Marcado por surpresas e certezas o UFC 165 faz história no Canada

O Air Canada poderia esperar de tudo, de vitórias incríveis a derrotas impressionantes, e foi isso que tivemos na edição de numero 165 do UFC, o card já prometia...
O Air Canada poderia esperar de tudo, de vitórias incríveis a derrotas impressionantes, e foi isso que tivemos na edição de numero 165 do UFC, o card já prometia muito e quem assistiu não se arrependeu das lutas que viu, principalmente para as duas principais que foram marcadas por embates dignos de campeões do UFC. Nas lutas dos nossos compatriotas tivemos duas vitórias e uma derrota no card preliminar, que contou com o peso Galo Wilson Reis fazendo sua estreia no UFC enfrentando o lutador de El Salvador Menjivar em uma luta muito amarrada, Reis conseguiu levar a melhor por pontos vencendo seu adversário, já Michelo Trator que vinha de derrota para o Caveira Paulo Thiago conseguiu uma vitória em uma luta muito dura contra o estreante Jesse Ronson quem não teve a mesma sorte foi foi Renée Forte que sucumbiu a John Makdessi muito apressado e com um ímpeto excessivo Renée acabei se descuidando com a guarda e em um contra-golpe sofreu uma queda que o deixou no chão, nessa hora foi questão de tempo para que a derrota chegasse.
UOL
(Foto: UOL)
Já os duelos principais da noite, tivemos duas lutas emblemáticas e cheias de energia, Renan Barão já é considerado o verdadeiro detentor do cinturão e cada dia mais esta se firmando como dominante nos pesos galo do UFC, Dominick Cruz terá uma dor de cabeça para superar Barão que vem atualmente limpando a categoria com lutas consistentes e incrivelmente rápidas. Em seu embate contra Wineland Renan mostrou mais uma vez que não quer dar chance par ao azar, em um primeiro round muito estudado e mais conservador, o dono do cinturão interino buscou aprender mais sobre seu adversário, na volta do primeiro round, Barão voltou a ser Barão e destruiu seu oponente com uma vitória impressionante! Wineland não esperava o golpe e quando este chegou foi incrível sendo considerado o nocaute da noite, sua vitória só reforça a superioridade dele em uma categoria que agora espera a recuperação de Cruz que já soma 23 meses de ausência e agora terá de voltar contra um lutador que vem em alta velocidade, pronto para finalizar seja com um BJJ ou com golpes de Thai e Boxe. Dana White já pediu que Cruz regresse logo para que faça a tão esperada luta da unificação da categoria galo. E quem vencerá um duelo marcado por um campeão a muito tempo parado e um lutador que já esta voando baixo na categoria? 
Getty Images(Foto: Getty Images)
E para fechar a noite uma surpresa vinda de um sueco muito desacreditado frente a um campeão incontestável, Alexander Gustafsson mostrou ao mundo que até um campeão pode sangrar, e foi isso que ele fez, com um jogo de boxe impressionante, rápido e constante que deixou Jon Bones Jones sem chance de manter uma distancia segura a luta foi se tornando complicada para Bones que tentava de todas as maneiras finalizar da maneira mais rápida possível, o problema era que do outro lado ele tinha um adversário que não queria deixar o campeão sozinho um só estante.
MMA: UFC 165-Jones vs Gustafsson
 (Foto: PVT)
Gustafsson foi o primeiro a deixar Bones de costas no chão, o primeiro a faze-lo sangrar e o primeiro a estender uma luta por 5 rounds com ele, para todos os que acharam que seria um massacre, o sueco fez frente ao campeão mostrando o caminho das pedras para os próximos aspirantes ao title shot entre eles um brasileiro em especial estava assistindo de camarote ao embate e deve ter visto pontos a serem explorados, Glover Teixeira agora poderá pensar em maneiras de superar Jones usando seus socos potentes, só falta agora a decisão de Dana White que não decidiu se quer uma luta revanche do sueco ou se Glover poderá tentar destronar o poderoso Jones na categoria mais movimentada do UFC atualmente.
 tgfulo
 (Foto: MMA Crypt) 

UFC 165 – Jones vs Gustaffson

Confira todos os resultados do evento:



Card principal
Jon Jones derrotou Alexander Gustafsson por decisão unânime
Renan Barão derrotou Eddie Wineland por nocaute técnico no 2R
Brendan Schaub finalizou Matt Mitrione com um triângulo de mão no 1R
Francis Carmont derrotou Costa Philippou por decisão unânime
Khabib Nurmagomedov derrotou Pat Healy por decisão unânime

Card preliminar
Myles Jury derrotou Mike Ricci por decisão dividida
Wilson Reis derrotou Ivan Menjivar por decisão unânime
Stephen Thompson derrotou Chris Clements por nocaute técnico no 2R
Mitch Gagnon finalizou Dustin Kimura com uma guilhotina no 1R
John Makdessi derrotou Renée Forte por nocaute técnico no 1R
Michel Trator derrotou Jesse Ronson por decisão dividida
Alex Caceres derrotou Roland Delorme por decisão dividida
Daniel Omielanczuk nocauteou Nandor Guelmino no 3R

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta nossa página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

                                                                                               Escrito por: Abílio Santos



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

vinte + 13 =

RELACIONADO POR