O Pit Bull “Andrei Arlovski” esta solto e faminto em busca do cinturão peso pesado do UFC

Para dar continuidade na sua busca pelo cinturão do UFC o ex-campeão peso pesado da organização Andrei “The Pit Bull“ Arlovski, bielorusso de 36 anos, volta ao octógono para encarar o...

Para dar continuidade na sua busca pelo cinturão do UFC o ex-campeão peso pesado da organização Andrei “The Pit Bull“ Arlovski, bielorusso de 36 anos, volta ao octógono para encarar o também ex-campeão peso pesado do UFC Frank Mir, no próximo sábado dia 05 de setembro, pelo UFC 191 que acontecerá em Las Vegas (EUA) no MGM Grand Garden Arena às 20 horas.

(Foto: foxsports)

(Foto: foxsports)

Arlovski começou sua trajetória nas artes marciais aos 19 anos em uma academia de policia, onde eram exigidas aulas de SAMBO (um estilo de luta originalmente desenvolvida na União Soviética), arte essa na qual Andrei se destacou, começou a competir, foi inicialmente Campeão do Campeonato Europeu de SAMBO Júnior e também Campeão Mundial de SAMBO, após isso ele se tornou o primeiro Master Of Sport Internacional por conta dos seus inúmeros títulos de sambo.



No entanto no MMA, aos 20 anos ele não teve um inicio tão glorioso, pois foi nocauteado por Viacheslav Datsik. Não abatido ele deu a volta por cima e em menos de um ano, quando ganhou o M-1 MFC Europeu, se tornando campeão do mesmo, com duas vitorias em uma noite sendo uma por finalização e outra por nocaute.

(Foto: Divulgação/Site oficial Arlovski.com)

(Foto: Divulgação/Site oficial Arlovski.com)

Ainda em 2000, Andrei fazia sua estreia no UFC com vitória sobre o americano Aaron Brink, após isso ele amargurou duas derrotas seguidas, umas dessas para o brasuca Pedro Rizzo. O grande momento de Arlovski foi em 2005, após o mesmo nocautear Tim Sylvia e se sagrar campeão Interino peso pesado do UFC, mesmo que seja interino ele defendeu o cinturão por duas vezes contra Justin Eilers e Paul Buentello no UFC 53 e 55 respectivamente, porem Tim Sylvia recuperou o cinturão quando nocauteou Arlovski, o UFC marcou a revanche imediata entre os dois e nessa trilogia Sylvia saiu campeão por decisão dos juízes.

Dando sequencia Arlovski conseguiu vitorias notáveis sobre grandes nomes como Márcio Cruz, Fabricio Werdum, Jake O’Brien. Fora do UFC ele assinou com o evento recém-formado Affliction, onde venceu Bem Rothwell, já no EliteXC ele nocauteou o até então nunca nocauteado Roy Nelson.

Mesmo com esse histórico de grandes lutas e títulos Andrei Arlovski poderia cravar ainda mais seu nome na historia do mma, pois ele ganhou a oportunidade de enfrentar Fedor Emelianenko que vinha de sete anos de invencibilidade e um cartel de (29V – 1D – 1NC), em uma luta de muita trocação, fedor acabou ficando grogue e Arlovski viu uma brecha para nocautear fedor com uma joelhada, porem tomou um cruzado de contra golpe e acabou nocauteado aos 03:14 do primeiro assalto.

(Foto: Sherdog.com)

(Foto: Sherdog.com)

Isso foi só o começo e o bielorusso acabou amargurando 4 reveses seguidos. Hoje com a boa forma recuperada ele vem de uma sequencia de 5 vitorias seguidas 3 destas após a sua volta ao UFC em cima de nomes como Brendan Schaub, Antonio Pezão e Travis Browne.

Acompanhe tudo sobre Andrei Arlovski e mais todas as informações sobre o UFC 191 aqui no seu universo de lutas.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Robson Paes



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

4 − 4 =

RELACIONADO POR