Libório, Galvão, Calasans e o saldo final do Mundial do ADCC no Brasil

O Mundial do ADCC retornou ao Brasil nos dias 29 e 30 de agosto. Grandes competidores se enfrentaram em 2003, na primeira edição do Mundial no Brasil, e desta...

O Mundial do ADCC retornou ao Brasil nos dias 29 e 30 de agosto. Grandes competidores se enfrentaram em 2003, na primeira edição do Mundial no Brasil, e desta vez não poderia ser diferente.

Foram 96 atletas de todos os cantos do planeta, passando por desafios contra o peso e a ansiedade, na busca do sonhado ouro do torneio criado pelo xeique Tahnoon Bin Zayed.



Dois dias intensos de competição. Lágrimas, gritos, reviravoltas. Teve de tudo no aguardado campeonato. Ídolos da nova e velha geração se digladiaram para o deleite do público que lotou o ginásio Mauro Pinheiro, no Ibirapuera.

(Foto: Gabriel Srur/Santo Negro Art Photography)

(Foto: Gabriel Srur/Santo Negro Art Photography)

Tudo começou na sexta-feira, no dia da pesagem oficial que definia, enfim, as listas finais. Alguns atletas não bateram o peso, outros não conseguiram se apresentar em plenas condições para a árdua disputa. Outros foram postos em seus lugares e assim ficava tudo certo para começar.

No sábado, os primeiros guerreiros entraram no tatame para o início sua peregrinação até o lugar mais alto do pódio. Uns venceram, outros ficaram no caminho, e alguns até conseguiram voltar para substituir classificados que se lesionaram no percurso.

No fim do dia, tivemos a aguardada superluta entre os veteranos Ricardo Libório e Zé Mario Sperry. Ex-companheiros de Carlson Gracie, os famosos professores colidiram num duelo pesado e exaustivo. No fim do tempo regulamentar e dois tempos extras, a decisão: Ricardo Libório bateu Mario Sperry para se tornar o novo campeão da superluta do ADCC.

Já no domingo, era o dia de conhecermos os vencedores. As categorias até 66kg, 77kg, 88kg, 99, e acima de 99kg masculinas, e até 60kg e acima de 60kg femininas tiveram seus novos reis e rainhas, e até mesmos reis que se mantiveram no poder.

Após as finais das categorias, e as qualificatórias do absoluto, era chagada a hora. André Galvão ficaria de frente com Roberto Cyborg na luta mais aguardada do domingo. O público foi ao delírio segundos antes dos dois gigantes pisarem no tatame.

O combate foi disputado nos primeiro minutos, mas Galvão conseguiu impor seu jogo e dominar o feroz Cyborg, para vencer por 6 a 0 nas pontuações.

(Foto: Gabriel Srur/Santo Negro Art Photography)

(Foto: Gabriel Srur/Santo Negro Art Photography)

Para fechar a edição, a final do torneio em peso absoluto. Cláudio Calasans e João Gabriel Rocha superaram o cansaço, lesões e fadiga muscular para lutar pelo título absoluto. Após 40min de garra, determinação em muita força de vontade de ambos os atletas, Calasans ficou com o título após empate em zero a zero, com vitória definida por 3 a 2 nas punições.

Confira abaixo os resultados completos e não esqueça: o ADCC traz, ainda em 2015, o duelo entre Viscardi Andrade contra Jorge Patino Macaco no 3° Troféu Brasil do ADCC, em novembro!

RESULTADOS:

Masculino -66kg

Ouro: Rubens Cobrinha (BRA)
Prata: Bruno Frazzato (BRA)
Bronze: Augusto Tanquinho

Masculino -77kg

Ouro: Davi Ramos (BRA)
Prata: Lucas Lepri (BRA)
Bronze: Gilbert Durinho (BRA)

Masculino -88kg

Ouro: Yuri Simões (BRA)
Prata: Keenan Cornelius (USA)
Bronze: Rustam Chsiev (RUS)

Masculino -99kg

Ouro: Rodolfo Vieira (BRA)
Prata: Felipe Preguiça (BRA)
Bronze: João de Assis (BRA)

Masculino +99kg

Ouro: Orlando Sanchez (USA)
Prata: Jared Dopp (USA)
Bronze: Vinny Magalhães

Feminino -60kg

Ouro: Mackenzie Dern (USA)
Prata: Michelle Nicolini (BRA)
Bronze: Tammy Musumeci (USA)

Feminino +60kg

Ouro: Ana Laura Cordeiro (BRA)
Prata: Jessica Oliveira (BRA)
Bronze: Gabi Garcia (BRA)

Absoluto

Ouro: Cláudio Calasans
Prata: João Gabriel Rocha
Bronze: Rodolfo Vieira

Superlutas:

Ricardo Libório venceu Zé Mario Sperry

André Galvão venceu Roberto Cyborg

Siga o Grupo MundoMMA noFacebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH


Categorias
Jiu JitsuLutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

3 × 1 =

RELACIONADO POR