Más notícias para Alexander Gustafsson

O sueco foi retirado de seu confronto contra Rogério Minotouro, mas seu co-empresário revela que "The Mauler" terá de se afastar indefinidamente do MMA.
(Foto: FoxSports)

O sueco Alexander Gustafsson era figura do main event do UFC Fight Night 100 em São Paulo e encararia o brasileiro Antônio Rogério “Minotouro” Nogueira mas poucos dias após o UFC anunciar a luta, o sueco teve de ser retirado do combate, por conta de lesão. O americano Ryan Bader foi anunciado como seu substituto.

Gustafsson, que vem de vitória sobre Jan Blachowicz no UFC Fight Night 93 em Hamburgo, não havia revelado qual lesão sofreu até recentemente, nesta última quarta-feira, seu co-empresário Tomas Ghassemi conversar com a ESPN e dar a notícia do teor e gravidade da lesão do sueco.



Alexander Gustafsson está afastado por tempo indeterminado do MMA (Foto: Bleacher Report)

Alexander Gustafsson está afastado por tempo indeterminado do MMA (Foto: Bleacher Report)

“Foi uma lesão nas costas. A dor o incomoda e depois vai embora quando bem entende… Deve ser algo com algum disco (intervertebral), uma hérnia ou coisa assim. A dor quando vem, chega a alastrar para suas pernas e ele sabe que isso afeta seu treino, seu caminhar… E foi o que aconteceu neste caso.

Nós buscávamos uma recuperação rápida de sua última luta (contra Blachowicz). Ele está em excelente forma física, mas a dor quando o atingia, alastrava para as pernas. Ele não poderia lutar dessa forma… Caso o atleta suba no octógono com dor e perder, não dá para dar desculpas ou atribuir a derrota para isso. Então, já que poderemos tratar deste problema, o faremos.”

(Tomas Ghassemi à ESPN na última quarta-feira)

Ghassemi também mostrou-se reticente quanto a que decisão tomar para tratar deste problema, embora mostre-se confiante em sua resolução definitiva. Isto, segundo o mesmo, não dá um prazo ou data específica para o retorno do sueco, que terá de ficar afastado por tempo indeterminado dos treinos e do MMA. Vale lembrar que Gustafsson já teve problemas com suas costas antes de seu duelo contra Anthony Johnson pelo UFC Fight Night Stockholm em 2015, mas a dor foi tratada durante o camp e ele conseguiu lutar, perdendo por nocaute técnico logo no primeiro assalto.



Categorias
LutasMMAMMA InternacionalUFC

Paulistano, São Paulino, baterista, perito em TI, fanático por lutas e viciado em games. Colunista e redator Nocaute Na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    1 + treze =

    RELACIONADO POR