Nocaute na Rede entrevista: Isaac Pimentel, campeão peso-mosca do evento português IPC

Com apenas 22 anos, Isaac Pimentel tem muita história pra contar em sua carreira como lutador de MMA. Ele mora em Abu Dhabi, roda a Europa encarando grandes desafios...
Isaac Pimental (Foto: Reprodução/Facebook)

Isaac Pimental (Foto: Reprodução/Facebook)

Com apenas 22 anos, Isaac Pimentel tem muita história pra contar em sua carreira como lutador de MMA. Ele mora em Abu Dhabi, roda a Europa encarando grandes desafios no continente, é campeão do maior evento de MMA de Portugal, o IPC e está de compromisso marcado contra Rasul Albaskhanov, no ACB, na Rússia, no dia 5 de março. E ele bateu um papo conosco, faltando pouco tempo para um dos maiores desafios de sua carreira. Confira!

Isaac, fale para nós como está a sua preparação para a sua próxima luta?



Estou treinando três vezes por dia. De manhã, tarde e de noite. Estou dando ênfase nos treinos de wrestling e jiu jitsu, estou treinando bastante movimentação de ataques recuando e contra golpes de boxe e muay thai.

O que você sabe sobre o seu adversário, o russo Rasul Albaskhanov?

Ele tem um cartel de 4-1-0, apesar de não ter muitas lutas, ele vem de diversas lutas de MMA amador. Tem um bom nível no jiu jitsu mas apresenta algumas falhas onde pretendo explorar!

Como é estar longe de casa, na casa do adversário, e ter esse desafio tão importante em sua carreira?

Bom, eu já lutei seis vezes fora do Brasil, na casa do meu aniversário. Isso nunca me incomodou de maneira alguma, só me motiva mais a treinar pra ganhar de forma contundente!

Tu tens um cartel sólido (15-5) e saiu cedo do Brasil, aos 22 anos tu moras em Abu Dhabi. Ao que se deve tanto sucesso com tão pouca idade? E como surgiu a chance de ir para os Emirados Árabes?

Eu sempre ponho Deus na frente de qualquer coisa que vou fazer, e eu sou o cara muito teimoso. Desde criança eu sempre quis aprender e aperfeiçoar as técnicas que eu aprendia. Acho que esses dois aspectos me fizeram chegar onde estou hoje. Minha esposa passou na entrevista para trabalhar em Abu Dhabi. Ela veio primeiro e eu aproveitei que o ACB pagou minha passagem para lutar, pedi o voo de volta para Abu Dhabi e hoje resido aqui com minha esposa!

Lutar na Europa tem sido uma estratégia de muitos brasileiros, especialmente pois grandes eventos como o UFC estão expandindo por lá. Como você vê o MMA na Europa? E sua ambição é ir conquistando o velho continente até chegar a maiores palcos, como o já citado Ultimate?

Os atletas que lutam na Europa são a grande maioria extremamente técnicos e fortes e os eventos estão no mesmo nível que o One FC, WSOF e Bellator. Eu já conquistei o Cinturão dos Moscas no IPC, maior evento de Portugal e pretendo depois dessa luta no ACB, conquistar o cinturão do mesmo, já que hoje o ACB superou o M-1 sendo agora o maior evento da Rússia. Sobre o UFC, eu pretendo fazer mais algumas lutas e acumular pelo menos umas 5 vitórias seguidas e tentar fechar um contrato com eles, quem sabe.

Você tem um acordo com alguma organização? Se sim, de quantas lutas?

Sim, fechei um contrato de 6x lutas no ACB e minha luta do dia 5 de março será a segunda do contrato. (Nota da redação: Ele venceu Marcin Lasota em seu primeiro compromisso no ACB, no ano passado)

Como era a sua vida aqui no Brasil e o que fazia antes de se mudar?

No Brasil eu conseguia treinar em horário integral mas sempre tinha preocupação com as contas e com as compras no mercado. Eu tinha alguns patrocínios que me ajudavam mas nem sempre era certo de receber todos os meses, geralmente eu recebia por lutas aí ficava sempre preocupado em arrumar alguma luta pra manter as contas em dia é por comida em casa!

E o que mais mudou na sua vida ao chegar em Abu Dhabi?

Aqui tenho acesso a uma suplementação com um preço acessível e também alimentação, não tenho preocupação com contas e por isso consigo focar mais nos treinos até consigo dormir melhor (risos)!

Deixe um recado para a galera ligada no Nocaute na Rede, para que possam acompanhar seu próximo combate!

Galera, obrigado por sempre estarem prestigiando minhas lutas e torcendo por mim. Prometo treinar muito para representar nosso país é nosso esporte. Mais uma vez obrigado!

Pra quem quiser assistir o último confronto do Isaac, que foi citado ali em cima, contra o Marcin Lasota:

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

 



Categorias
EntrevistasLutasMMA Internacional

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Roberto de Oliveira
    19 janeiro 2016 at 10:34
    Responder

    Tive o prazer de treinar com isaac Pimentel no Méier, conheço seu potencial e estou muito feliz por ele está conquistando tudo que almeja…que Deus continue abençoando os caminhos dele e da Jessica sua esposa…

  • Responder

    *

    *

    doze − 4 =

    RELACIONADO POR