O Ultimate Fighting Championship teve de fazer 34 mudanças em seus cards esse ano.

Esse ano parece não esta sendo bom para os eventos do maior banner de MMA do Mundo, o Ultimate Fighting Championship, devido aos inúmeros cancelamentos, mudanças e percalços que...

Esse ano parece não esta sendo bom para os eventos do maior banner de MMA do Mundo, o Ultimate Fighting Championship, devido aos inúmeros cancelamentos, mudanças e percalços que seus eventos enfrentaram no decorrer desse, nós do Nocaute na Rede conseguimos alguns dados com fontes americanas ligadas ao site e vamos mostrar a vocês em números essas mudanças.

Georges não tem muito a ver com o tema mas enfrentou um layoff de 2 anos por lesão - foto via UFC.com

Georges não tem muito a ver com o tema mas enfrentou um layoff de 2 anos por lesão – foto via UFC.com

  1. Mais que a metade dos eventos do UFC esse ano teve mudanças devido a lesões, adiamentos de lutas ou remanejos de confronto para outro Card (10 co main events, 4 main event e 7 envolvendo ambos.)
  2. Lesões foram a maior parte do motivo das mudanças (26 dos casos.)
  3. A organização substituiu 3 e cancelou 9 dos 12 eventos principais afetados, enquanto 16  substituições e 6 cancelamentos em co main events.
  4. Tendo 4 casos de retiradas de atletas mesmo com substitutos disponíveis.

Resta saber se até o final de Dezembro o UFC terá mais problemas em seus Cards.



Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Douglas Bernardi



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Jornalista - seguidor dos esportes de combate desde 2006 - Fã de Shogun e Mousasi.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    três × 1 =

    RELACIONADO POR