O dia em que minha vida ganhou um novo sentido.

Talvez o teor do texto de hoje, não seja necessariamente uma ”opinião”. Depende talvez da forma como você interpretar o que eu à escrever logo abaixo, talvez seja algo...

Talvez o teor do texto de hoje, não seja necessariamente uma ”opinião”. Depende talvez da forma como você interpretar o que eu à escrever logo abaixo, talvez seja algo que possa fazer você entender muitas coisas sem nem ao mesmo conhecer o Luis, colunista do Nocaute na Rede.

A grande maioria dos amigos que lêem não só o que eu escrevo, mas acompanham o site de um modo em geral, assistiram a luta McGregor x Diaz, correto ?



Muitos se surpreenderam com o resultado. Já eu particularmente não. Eu por mais que possa parecer maluco o que eu vou dizer, mas vi a vitória de Diaz, não resumidamente apenas a um mata leão muito bem aplicado através de uma transição da montada.

(Foto: Jason Silva)

(Foto: Jason Silva)

Se resumiu, a algo que só uma arte marcial consegue ensinar com um sentido todo especial, a questão da humildade, (o que não quer dizer que outras artes não consigam, mas esta em específico tem algo especial), o Jiu Jitsu.

Quer entender ? Eu vou explicar. Hoje em dia os tops da atualidade do UFC, quase 100% tem uma base horrível de jogo de chão. Me atrevo à dizer que muitos num campeonato de Jiu Jitsu sem pano, perdem pra muitos faixas azuis de muita academia que tem por aí. Mas a questão, novamente me refiro, não é a luta do Diaz em si, mas aquilo que ela realmente representa, a HUMILDADE.

O grande mestre Hélio Gracie dizia:

Não existe valentia, que resista a um estrangulamento

De fato, depois dessa luta, essa frase passou a ter um sentido muito verdadeiro pra mim. Nate Diaz, entrou como azarão, mesmo sendo marrento, bad boy como eu mesmo falei já por aqui, mesmo sendo um cara que não nega briga, ele foi lá e provou pro mundo, que de fato, não existe ótimo striker, quando o mata leão aperta.

Eu passei por muitos tipos de artes marciais antes de me fixar no Jiu Jitsu, e agradeço à todas elas por tudo o que me passaram, mas o Jiu Jitsu foi o meu verdadeiro amor. Não bastou mais do que uma aula, pra mim me apaixonar por um esporte que me fez ver realmente quem eu sou. Um esporte que fez com que eu me olhasse no espelho, e FINALMENTE pudesse me enxergar, pudesse ver o reflexo de alguém ali naquele espelho. Bastou apenas uma aula até para que eu trocasse de curso na faculdade.

Na primeira aula de Jiu Jitsu, eu entrei no tatame de cabeça baixa, desconfiado, achando que eu não ira conseguir. Até que fui pego por esta mística de humildade, a partir do momento que dei meu primeiro rola. Percebi que nem tudo era força, que eu não podia treinar com a cabeça irritada, ou por simplesmente achar que eu tinha força, eu era melhor do que qualquer faixa azul ou o que fosse de Jiu Jitsu.

Ali começou a fazer sentido o real conceito de humildade na minha vida. O que me fez conseguir não ser bom apenas no treino, estar afiado para as competições.

Me fez ser ou pelo menos tentar ser, bom em todas as áreas de minha vida. À partir do momento que eu entrei pra primeira aula de Jiu Jitsu, eu percebi que deveria não só treinar pra ser um bom atleta. Percebi que deveria treinar para ser o melhor marido que eu podia ser, o melhor amigo que eu podia ser, o melhor colega de trabalho que eu pudesse ser, o melhor colega de treino, não melhor colega de treino no sentido de ser o melhor da academia, mas aquele que consegue ajudar o fraco a chegar lá, aquele que consegue despertar a paixão que o Jiu Jitsu despertou em mim, em outras pessoas, aquele tipo de colega que faz com que outros que entrem no mesmo tatame que eu, seja por motivos bons ou ruins, nem sempre a vida é generosa, sejam pessoas tão boas, quanto a que eu estou tentando me tornar.

Bastou apenas uma aula, para mim começar a entender, que eu, somente eu posso fazer coisas por mim mesmo. Só eu posso ir atrás de minha evolução. Apenas uma aula me fez entender, que eu sou capaz de conseguir tudo o que eu quero se treinar muito e ser muito humilde.

O dia em que minha vida ganhou um novo sentido, foi o dia que eu comecei a treinar Jiu Jitsu.

Deus te abençoe grande mestre Hélio Gracie!

Um grande abraço meus amigos! Oss!

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA InternacionalOpinião

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

15 + dez =

RELACIONADO POR