Fight Club Sporting MMA, um nova frente para o MMA Paulista

A fim de difundir e agregar cada vez mais adeptos ao MMA, Magno Wilson Matchmaker do Thunder Fight realiza Evento de MMA Amador com cara de campeonato.
fight-club-sporting-mma-1
(Foto: Robson Gomes)

Realizado no ultimo sábado, 25 de março, na academia Boa Forma no Bairro de Cumbica Guarulhos – SP, aconteceu a primeira edição do Fight Club Sporting MMA. O foco dos seus organizadores foram oferecer aos praticantes de MMA um evento seguro com regras adaptadas que agradassem aos praticantes de Mixed Martial Arts oriundos de todas as Artes Marciais. E assim foi, foram 50 inscritos de diferentes idades e de diversas cidades do estado de São Paulo. O Evento ainda foi apadrinhado pelo o Thunder Fight, que foi um dos primeiros Grandes Eventos a abrir espaço na TV para os atletas amadores que escolheram dois atletas para estar lutando a próxima edição.

Magno Wilson e sua namorada Natalia Caloni, também parceira nessa nova empreitada garantem se empenhar para sempre fazer uma edição melhor do que a anterior dando toda  a atenção possível ao atleta e sua equipe.



“Tudo o que já vimos faltar em outros eventos fizemos questão de ter no Fight Club para os atletas”. Afirma Natalia Caloni.

Para o Magno Wilson o mais importante é ter  tido a participação daqueles atletas não “convencionais”, ou seja o obeso, o infanto juvenil, o fora de idade, como no caso do Jeová, porteiro de 42 anos de idade que pisou no cage pela a primeira vez. Um “MMA para todos” garante o promotor do evento. O Evento foi tão popular em suas participações que uma das lutas mais esperadas era entre os adolescentes  de 15 anos de idade Guilherme Campos pupilo do Ex UFC Elias Silvério e Eduardinho Araujo filho do Arbitro Paulistano Edu Melo, aonde Guilherme venceu por decisão unanime dos arbitros. Outra luta que também chamou a atenção foi dos pesos pesados Marcio Pinheiros de Guarulhos contra Davi Golias que viajou 80km para  competir, aonde o atleta Guarulhense venceu por Nocaute Técnico no segundo round. O Evento ainda realizou um disputa entre as equipes que somavam pontos a cada disputa para ver quem levaria a taça de melhor equipe dessa edição e a equipe vencedora foi a Iron Brothers da cidade de São Caetano do faixa preta da BTT, Clayton Monteiro.

fight-club-sporting-mma

(Foto: Robson Gomes)

Todas as lutas foram filmadas, fotografadas e serão registradas no Sherdog como lutas amadoras, seus organizadores programam a segunda edição para a segunda quinzena de Junho.

Veja abaixo os resultados das disputas:

Walter Duarte (Team Chikara) venceu por decisão unanime Yago Falzarano (Iron Brothers);

Carlos Alberto (Brazilian Alvez MMA) venceu por finalização Ronaldo Guerreiro (Sankaku Team);

Lucas Lopes (Dinho Fight Team) venceu por decisão unanime Alyson Pereira (França MMA);

Heverson Domingos (Sankaku Team) venceu por finalização “mata leão” leonardo Vila Lobos (Muay Thai Brazil);

Robinson Cesar (Brazilian Alves) por decisão dividida Marcelo Ferrira (Perna Team Master);

Marcelo Alagoas (Iron Brothers) venceu por decisão uannime Bruno Aranha (Team Chikara);

Wenderson Alemão (Guarulhos Fight Team) vence por decisão divida Emerson samurai ( Iron Brothers);

Robson Paixão (Combat House) vence por finalização kimura Mohamed Beautiful Boy (Guarulhos Fight Team);

Danilo Izidia (Peso Pesado) vence por finalização arm lock Wallison Silva (Xeque Fight Team);

Maciel Souza (Lotus Club) venceu por decisão unanime Jonathan Lima (Spartanos Fight Team);

Caio Santos (Guarulhos Fight Team) venceu por nocaute técnico Michel Salsicha (Iron Brothers);

Marcio Pinheiros (Guarulhos Fight Team) venceu por nocaute técnico Davi Golias (Spartanos Fight Team);

Giuliano Giusep (Iron Brothers) venceu por intervenção médica Samuel Linhares (Dinho Fight Team);

Jeferson Rodrigues ( Spartanos Fight Team) venceu por finalização Guilhotina Uadson Bahia( Guarulhos Fight Team);

Arislam Gama (Dinho Fight Team) venceu por decisão unanime Wesley Warney (Iron Brothers);

Willian Batista (França MMA) venceu por decisão unanime Ivan Pereira (Team Chikara);

Gabriel Rossi (Xeque Fight Team) venceu por finalização guilhotina Jeová Mendes (Pinheiros Team);

Maritca (Iron Brothers) venceu por decisão unanime Elton Glauber (Combate House);

Antonio Louco (Team Chikara) venceu por finalização arm lock Gregori Teixeira (Killer Bees);

Andreza Pulcino (Peso Pesado) venceu por decisão Unanime Ana Tereza (Guarulhos Fight Team);

Gui Campos (Silvério Team) venceu por decisão unanime Eduardinho Araujo (Terrier Fight Team);

Valdemiro (Mavors MMA) venceu por decisão unanime Ezequiel Karatê ( Guarulhos Fight Team);

Jackson Preto (Guarulhos Fight Team) venceu por desistencia Luiz Henrique (França MMA).



IBlackbelt
Categorias
LutasMMA Nacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

dezesseis − dois =

RELACIONADO POR