Jacaré diz que pode se aposentar caso canse de esperar por title shot

Brasileiro enfrenta Robert Whittaker no UFC On Fox 24, em abril.
Ronaldo Jacaré / Foto: UFC Jeff Bottari/Zuffa LLC

Depois de derrotar Tim Boetsch no UFC 208, Ronaldo Jacaré pediu revanches contra Luke Rockhold e Yoel Romero, e mais uma vez seu pedido não foi atendido pelo Ultimate. A organização fechou um combate entre o brasileiro e Robert Whittaker, para o mês de abril, em uma luta que possivelmente não dará uma chance de disputar o título, caso Jacaré vença.

Com mais uma “derrapada” do UFC, Ronaldo Jacaré declarou em entrevista ao site MMAFighting, que pode se aposentar do octógono, caso se sinta de saco cheio por não receber title shot.



“Estou feliz de estar lutando, mas não tenho problema de parar de lutar. Parei de competir no jiu-jítsu em 2005 quando estava no topo da minha carreira e se eu achar que é demais pra mim e que estou de saco cheio de esperar, posso parar de lutar. É isso. Posso abrir minha própria academia e ganhar tanto dinheiro quanto eu ganharia lutando e ainda ser feliz. Tenho esse sonho de abrir a minha academia, portanto, não tenho o problema de parar de lutar (MMA). Tenho certeza que teria muitos alunos. Façam as contas: 400 alunos treinando comigo…”

Tradução: Sexto round

UFC Fight Night
15 de abril, em Kansas City (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 21h, horário de Brasília):
Peso-mosca: Demetrious Johnson x Wilson Reis
Peso-palha: Rose Namajunas x Michelle Waterson
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Robert Whittaker
Peso-pena: Jeremy Stephens x Renato Moicano
CARD PRELIMINAR (a partir de 17h30, horário de Brasília):
Peso-pesado: Alexander Volkov x Roy Nelson
Peso-mosca: Tim Elliott x Louis Smolka
Peso-galo: Aljamain Sterling x Augusto Tanquinho
Peso-meio-pesado: Devin Clark x Jake Collier
Peso-meio-médio: Zak Cummings x Nathan Coy
Peso-médio: Anthony Smith x Andrew Sanchez

 



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

27 anos, gaúcho, bacharel em administração.
Sem Comentários

Responder

*

*

quatro × um =

RELACIONADO POR