Kamaru Usman no caminho para quebrar recordes históricos no UFC

O reinado de Usman já é o maior na categoria desde os incríveis 2.064 dias de Georges St-Pierre, entre abril de 2008 e dezembro de 2013
kamaru usman
Foto: Reprodução (UFC.com)

No UFC 235, em Las Vegas, Kamaru Usman dominou a luta, venceu Tyron Woodley por decisão unânime dos juízes (50-44, 50-44, 50-45) e se tornou o primeiro nigeriano a ser campeão do UFC. Desde o dia 2 de março de 2019, nenhum outro lutador ostentou o cinturão dos meio-médios. Uma boa notícia para os espectadores que gostam de apostar nas lutas, basta somar essa informação aos sites de apostas mais confiáveis e aproveitar todas as disputas.

O reinado de Usman já é o maior na categoria desde os incríveis 2.064 dias de Georges St-Pierre, entre abril de 2008 e dezembro de 2013. No total de dias seguidos entre os reinados individuais, Usman, que já superou a barreira dos 1.100, entrará no top 10 e superará Tito Ortiz e Daniel Cormier até sua próxima luta de defesa do cinturão, que só ocorrerá a partir de julho, quando voltará de lesão na mão.



Mas não é só no quesito tempo que Kamaru Usman está entrando para a história. Com uma média de 2 lutas por ano, o nigeriano já ocupa a sétima posição entre os campeões com mais defesas de cinturão, com 5. O líder é Demetrious Johnson, que soma surreais 11 vitórias consecutivas como campeão de uma categoria.

Melhor lutador masculino peso-por-peso atualmente do UFC, Kamaru Usman domina uma categoria como há muito tempo não se via. Durante seu reinado, já venceu o ex-campeão Colby Covington em duas oportunidades, o experiente Jorge Masvidal também duas vezes e o brasileiro Gilbert Burns, que vinha de 6 vitórias consecutivas no UFC. Antes do título, bateu também Rafael dos Anjos, Demian Maia e Tyron Woodley, o então campeão. O próximo oponente deve ser Leon Edwards, que não perde desde 2015, justamente para o “Pesadelo Nigeriano”.

Não é só recordes como campeão que Usman pode quebrar. Com 15 vitórias e nenhuma derrota, ele já é o lutador invicto com mais triunfos na principal organização de MMA do mundo. Além disso, está a apenas uma vitória de igualar o recorde de triunfos consecutivos de Anderson Silva. Usman também detém o maior número de vitórias consecutivas da categoria meio-médios e lidera o ranking de histórico de mais vitórias por decisão unânime, com 10.

Vale ficar de olho também em Israel Adesanya. Com apenas uma derrota no UFC, quando subiu de peso para tentar conquistar também o cinturão dos meio-pesados, Adesanya está voando entre os médios: venceu todas as outras 11 lutas e defendeu seu título em quatro oportunidades. Ainda com 32 anos, é outro nigeriano com grande potencial para estabelecer uma dinastia em sua categoria.



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Louco por MMA Internacional e Nacional - Owner do Nocaute na Rede"1% de chances SEMPRE confiante"
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    15 − 2 =

    RELACIONADO POR