Luke Rockhold espera bater Lyoto, e “furar a fila” para disputar o cinturão

Quando chegou ao UFC, Rockhold era apontado como um cara que poderia ser campeão do Ultimate, pois sua reputação construída no Strikeforce, com o título conquistado em cima do...

Quando chegou ao UFC, Rockhold era apontado como um cara que poderia ser campeão do Ultimate, pois sua reputação construída no Strikeforce, com o título conquistado em cima do até então campeão Ronaldo Jacaré, e mais 2 defesas de cinturão, contra Jardine e Kennedy. Chegando com esses status no UFC, em 2013 Rockhold enfrentou em sua estréia, o embalado Vitor Belfort. Porém não foi do jeito que Rockhold gostaria, e acabou sendo nocauteado pelo brasileiro, e adiando seus planos de se aproximar de uma possível disputa de cinturão. Com esse início ruim, Rockhold caiu algumas posições no ranking, e surgiram algumas desconfianças sobre o ex campeão.

CCP0JxLWEAA-UoE

getty images

A volta por cima de Luke, começou no início de 2014, com uma bela vitória sobre Costa Philippou por nocaute técnico, com belo chute na costela. Após a vitória sobre Philippou, o UFC finalmente conseguiu marcar sua luta contra Tim Boetsch.A luta aconteceu no UFC 172, dia 26 de abril de 2014. A luta foi mais fácil do que muitos imaginavam, pois Rockhold venceu a luta rapidamente, aplicando um triângulo invertido seguido de uma kimura, que obrigou Boetsch a bater. Depois dessa vitória pediu uma revanche com Vitor Belfort, e tinha “assuntos a tratar” com Bisping.



Depois de algumas troca de farpas com Michael Bisping na internet, o UFC marcou a luta. Depois de uma encarada na pesagem tensa, Rockhold se mostrou muito relaxado durante todo o combate, e após um 1º round bastante equilibrado, Rockhold finalizou Bisping, com uma bela guilhotina com apenas uma mão, e conseguiu sua 3ª vitória consecutiva em 2014, além do prêmio de performance da noite.

Agora contra Lyoto Machida, Rockhold terá seu maior desafio, desde a luta contra Belfort, e terá a chance de mostrar ao mundo, que chegou no UFC para ser campeão, e não apenas para ser mais um. Em caso de vitória sobre Machida, Luke terá grandes chances, de ser o próximo desafiante ao cinturão, porém ele sabe, que isso depende de uma vitória muito convincente.

UFC: Machida x Rockhold
18 de abril, em Newark (EUA)

CARD PRINCIPAL

Peso-médio: Lyoto Machida x Luke Rockhold
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Chris Camozzi
Peso-pena: Cub Swanson x Max Holloway
Peso-palha: Felice Herrig x Paige VanZant

CARD PRELIMINAR

Peso-leve: Beneil Dariush x Jim Miller
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Ovince St. Preux
Peso-meio-pesado: Corey Anderson x Gian Villante
Peso-galo: Takeya Mizugaki x Aljamain Sterling
Peso-meio-médio: George Sullivan x Tim Means
Peso-pena: Diego Brandão x Jimy Hettes
Peso-médio: Chris Dempsey x Eddie Gordon

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

                                                               Escrito por Douglas Barcellos



Categorias
LutasUFC

27 anos, gaúcho, bacharel em administração.
Sem Comentários

Responder

*

*

doze − 8 =

RELACIONADO POR