Miesha Tate: ‘O UFC sabia que uma revanche contra Holly Holm não era necessária’

Após o empresário de Holly Holm afirmar que Miesha Tate recusou uma revanche contra Holm no UFC 200, a atual campeã explicou o por que, o Ultimate escolheu Amanda...

Após o empresário de Holly Holm afirmar que Miesha Tate recusou uma revanche contra Holm no UFC 200, a atual campeã explicou o por que, o Ultimate escolheu Amanda Nunes. Em entrevista ao site Bloody Elbow, Miesha declarou que o UFC quis abrir mais a categoria, e que uma revanche com Holm não era necessária, pois ela terminou a luta de forma contundente. 

Getty Images

Getty Images

– Eles pensaram que Amanda era a melhor garota da fila. Eles disseram: “Você acabou de vencer Holly, você a finalizou”. Eles não acharam que seria necessário ter uma revanche imediata. Não foi uma performance daquelas ou uma luta insana para eles terem que conceder a revanche imediatamente. Eles fizeram algo como: “Vamos abrir a divisão, gostaríamos que você enfrentasse a Amanda”. Eu disse: “Legal”. Ela é uma adversária que eu fiquei de olho por um tempo e sei que ela também ficava. Agora vamos entrar lá dentro e fazer o que temos que fazer – declarou Tate, discordando do empresário de Holm, que garantiu que a campeã preferiu a brasileira por ser uma luta mais fácil para ela.



Miesha Tate irá defender o seu cinturão contra Amanda Nunes no UFC 200, no dia 9 de julho.

UFC 200
9 de julho de 2016, em Las Vegas (EUA)
CARD DO EVENTO (até agora):
Peso-meio-médio: Conor McGregor x Nate Diaz

Peso-pena: José Aldo x Frankie Edgar
Peso-galo: Miesha Tate x Amanda Nunes
Peso-pesado: Cain Velásquez x Travis Browne
Peso-meio-médio: Johny Hendricks x Kelvin Gastelum
Peso-galo: Cat Zingano x Julianna Peña
Peso-leve: Joe Lauzon x Diego Sanchez
Peso-leve: Takanori Gomi x Jim Miller
Peso-médio: Gegard Mousasi x Derek Brunson
Peso-leve: Sage Northcutt x Enrique Marin



Categorias
UFC

27 anos, gaúcho, bacharel em administração.
Sem Comentários

Responder

*

*

5 × 2 =

RELACIONADO POR