NR Entrevista: Patrick Teixeira

Lutador brasileiro faz treinos na Argentina para seu novo compromisso e arrancar rumo o titulo mundial de Boxe. Patrick Teixeira, melhor atleta do boxe brasileiro no momento, que esta...
Lutador brasileiro faz treinos na Argentina para seu novo compromisso e arrancar rumo o titulo mundial de Boxe.
Patrick Teixeira, melhor atleta do boxe brasileiro no momento, que esta na quarta posição no ranking mundial e ascendendo em direção o título mundial. O atleta catarinense, que é o nome da IBG (International Boxe Grup) de Santana do Parnaíba São Paulo.
Em entrevista antes da ida para a Argentina, que finalizará a preparação para a próxima luta que será dia 12 de Março nos Estados Unidos, com adversário ainda a ser definido depois de recusas de atleta de grande nome. Patrick aguarda seu oponente para escalar mais um degrau rumo ao cinturão da categoria médios na WBO (World Boxing Organization).
Patrick Teixeira
Patrick nos fale de suas origens, quem esta a frete de sua carreira, nesta escalada ao tão cobiçada condição de campeão do mundial?
Bom, sou natural de Sombrio/Santa Catarina, um pequeno mas prospero município do sul catarinense, onde comecei os treinos de boxe. Hoje tenho seis anos de carreira no profissional. Quanto a minha carreira, sou atleta da Golden Boy Promotions, uma das maiores empresas do mundo no segmento de gestão de carreiras no boxe mundial.
Nos fale um pouco de sua relação com Santana do Parnaíba, onde o manager é o Senhor Edu Peixoto e como a IBG  esta preparando você para a busca do cinturão?
Bom falar de Santana do Parnaíba é fácil, não tinha lugar melhor no mundo para eu estar, com muita sorte, caí no melhor lugar para ir em busca de meu sonho. Hoje sei que estou com as pessoas certas, que me acompanham desde meus 14 anos, desde a categoria cadetes.
Em Santana do Parnaíba tenho todo o suporte necessário para sonhar grande e principalmente estar neste nível que estou hoje.  Sou muito grato a todos da equipe IBG, que são os divisores de água em minha vida.
Como é a relação com IBG e Golden Boy Promotions, no que se refere a gestão de sua carreira?
Seu Edu, é como um pai, e como uma relação de pai para filho é, tem broncas, tem muito diálogo, mas acima de tudo tem boas intensões. Tivemos várias propostas, mas com a experiência e o feeling do Edu, conseguimos fechar o melhor contrato, que foi com a Golden Boy.
Quais os planos da Golden Boy, para você neste ano, vem uma disputa pelo cinturão ainda este ano?
Este interesse procede, sim a curto prazo estarei indo para a disputa, que é meu sonho desde garoto, para isso tenho que vencer mais duas a três lutas, com bons nomes da categoria para popularizar e criar uma expectativa para a tão esperada chance. 
E chegando com muita força, de preferência com grandes lutas, que chama mais atenção do mundo para esta jornada para o cinturão e chegando lá o bixo pega e busco o cinturão para meu país. 
Patrick Teixeira Boxe Brasil
Como já praxe no boxe, sempre o lutador recebe um apelido, que deixa interessante, porque não dizer, mais atraente as transmissões e toda a modalidade como um todo. A sua é chamada de Máquina Silenciosa, você gosta e tem haver com sua atitude dentro e fora do ringue ?
Sim tive alguns, mas “Silent Machine” tem haver comigo, sou discreto, gosto de deixar minha marca no ringue, quero fazer história, quero olhar para meu passado com orgulho, quero viver o meu presente na glória da vitória e quero um futuro que mereço, e sei, que  mereço ser o melhor do mundo e serei em breve.
Com esta nova geração do boxe nacional, onde podemos chegar e o que podemos almejar com nomes que estão despontando, como os irmão Falcão, Willian Silva, até mesmo o retorno de Popó Freitas?
Vejo o momento do boxe mundial ótimo, com grandes shows, quanto ao nacional todos estes nomes citados farão a diferença sim, tem muita qualidade em todos, destes nomes sairão bons resultados, mas eu estou um passo a frente de todos, porque estou invicto com 26 Lutas e 22 nocautes e sou 4º no ranking. Que me leva a crer, sem desmerecer os outros, mas eu serei o próximo campeão e se meu país me colocar numa condição de ídolo, claro que aceito esta honraria e luto até o fim pelo meu povo.
Sobre seu camp de treinos na Argentina e sobre a data e local de sua luta dia 12 de março? 
Bom não tem local, mas tem data que é dia 12 de março, então como temos feito, vou para um camp programado no Junin com a equipe do Lucas Matthysse, que tem um alto nível técnico no geral e principalmente na preparação física e com excelente qualidade nos sparrings. Tem o fato de me sentir muito bem, o pessoal nos recepciona sempre de maneira muito amistoso.
O diferencial do camp é que trabalhamos com uma grande escola de boxeadores, com inúmeros campeões e com uma habilidade de produzir ótimos resultados, que vem da partes física, tática, técnica para chegar ao 100% na luta.
Quais são os nomes do time de treinadores que fazem esta importante preparação com você na Argentina que antecede seu compromisso de março nos Estados Unidos?
Os treinadores são o Barrera, o Matthysse auxilia no trabalho, que é de muita precisão, esta sempre atento a tudo, tem também o Víctor Emilio Galíndez (Cocho) que já foi campeão do mundo que passa toda sua experiência para irmos para a próxima luta com o arsenal em dia.
Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH


Categorias
Boxe Nacional e InternacionalLutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Ailton
    30 janeiro 2016 at 00:35
    Responder

    Parabénsss garoto Deus é contigo .

  • Responder

    *

    *

    10 + 13 =

    RELACIONADO POR