Luan Chagas finaliza Eduardo Garvon; Jennifer Maia e Thiago Bel brilham no Imortal FC 2 no Paraná

O Imortal Fighting Championship realizou no último domingo, dia 13 de dezembro, no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, a segunda edição do...

O Imortal Fighting Championship realizou no último domingo, dia 13 de dezembro, no ginásio Ney Braga, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, a segunda edição do evento produzido por Stéfano Sartori e Bernardo Meyer, e mais uma vez, assim como na primeira, em junho deste ano, o público compareceu em bom número para assistir a 17 excelentes duelos, com uma estrutura digna dos grandes eventos do MMA nacional. O evento teve, durante o card principal, a transmissão ao vivo no canal Esporte Interativo.

Um dos atletas mais promissores na categoria meio médio no Brasil é Luan Chagas. O atleta da equipe Gile Ribeiro, se antes já era cogitado para o UFC, maior evento do planeta, após finalizar Eduardo Garvon, no primeiro round, durante a luta principal, pode estar muito próximo deste acerto. Aos 22 anos, “Tarzan”, como é conhecido, chega a 14 vitórias e apenas uma única derrota na carreira. Chagas, ao final do combate, recebeu de seu mestre a faixa-preta de Jiu Jitsu e comemorou:



“Em termos técnicos, o Eduardo Garvon é mesmo tão duro quanto eu imaginava. E veio com uma estratégia diferente do que eu imaginava, que era me jogar pra baixo. Mas treinamos em todas áreas e graças a Deus conseguimos, fazendo valer, agora, essa faixa-preta”.

(Foto: Imortal FC)

(Foto: Imortal FC)

Na co-luta principal da noite, Jennifer Maia, bem técnica e disciplinada, e fazendo exatamente o que seu treinador, Edcarlos Monstro, pedia no córner, conquistou mais uma vitória na carreira, e manteve assim sua invencibilidade lutando em casa. Maia derrotou, na decisão majoritária dos juízes, a atleta do Rio de Janeiro, Dayana Silva.

(Foto: Imortal FC)

(Foto: Imortal FC)

Na melhor luta do evento, Irwing Machado “King Kong” prometeu o que cumpriu em entrevista para a imprensa durante a semana que antecedeu o evento: Tirou a invencibilidade de Guilherme Costa. O atleta de Paranaguá, no litoral do estado do Paraná, estava bem no combate, mas no terceiro round, vomitou, e o árbitro central encerou o duelo. Os dois atletas deram um show a parte, baixando a guarda por diversas vezes, levando o público ao delírio.

(Foto: Imortal FC)

(Foto: Imortal FC)

Outra invencibilidade quebrada foi a de Fernando Sagati. O responsável por isso, Thiago Bel, não tomou conhecimento e venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round. Bel chegou a marca de 16 vitórias na carreira e não perde há cinco anos.

(Foto: Imortal FC)

(Foto: Imortal FC)

Stéfano Sartori comemorou o grande momento que vive a organização Imortal FC e o MMA paranaense:

“Mais uma vez lotamos o ginásio Ney Braga, trouxemos o público para São José dos Pinhais no domingo, isso mostra a força do Imortal, isso mostra a força do MMA curitibano, do MMA paranaense, nos esforçamos muito par fazer um grande evento, e não vamos parar, ano que vem tem mais, eu quero re-inventar a história do MMA brasileiro. Eu destaco a garra desses atletas, não só dos campeões, mas de todos eles, que subiram aqui e deram tudo de si. Destaco também todo meu Staff que trabalhou sem parar, foram 17 lutas, nossas maravilhosas ringue girls, então, estou muito feliz”. 

Veja os resultados completos:

Imortal Fighting Championship 2 – Kamikaze
Domingo, 13 de dezembro de 2015
São José dos Pinhais – Paraná

Card principal (ao vivo no Esporte Interativo)

77 Kg: Luan Chagas finalizou Eduardo Garvon no R1
57 Kg: Jennifer Maia venceu Dayana Silva na decisão majoritária dos juízes
70 Kg: Thiago Bel venceu Fernando Sagati por TKO no R1
66 Kg: Irwing Machado venceu Guilherme Costa por TKO no R3 (desistência)
66 Kg: Enéas “Gringo” finalizou Gustavo Wurlitzer no R1
61  Kg: Shyudi Yamauchi finalizou Alan Leal no R1
84 Kg: Bruno Blindado venceu Flávio Magon na decisão unânime dos juízes

Card preliminar:

77 Kg: Luiz “Cado” venceu Jean “Panqueca” na decisão unânime dos juízes
60 Kg: Cristiano “Pequeno” Souza finalizou Ewerton “Seu Boneco” no 3R
93 Kg: Ricardo Pandora venceu Junior César por TKO no R1
66 Kg: Luan “Miau” Santiago nocauteou Sérgio Barbosa no R1
61 Kg: Paulo Macedo finalizou Michal César no R3
73 Kg: Jackson “Predador” venceu Rubens CP por TKO no 2R
55 Kg: Jady Menezes venceu Carol Correia por TKO no 2R
61 Kg: Emerson “Bruce Lee” venceu Michel “Estrelinha” na decisão unânime dos juízes
52 Kg: Nicole Caliari venceu Morgana “Pedrita” por TKO no 1R
52 Kg: Istela Nunes nocauteou Carol “Miss Barbie” no R1

 Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



IBlackbelt
Categorias
LutasMMA Nacional

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

treze − 1 =

RELACIONADO POR