrer uma reforma. O que acha?

  • Fulano de Tal
    29 novembro 2013 at 17:36
    Responder

    Da-lhe Carlão!!!!!

  • Ubiratan Rodrigues
    29 novembro 2013 at 16:59
    Responder

    Otima análise Carlão!

  • Responder

    *

    *

    dezessete + um =

    RELACIONADO POR