Motivos para assistir o UFC 190 neste sábado

Restando alguns dias para o esperado UFC 190, que acontece neste sábado, 1º de agosto, no HSBC Arena no Rio de Janeiro, resolvemos citar alguns motivos para você assistir...

Restando alguns dias para o esperado UFC 190, que acontece neste sábado, 1º de agosto, no HSBC Arena no Rio de Janeiro, resolvemos citar alguns motivos para você assistir a este show de combates que promete ficar para a história da “Cidade Maravilhosa“.

1º MOTIVO – Final do TUF Brasil 4: Peso Leve

Os finalistas Fernando Bruno e Glaico França vão medir suas forças pela categoria dos leves em busca de se tornar o campeão do maior reality show de artes marciais mistas do mundo, o The Ultimate Fighter.

O carioca de 33 anos, Fernando Bruno “Açougueiro” compete pela renomada Nova União onde contabiliza um cartel de 15 triunfos e apenas 2 reveses, no reality show passou por cima de Bruno Murata por finalização (mata-leão) pelas lutas eliminatórias e depois venceu Adilson Fernandes e Nazareno Malegarie, ambos por decisão unânime nas quartas de final e semifinal, respectivamente.

Glaico França x Fernando "Açougueiro" (Foto: Reprodução)

Glaico França x Fernando “Açougueiro” (Foto: Reprodução)

Seu adversário será o catarinense de 24 anos Glaico França, representante da Astra Fight Team soma no cartel profissional 12 vitórias e apenas 3 derrotas, no programa (TUF Brasil 4) venceu Raush “Cavalo de Guerra” Manfio, Nikolas Motta e Joaquim Silva por finalização (mata-leão).

Para quem vai sua torcida, Fernando Bruno ou Glaico França?

2º MOTIVO – Final do TUF Brasil 4: Peso Galo

Valendo o título dos galos o Amazonense de 27 anos Dileno Lopes, representante da Nova União Manaus, tem pela frente o paulista da Peso Pesado Gold Team, Reginaldo Vieira.

Dileno armazena um cartel de respeito no MMA Profissional com 18 triunfos e apenas um revés, no programa venceu Renato “Franguinho” Mônaco nas lutas eliminatórias por finalização (mata-leão) no primeiro round e nas quartas de final e semifinal, Bruno Silva e Matheus Nicolau, por finalização e decisão unânime, respectivamente.

Reginaldo Vieira x Dileno Lopes, título dos pesos galos do TUF Brasil 4 em jogo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Reginaldo Vieira x Dileno Lopes, título dos pesos galos do TUF Brasil 4 em jogo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Para quem não se lembra, Reginaldo Vieira entrou no reality show após Giovanni Santos optar por deixar a competição por causa de uma lesão no ombro e no pé, além de ter contraído uma infecção por bactéria.

Nos combates preliminares a primeira vítima de Reginaldo foi Peter Montibeller, que perdeu por finalização (guilhotina) no primeiro round, logo depois nas quartas de final Reginaldo venceu Matheus Mattos por decisão unânime e na semifinal venceu Bruno Rodrigues com uma guilhotina no segundo round.

Quem será o campeão dos galos do TUF Brasil 4, Dileno Lopes ou Reginaldo Vieira?

3º MOTIVO – Minotauro x Struve

O ex-campeão peso pesado do Pride, Antônio Rodrigo Nogueira está de volta ao octógono do Ultimate após ficar mais de um ano parado depois de sua luta contra Roy Nelson em Abril de 2014 onde perdeu por nocaute no primeiro round. Minotauro tem pela frente o gigante de 2 metros e 11cm, Stefan Struve. Stefan tem 27 anos e vem de duas derrotas seguidas para Mark Hunt e Alistair Overeem, ambas por nocaute, no cartel o Holandês soma 25 vitórias (16 finalizações) e 7 derrotas.

Stefan Struve x Rodrigo Minotauro (Foto: Marcelo Barone)

Stefan Struve x Rodrigo Minotauro (Foto: Marcelo Barone)

O líder de 39 anos da Team Nogueira, Minotauro, também vem de duas derrotas, para Fabrício Werdum e Roy Nelson. No cartel do brasileiro, 62% de suas vitórias foram por finalização, 21, sendo 34 vitórias no total e 9 derrotas.

