Peso Pena – (61 a 66 kg)

ALEXANDER VOLKANOVSKI

(Foto: Stephen R. Sylvanie – USA Today Sports)

Alexander ‘The Great’ Volkanovski se tornou campeão peso-pena do UFC ao bater o então campeão Max ‘Blessed’ Holloway por decisão unânime (48-47/50-45/50-45), no UFC 245: Usman vs Covington, em 14 de dezembro de 2019, na cidade de Las Vegas, Nevada, Estados Unidos.

O australiano conseguiu a oportunidade pelo título após 7 vitórias consecutivas na Organização:

1 – Nocaute técnico em Yusuke Kasuya, no UFC Fight Night 101: Whittaker vs Brunson, aos 2:06 do 2º round;
2 – Decisão unânime (triplo 30-27) sobre Mizuto Hirota, no UFC Fight NIght 110: Hunt vs Lewis;
3 – Decisão unânime (30-27/30-26/30-26) sobre Shane Young, no UFC Fight Night 121: Werdum vs Tybura;
4 – Nocaute técnico em Jeremy Kennedy, no UFC 221: Romero vs Rockhold, no UFC, aos 4:57 do 2º round;
5 – Decisão unânime (30-27/29-28/29-28) sobre Darren Elkins, no UFC Fight Night 133: Dos Santos vs Ivanov;
6 – Nocaute técnico em Chad Mendes, no UFC 232: Jones vs Gustafsson 2, aos 4:14 do 2º round;
7 – Decisão unânime (triplo 30-27) sobre José Aldo, no UFC 237: Namajunas vs Andrade;

Alexander Volkanovski tem 31 anos e um cartel com 22 lutas, 21 vitórias (11 nocautes, 3 finalizações e 7 por decisão) e 1 derrota (nocaute). Sua única derrota foi na quarta luta como profissional, em maio de 2013. De lá pra cá são 18 vitórias consecutivas, incluindo as 8 no Ultimate. Além do título dos penas, o australiano possui um bônus, o de “luta da noite” no combate contra Chad Mendes.

 

Texto e edição: Kaio Lima



5 Comentários nesta publicação.
  • Maicon f
    30 janeiro 2017 at 06:19
    Responder

    O cara é foda tinha que ser mais respeitado pelo público brasileiro

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017 at 23:09
    Responder

    você e meu ídolo sempre será

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017 at 23:09
    Responder

    seu e meu maior ídolo zé

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017 at 23:07
    Responder

    meu herói sempre será você

  • roberto euzebio cecilio
    6 janeiro 2017 at 23:06
    Responder

    muito merecido parabéns irmão

  • Responder

    *

    *

    1 × um =