Gilbert Durinho enfrenta Kamaru Usman em fevereiro de 2021

O brasileiro Gilbert Durinho está apalavrado para enfrentar Kamaru Usman, campeão dos meio-médios, na luta principal do UFC 258, que será realizado no dia 13 de fevereiro de 2021....
(Foto: Reprodução)

O brasileiro Gilbert Durinho está apalavrado para enfrentar Kamaru Usman, campeão dos meio-médios, na luta principal do UFC 258, que será realizado no dia 13 de fevereiro de 2021. O local ainda não foi definido, mas provavelmente será em Abu Dhabi. As informações foram passadas pelo Combate.com, que apurou junto a fontes ligadas ao Ultimate.

Durinho tem 34 anos e um cartel com 22 lutas, 19 vitórias (6 nocautes, 8 finalizações e 5 por decisão) e 3 derrotas (1 nocaute e 2 por decisão). Ele não sabe o que é perder uma luta desde quando foi nocauteado por Dan Hooker, em julho de 2018. Desde então são 6 vitórias em 6 combates. A última delas em cima do ex-campeão Tyron Woodley, com uma performance completamente dominante em 5 rounds.



Kamaru Usman tem 33 anos, 18 lutas, 17 vitórias (7 nocautes, 1 finalização e 9 por decisão) e 1 derrota (finalização). A única vez que foi superado foi em 2013, em sua segunda luta profissional. De lá pra cá são 16 vitórias seguidas, 12 pelo UFC. Sua última apresentação aconteceu no UFC 251, quando venceu Jorge Masvidal, por decisão unânime, com amplo domínio.

RESENHA:

Kamaru Usman costuma ser um lutador bem dominante em seus confrontos. Não tem nenhuma vergonha de fazer o jogo mais amarrado, de utilizar seu ótimo wrestling para colocar o adversário no chão e segurar por lá, espetando no ground and pound. O cara não joga para torcida, não joga para dar show, e sim para ganhar. E nessa missão, o excelente preparo físico, aliado a técnica, é componente principal.

Mas se existe um cara, hoje, na divisão, que tem o jogo que casa com o do nigeriano, esse alguém é Gilbert Durinho. O brasileiro tem o grappling como ponto forte, principalmente o jiu jitsu. Se Usman optar pelo jogo que normalmente faz, de amassar por cima no ground and pound, pode sim acabar finalizado. Ou, no mínimo, Durinho pode conseguir, com sua “arte suave”, reduzir os danos causados pelos golpes traumáticos.  E não é só isso.

Nos últimos anos poucos lutadores evoluíram de forma tão significativa como Burns. Se antes ele era praticamente um lutador de jiu jitsu competindo no MMA, agora é dono de uma trocação de alto nível, com boas combinações, mãos rápidas e muito pesadas. Até o russo Alexey Kunchenko, que tinha 20 vitórias em 20 lutas, sendo 13 por nocaute, não conseguiu superar o brasileiro. E o preparo físico também não tem deixado a desejar.

Teoricamente o jogo casa bem para o brasileiro. Só que MMA não é ciência exata. Lembremos, por exemplo, que Justin Gaethje era, na teoria, o oponente perfeito para bater Khabib Nurmagomedov. Na hora da luta, na prática, acabou que o russo conseguiu se impor e vencer facilmente. Então, o jogo encaixa para Durinho, mas Usman tem potencial para colocar a luta no solo, amassar no ground and pound e não ser finalizado.

Se eu tivesse que apostar em alguém, investiria em Usman, mas se o brasileiro vencer não será nenhuma surpresa, mas sim uma recompensa grandiosa por todo trabalho que vem desenvolvendo nesse processo de evolução do seu jogo. E você, caro leitor, em quem aposta, Usman ou Durinho? Pra quem vai torcer? Qual a forma da vitória? Deixe aí seu comentário.

Texto e edição: Kaio Lima

 

Instagram do Nocaute na Redehttps://www.instagram.com/redenocaute/?hl=pt-br
Instagram de Kaio Limahttps://www.instagram.com/kaiotlima.mma/



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito − 4 =

RELACIONADO POR