Na estreia pelo Bellator, Corey Anderson nocauteia Melvin Manhoef

Americano, 13 anos mais jovem, não deu chances ao veterano holandês; evento teve ainda polêmico nocaute envolvendo lutador brasileiro
(Foto: Reprodução)

Ontem, quinta-feira, 05 de novembro, foi realizado o Bellator 251 na Mohegan Sun Arena, em Uncasville, EUA. Na luta principal, Corey ‘Overtime’ Anderson, ex-lutador do UFC, finalmente fez sua estreia pela nova Organização. O oponente do americano foi o experiente e perigoso striker Melvin ‘No Mercy’ Manhoef.

A diferença entre os dois lutadores era muito grande. Pra começar, Manhoef tem 44 anos, enquanto Anderson, apenas 31. Depois vem a “quilometragem”. ‘No Mercy’ tem 50 lutas em 25 anos de carreira. O cara luta desde 1995. É uma média baixa de atividade anual, mas os danos causados em todo esse período não são poucos.



Manhoef também é originalmente um peso-médio e nem é dos maiores. Ele, com 44 anos, teve que subir e enfrentar um meio-pesado grande, 13 anos mais jovem, que está entre os melhores lutadores de 93kg do planeta e ainda vive a melhor fase da carreira. Somando tudo isso, o encaixe técnico do duelo jogava contra ele.

Como diz a cartilha por aí, para anular um bom striker, nada como um bom wrestler. Anderson não demorou a buscar as quedas, justamente o ponto fraco do rival, e no chão era monólogo. No 2º round, com Melvin bem desgastado, o americano até buscou uma finalização, mas como não conseguiu, mandou uma “chuva de cotoveladas” e nocauteou aos 2:34. Confira luta completa no player abaixo.

POLÊMICA ENVOLVENDO BRASILEIRO

O brasileiro Killys Mota, 30 anos, fez sua segunda luta pela Organização. Ele enfrentou Derek Anderson, lutador que está há anos na Organização e já teve embates contra nomes como Patricky Pitbull, Marcin Held, Brent Primus, Saad Awad, entre outros. E o americano venceu por nocaute aos 4:27 do 2º round.

De início, a vitória de Derek pareceu polêmico. Isso porque o nocaute foi com um chute enquanto o brasileiro tentava se levantar, dando a impressão que Killys estava de 3 apoios, o que configuraria golpe ilegal. No entanto, vendo o vídeo em câmera lenta, como no player abaixo, é perceptível que tudo foi dentro da legalidade.

https://www.youtube.com/watch?v=pzL79Q7AFx4

RESULTADOS COMPLETOS

Card Principal

Meio-Pesado: Corey Anderson nocauteou Melvin Manhoef aos 2:34 do 1º round;
Peso-Pesado: Tyrell Fortune venceu Said Sowma por decisão unânime (triplo 29-28);
Peso-Médio: Austin Vanderford venceu Vinicius de Jesus por decisão unânime (30-26/30-27/30-27);
Meio-Médio: Derek Anderson nocauteou Killys Mota aos 4:27 do 2º round;

Card Preliminar

Peso-Leve: Georgi Karakhanyan venceu Bryce Logan por decisão dividida (28-29/29-28/ 29-28);
Meio-Pesado:  Julius Angelickas venceu Alex Polizzi decisão unânime (triplo 30-27/30-27/0-27);
Pena-Feminino:  Janay Harding venceu Jessica Miele por decisão unânime (triplo 30-27);
Peso-Leve: Ali Zebian venceu Piankhi Zimmerman por decisão unânime (29-28/30-27/30-27);
Peso-Galo: Jaylon Bates venceu Joe Supino por decisão unânime (30-25, 30-27, 30-27)/
Palha-Feminino: Sumiko Inaba nocauteou Jessica Ruiz aos 4:59 do 1º round;

Texto e edição: Kaio Lima

 

Instagram do Nocaute na Redehttps://www.instagram.com/redenocaute/?hl=pt-br
Instagram de Kaio Limahttps://www.instagram.com/kaiotlima.mma/



Categorias
BellatorLutasMMA Internacional

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede, sonha em seguir carreira na área esportiva; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral (principalmente MMA, futebol e basquete); Praticante de MMA e muay thai;
Sem Comentários

Responder

*

*

8 + cinco =

RELACIONADO POR