No Oscar do MMA maranhense, TFT sai carregada de troféus

Na premiação dos melhores do MMA, válida ainda pelo ano de 2018, a TFT Maranhão saiu com muitas taças e como a mais premiada da noite. Em São Luís,...
Os troféus da TFT Maranhão (Foto: Reprodução/Instagram)

Na premiação dos melhores do MMA, válida ainda pelo ano de 2018, a TFT Maranhão saiu com muitas taças e como a mais premiada da noite. Em São Luís, Maranhão, a equipe abocanhou 8 títulos e 1 terceiro lugar na premiação local que foi realizada no dia 25 de fevereiro.

O líder e treinador da equipe, Handerson Martins, comentou sobre os resultados e reconhecimento que vem acontecendo já há alguns anos.

Handerson Martins com o troféu de melhor treinador e Taigro Urso, pupilo de Handerson, com o destaque internacional (Foto: Reprodução/Instagram)

“Pelo terceiro ano consecutivo ganhamos vários prêmios. Fui melhor técnico de MMA. Ganhamos o prêmio de destaque internacional. Ficamos ainda com o terceiro lugar como melhor equipe de MMA. Já tínhamos sido vencedores nos anos anteriores. Isso é resultado de muitos anos de trabalho. Deixei um pouco de lado o jiu jitsu e passei a me dedicar ao treinamento em MMA. Vi que aqui era muito carente em relação a isso. E os frutos estão sendo colhidos, ano após ano. O reconhecimento tem aparecido”.

Handerson, que tem na carreira 10 lutas de MMA profissional, com 8 vitórias (5 nocautes e 3 finalizações) e apenas 2 derrotas (1 nocaute e 1 finalização), creditou o sucesso que tem aparecido também à sua base, aos seus professores.

“Tudo isso também é graças a minha boa base. Eu venho do jiu jitsu, mas sempre treinei o muay thai com mestre Delson e depois fui para o MMA treinar com mestre Tata. Então essas conquistas todas tem uma grande participação deles e não posso deixar de reconhecer e agradece-los”, concluiu.

Para Antônio Carlos “Buiu”, premiado como destaque internacional após fazer duas lutas por organizações russas, o reconhecimento é fundamental na caminhada de um atleta.

“O reconhecimento ao atleta é muito importante. Porque isso faz ele caminhar ainda mais, buscar ainda mais evolução. E você ser premiado, ser reconhecido, aqui na sua cidade é ainda melhor. Tudo isso mostra que o trabalho vem sendo bem feito”, declarou com exclusividade ao Nocaute na Rede.

Outro grande destaque da noite foi Patrício “Pitbull”, que ganhou os troféus de atleta do ano e de melhor nocaute. Para o lutador, as 4 vitórias no ano, sendo sempre por nocaute ou finalização, mostram a força do trabalho que vem sendo realizado.

Patrício Pitbull, premiado como melhor atleta de MMA profissional e melhor nocaute (Foto: Reprodução/Instagram)

“Recebi duas premiações no ano de 2018 e isso significa muito. Foram 4 lutas e, graças a Deus, conseguiu vencer todas no primeiro round, de forma rápida. Então isso significa que o trabalho vem sendo bem feito de forma excelente. O ano de 2018 foi maravilhoso e que Deus me abençoe a fazer um 2019 ainda melhor”.

Os prêmios conquistados pela TFT Maranhão foram:

Melhor treinador: Handerson Martins;
Melhor nocaute: Patrício Pitbull;
Atleta de MMA: Patrício Pitbull;
Performance: Altamiro Pereira;
Melhor luta de MMA: Altamiro Pereira;
Melhor luta de MMA amador: Vitor Silva;
Destaque internacional (2 troféus nesse quesito): Antônio Carlos “Buiu” e Taigro “Urso” (2 troféus nesse quesito).



Categorias
LutasMMA Nacional

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

18 − 15 =

RELACIONADO POR