Quem vai amargar mais um revés na carreira?

4º MOTIVO – A Revanche!

No combate co-principal da noite a revanche entre Rogério Minotouro e o ex-campeão no GP da categoria peso-médio do PRIDE e ex-campeão dos pesos meio-pesados (até 93 kg) do UFC, Mauricio Shogun Rua.

Após 10 anos, quando os lutadores se enfrentaram na épica batalha das Quartas de Final do GP dos Médios do PRIDE em 2005, o qual Shogun saiu com o braço erguido após vencer Minotouro por decisão unânime e que também foi marcada como a Luta do Ano, promete ser uma das melhores lutas da noite deste sábado.

Shogun e Minotouro, uma das maiores lutas de todos os tempos em 2005 (Foto: Getty Images)

Shogun e Minotouro, uma das maiores lutas de todos os tempos em 2005 (Foto: Getty Images)

Buscando apagar a derrota sofrida pelo compatriota, o Baiano Minotouro conta com um cartel de 21 triunfos e 6 reveses, em sua última luta perdeu para Anthony Johnson por nocaute no primeiro round.

O Curitibano de 33 anos, Mauricio Shogun soma 22 vitórias e 10 derrotas, em seus últimos dois combates perdeu para Dan Henderson e Ovince St. Preux, ambos por nocaute.

Será que Minotouro vai vencer e no ano que vem teremos uma trilogia?

5º MOTIVO – Invencibilidade e cinturão em jogo!

Esta chegando a hora do combate feminino que mais vem sendo falado nos últimos meses, de um lado a norte-americana e a campeã absoluta do Peso Galo Feminino, Ronda Rousey, classificada em #5 no Ranking peso-por-peso do UFC tem nada menos que 6 defesas seguidas e todas com êxito, do outro lado esta a brasileira de Campina Grande, Bethe Correia, atleta de 32 anos que treina na Equipe Pitbull Brothers, dos irmãos Patrício e Patricky Freire, e que promete estragar a sequência avassaladora de Rowdy (apelido da norte-americana).

Encarada entre Ronda Rousey e Bethe Correia (Foto: André Durão)

Encarada entre Ronda Rousey e Bethe Correia (Foto: André Durão)

Ronda além de contar com um cartel invicto no MMA Profissional onde contabiliza 11 triunfos, 9 finalizações e 2 nocautes, teve até o momento um combate que passou do primeiro round, em dezembro de 2013 contra Miesha Tate, a qual acabou sendo finalizada aos 58 segundos do terceiro round com seu famoso armlock.

A Paraibana Bethe Correia, também invicta no MMA Profissional, estreou no MMA em 2012 e desde lá emplacou 9 vitórias seguidas e nenhum revés, somando 7 decisões e 2 nocautes. No Ultimate já fez 3 combates, passando por cima de Julie Kedzie, Jessamyn Duke e Shayna Baszler, mas com certeza na noite de 1º de agosto Bethe terá seu primeiro grande desafio da carreira.

Será que Ronda vai levar mais um braço para casa ou Bethe irá acabar de vez com a festa da americana? Comentem.

Confira o card completo do evento (sujeito a modificações):

Card Principal

Ronda Rousey vs. Bethe Correia – pelo cinturão peso galo
Antonio Rogerio Nogueira vs. Mauricio Rua
Fernando Bruno vs. Glaico Franca – final do TUF Brasil 4 peso-leve
Dileno Lopes vs. Reginaldo Vieira – final do TUF Brasil 4 peso-galo
Antonio Rodrigo Nogueira vs. Stefan Struve
Soa Palelei vs. Antonio Silva
Jessica Aguilar vs. Claudia Gadelha

Card Preliminar

Neil Magny vs. Demian Maia
Rafael Cavalcante vs. Patrick Cummins
Warlley Alves vs. Nordine Taleb
Iuri Alcantara vs. Leandro Issa
Clint Hester vs. Vitor Miranda
Guido Cannetti vs. Hugo Viana

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Renan Assunção



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Assista a pesagem oficial do UFC 190 AO VIVO a partir das 18 horas (horário de Brasília) | Nocaute na Rede
    31 julho 2015 at 19:43
    Responder

    […] – Motivos para assistir o UFC 190 neste sábado […]

  • Responder

    *

    *

    três × 2 =

    RELACIONADO POR