Marcus Buchecha assina com Ali Abdelaziz e em breve vai estrear no MMA

Multicampeão de jiu jitsu já treina há alguns anos na companhia de campeões de MMA

O multicampeão de jiu jitsu, Marcus Bucecha, assinou contrato com Ali Abdelazzizz, empresário de atletas como Khabib Nurmagomedov, Kamaru Usman, Gilbert Durinho e vários outros. Após anos de “flerte” com o MMA, finalmente a transição vai acontecer.

O próprio Buchecha confirmou a informação, mas ressaltou que ainda não possui contrato assinado com nenhuma Organização e nem tem data prevista para estrear.



Buchecha é o maior campeão da história do jiu jitsu, somando 13 títulos entre sua categoria (pesadíssimo) e o absoluto (sem limite de peso) na IBJJF. Além disso, é bicampeão do ADCC. Mas todo esse sucesso na modalidade será repetido no MMA?

#Opinião

Logo de cara há várias pessoas que ao verem essa transição já vão dizer: “Precisa se preparar bastante, porque MMA não é jiu jitsu”. De fato são duas coisas bem diferentes e por isso Buchecha vem se preparando há um bom tempo para essa mudança.

Marcus Buchecha junto com a galera da AKA (Foto: Reprodução)

Buchecha é um excepcional lutador de jiu jitsu e já vem há algum tempo afiando seu jogo de wrestling. Ele treinou na AKA com caras como Daniel Cormier, Khabib Nurmagomedov e Cain Velasquez, lutadores que estão aí entre os melhores dos últimos tempos nessa área. Aliás, Khabib e DC talvez sejam os dois melhores da atualidade no jogo de wrestling. Ou seja, esse “meio de campo”, como chamamos no MMA, vem sendo muito bem lapidado.

A incógnita na parte técnica fica mais na área da trocação. Temos bons exemplos de atletas que eram exímios grapplers e se tornaram bons trocadores, como Werdum, Dos Anjos e José Aldo, mas esses são caras fora da curva, não é tão fácil assim de acontecer.

Na parte física,temos um cara no shape, que fica acima dos 100kg e ainda apresenta o corpo atlético, coisa que a grande maioria dos pesos pesados do mundo não possuem. Sem contar sua idade. Se pegarmos hoje o top 15 da “heavyweight”, teremos provavelmente pouquíssimos nomes com idades menores que Buchecha. E com o nome que tem, não será surpresa se UFC ou Bellator, as duas maiores Organizações do mundo do MMA já se interessarem por ele.

E analisando a categoria nessas duas Organizações, que são as que possuem também a melhor qualidade, com exceção de raros nomes o brasileiro tem todas as condições de levar a luta para sua especialidade, o solo. Uma vez por cima, é menor ainda o número de lutadores que conseguirão resistir ao jogo da “arte suave”. E mesmo por baixo, onde é um local muito difícil pra se ficar no MMA, Buchecha representa alto risco a todos que quiserem pagar pra ver.

No fim, na opinião deste que vos escreve, não tenho certeza se Buchecha será campeão e repetirá o feito de Fabrício Werdum, campeão mundial de jiu jitsu e do UFC. Isso vai depender da sua adaptação e evolução no esporte. Mas tem totais condições de figurar entre os tops, de incomodar mesmo.

E você, o que acha? Será que Marcus Buchecha vai se dar bem nessa mudança? Até onde pode chegar? Deixe sua opinião

Texto e edição: Kaio Lima



Categorias
ADCC - Abu Dhabi Combat ChampionshipJiu JitsuKaio LimaLutasMMAMMA InternacionalOpiniãoSubmission

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

4 + dezenove =

RELACIONADO POR