Lágrimas, emoção e homenagem da família na 3ª Copa Oscar Santos de Judô

Lágrimas e homenagem. A emoção tomou conta da 3ª Copa Oscar Santos de Judô, realizada neste sábado, no ginásio da APAE, no Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus. Osvaldo...
Abraço de Osvaldo na mãe Léa - Copa Oscar Santos
Abraço de Osvaldo na mãe Léa - Copa Oscar Santos

Lágrimas e homenagem. A emoção tomou conta da 3ª Copa Oscar Santos de Judô, realizada neste sábado, no ginásio da APAE, no Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus. Osvaldo Santos, irmão do saudoso judoca que dá nome à competição, voltou aos tatames após superar o drama familiar, levou a medalha de ouro em sua categoria e ofereceu a conquista à mãe, dona Léa, como presente.

A participação de Osvaldo e a presença de dona Léa nas arquibancadas, sem dúvida, foram os pontos altos do torneio organizado pela Associação Comunitária de Pais e Alunos de Judô do Amazonas (Acopajam). A família deles foi vítima da violência que assola a juventude na capital amazonense.



Em 10 de março de 2014, o promissor judoca amazonense Oscar Ferreira dos Santos, então com 18 anos, foi morto com um tiro nas costas após sair de um treino da Escola Estadual Rui Barbosa Lima, no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus.

O assassinato abalou dona Léa. Osvaldo, que se inspirava em Oscar, deixou de treinar após a morte do irmão. Dois anos depois, ele superou o drama ao faturar a medalha de ouro na categoria até 66 kg.

“Quando aconteceu a tragédia, fiquei desmotivado e perdi a vontade de treinar. Eu queria ser que nem ele, ser o melhor da categoria, ganhar vaga na seleção amazonense e disputar o Brasileiro. Este ano eu resolvi voltar como forma de homenageá-lo e manter viva a chama do judô na família”, disse Osvaldo, que dedicou a vitória para a mãe, com um abraço apertado.

Judô - Osvaldo Santos no pódio com a mãe - foto 1 - by Emanuel Mendes Siqueira

(Foto: Emanuel Mendes Siqueira)

Dona Léa, em lágrimas e sob aplausos do público, considerou o ippon aplicado por Osvaldo sobre o adversário na grande final como um presente antecipado para o Dia das Mães.

“Meus filhos são a razão de eu estar aqui. O Oscar era exceção, pois ele se destacava, corria atrás, mas a gente sabe que todos eles têm o seu mérito. Eu sou a mãe mais orgulhosa do mundo. Essa homenagem ao meu filho é um grande exemplo de que a vida dele, apesar de ter sido tirada de nós, não ficou em vão. Tem o legado, que é o irmão dele e que está fazendo bonito. É o melhor presente do Dia das Mães ver meu filho de volta ao judô e como um grande campeão, como foi o irmão dele”, comentou dona Léa.

Apoiadores

A 3ª Copa Oscar Santos de Judô teve apoio da Samel, Governo do Amazonas (Sejel), Prefeitura de Manaus (Semjel), APAE Manaus, Federação de Judô do Amazonas (Fejama), Amazon Sat e Emanuel Sports & Marketing.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
Lutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

9 − 1 =

RELACIONADO POR