Na Rede da Nostalgia: Há 10 anos Liddell ganhava o cinturão, Dan Severn entrava no Hall da Fama, e Hughes fazia sua “primeira” defesa cinturão no UFC

Chuck Liddell é um dos grandes nomes da história do UFC e do MMA mundial. “The iceman” como era conhecido, é o lutador mais querido pela Zuffa em toda...

Chuck Liddell é um dos grandes nomes da história do UFC e do MMA mundial. “The iceman” como era conhecido, é o lutador mais querido pela Zuffa em toda sua história, aclamado por fãs do esporte como poucos. Agressividade era uma marca registrada.

(Foto: Getty Images)

(Foto: Getty Images)

Chuck começou a lutar profissionalmente no dia 15 de maio de 1998, no UFC 17, quando venceu Noe Hernadez por decisão unânime. 

No UFC 43, em 6 de junho de 2003, já com o cartel de 12 vitórias e apenas uma derrota, Liddell teve a primeira oportunidade de conquistar um cinturão na carreira, o cinturão interino dos meio pesados do UFC. No entanto, o lutador “bateu na trave”, acabou sendo nocauteado por Randy Couture.

Chuck Liddell nocauteando Randy Couture (Foto: Reprodução)

Chuck Liddell nocauteando Randy Couture (Foto: Reprodução)

Depois disso, Chuck deu uma voltinha pelo “Pride”, participou de um “GP” e acabou sendo derrotado por Rampage Jackson nas semi-finais. Retornou ao UFC, nocauteou dois adversários, sendo Tito Ortiz um deles e assim ganhou uma oportunidade. O UFC havia criado o “The Ultimate Fighter”,  e então escolheram Chuck e Randy Couture para serem os treinadores do programa. Pelo formato, os treinadores tinham que se enfrentar ao final do programa.

E no dia 16 de abril de 2005, aconteceu UFC 52: Couture vs Liddell 2. Era a revanche para “The iceman”, em momento histórico por conta do TUF e ainda por cima dessa vez valia o cinturão linear da categoria. Chuck Liddell nocauteou “The Natural”, tomou o cinturão e se tornou o campeão da categoria meio pesado do UFC.

Após conquistar o cinturão, Liddell ainda conseguiu defendê-lo de forma bem sucedida em 4 oportunidades. Na quinta defesa, acabou sendo mais uma vez nocauteado por Rampage Jackson e consequentemente perdeu o cinturão. As 5 defesas de cinturão de Liddell foram um recorde na categoria, até que Jon Jones superou essa marca.

Após essa luta, Chuck entrou em um rápido declínio na carreira, sendo derrotado 5 vezes nas suas últimas 6 lutas (incluindo a luta em que perdeu o cinturão) como profissional de MMA.

Hughes "brinca" antes de finalizar Trigg com mata leão (Foto: Reprodução)

Hughes “brinca” antes de finalizar Trigg com mata leão (Foto: Reprodução)

Esse evento também ficou marcado por conta da introdução de Dan Severn ao Hall da Fama do UFC e também foi o evento em que Matt Hughes, então campeão dos meio médios, fez sua primeira defesa de cinturão após a reconquista do posto de campeão. Hughes era o campeão da categoria, mas fora destronado por Bj Penn no UFC 46. Depois disso, voltou a disputar o cinturão no UFC 50, quando finalizou Georges St Pierre e recuperou o posto de campeão. E no UFC 52, dia 16 de abril de 2005, Hughes fez a primeira defesa de seu título contra Frank Trigg.

Na época, o UFC 52 bateu o recorde e se tornou o evento de maior arrecadação de lucro, chegando às cifras de US$ 2, 575, 450 milhões.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebookhttps://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Kaio Teixeira Lima



Categorias
EspeciaisLutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

seis + 10 =

RELACIONADO POR