Makwan Amirkhani busca nova vitória para ingressar no top 15 do UFC

Quando falamos dos pesos-pena do UFC, lembramos sempre dos grandes nomes que estão no topo da divisão há algum tempo. Frankie Edgar, Chad Mendes, o ex-campeão José Aldo e...
Makwan Amirkhani (Foto: UFC.com)

Makwan Amirkhani (Foto: UFC.com)

Quando falamos dos pesos-pena do UFC, lembramos sempre dos grandes nomes que estão no topo da divisão há algum tempo. Frankie Edgar, Chad Mendes, o ex-campeão José Aldo e Ricardo Lamas são alguns exemplos. Porém essa mesma categoria traz muitas novidades e se renova muito rapidamente. O atual campeão, Conor McGregor, não completou três anos na organização ainda. Max Holloway também é outro jovem que chegou ao top 5 de forma meteórica. Também temos nomes em que todo mundo está de olho, como o bósnio Mirsad Bektic, o sul-coreano Doo Ho Choi e o mexicano Yair Rodriguez, que foi campeão da primeira temporada do TUF América Latina. Mas nenhum impressionou mais que o finlandês Makwan Amirkhani.

Makwan não é finlandês de nascimento. Ele nasceu no Curdistão, uma região do Irã, e carrega a bandeira do local em todos os eventos, mostrando que não esqueceu suas raízes. Mas, hoje, ele representa o país nórdico, até porque vive lá desde criança.



Em sua trajetória no mundo das lutas, ele ostenta três vitórias no campeonato nacional da Finlândia de wrestling. Já no MMA, seu cartel impressiona: São 12 vitórias e apenas duas derrotas. 9 de seus triunfos foram conquistados no primeiro round, dois deles já dentro do UFC e é esse o dado mais impressionante. O seu tempo de octógono é um dos menores entre todos os atletas da organização: Um minuto e quarenta e nove segundos. Desse tempo, apenas oito segundos foram necessários para que ele desse cabo em Andy Ogle, em sua estreia, no UFC Fight Night: Gustafsson x Johnson, em janeiro de 2015. Em junho do mesmo ano, ele enfrentou o mexicano Masio Fullen e em apenas 1:41 do primeiro round, finalizou o adversário com um mata-leão.

Amirkhani é um atleta versátil. Apesar das oito vitórias por finalização, ele mostrou que consegue trocar muito bem e colocar seus adversários em situações perigosas ainda em pé. Recentemente, ele se mudou para Dublin, para treinar na SBG – mesma academia de Conor McGregor – buscando aprimorar ainda mais o seu jogo. Quem será o primeiro “teste” de Amirkhani após a mudança é o britânico Mike Wilkinson que, apesar de lutar em casa, não deverá ter muitas vantagens contra o “Mr. Finlândia”. Makwan tem o mesmo tamanho que Wilkinson – ambos tem 1,72m de altura -, porém o seu alcance é maior, o que pode lhe deixar em situação confortável no combate. Apesar de mais experiente no Octógono e de vir de uma grande vitória em cima de Nicklas Backtstrom, lá em 2014, Wilkinson é o azarão para o combate, o que mostra o quanto Amirkhani surpreende e encanta os fãs ao redor do mundo, que esperam por mais uma vitória dele. Vitória essa que pode lhe garantir um lugar entre os 15 melhores do planeta na divisão até 65,8kg.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito + vinte =

RELACIONADO POR