Opinião do LeitorNR: Façam suas apostas, José Aldo ou Conor McGregor?

Fala galera, estamos de volta com o nosso quadro “Opinião do LeitorNR” onde vocês leitores vão poder exprimir suas opiniões para um dos duelos mais aguardados neste fim de...

Fala galera, estamos de volta com o nosso quadro “Opinião do LeitorNR” onde vocês leitores vão poder exprimir suas opiniões para um dos duelos mais aguardados neste fim de ano, a disputa pela unificação do cinturão peso pena entre o soberano e número #1 no peso por peso José “Scarface” Aldo contra o provocante irlandês Conor McGregor, campeão interino. O confronto ocorre no dia 12 de dezembro, sábado, na famosa MGM Grand Garden Arena em Las Vegas, Nevada.

BREVE ANÁLISE

O Manaura de 29 anos, José Aldo, consagrou-se campeão peso pena do UFC em 2011 e desde lá já defendeu 6 vezes o cinturão, todas com êxito, passando por cima de nomes como: Mark Hominick, Kenny Florian, Chad Mendes (2x), Frankie Edgar, Chan Sung Jung e Ricardo Lamas. Especialista em Muay Thai e faixa preta de Jiu Jitsu e Luva Livre Esportiva, José Aldo é considerado por muitos como um dos atletas mais completos das artes marciais, mesmo sendo perito na arte suave (Jiu Jitsu) o lutador brasileiro conquistou apenas duas vitórias por finalização na carreira, então não há com o que discutir, seu principal jogo é a trocação, são 14 nocautes em 25 vitórias no cartel, seu poderoso low kick (chute baixo) é tão potente que é comparado pariforme com as lendas do esporte, Pedro Rizzo e Marco Ruas.



Opiniao Jose Aldo x McGregor

Conor “Notorious” McGregor, 27 anos, ex campeão do Cage Warriors nos pesos Pena e Leve e o atual Campeão Interino Peso Pena do UFC, foi o segundo lutador irlândes a lutar na companhia – o primeiro foi Tom Egan, na ocasião Conor tinha um cartel de 12 triunfos e apenas 2 reveses, sendo onze vitórias por nocaute, nove delas no primeiro round. Desde 2013 no Ultimate, McGregor empilhou seis triunfos em seis confrontos, passando por cima de Marcus Brimage, Max Holloway, Diego Brandão, Dustin Poirier, Dennis Siver e Chad Mendes, destes confrontos apenas um foi para a decisão dos juízes, contra Mas Holloway, e os outros? Todos nocauteados entre o primeiro e segundo round. Considerado a versão irlândesa de Chael Sonnen, McGregor é muito conhecido pelo seu Trash-talk (conversa fiada), para cada combate são provacações, provações e mais provocações. Conor não foi realmente testado ainda contra um lutador de alto nível (não considero o combate contra Chad Mendes pois o norte-americano teve pouco tempo para seu camp), porém, mesmo com estas incertezas o irlândes vem dominando a casa de apostas, deixando o brasileiro como azarão do combate.

Mas o que todos querem saber é, qual ou quais as qualidades de McGregor e se ele realmente irá apresentar dificuldade para o campeão. Vamos lá, seu estilo de luta é com um bom boxe e como arma principal os fortes contra-ataques. Canhoto, boa movimentação, deslocamentos do corpo para cima e para baixo, chutes frontais e laterais, chute gancho, aplicado com a sola do pé ou calcanhar, seria o ura-mawashi no caratê, são outras principais qualidades do irlandês que podem fazer diferença na hora do duelo.

Sobre apresentar dificuldades, com certeza, ambos vão sofrer muitas dificuldades, de um lado McGregor terá o maior desafio de sua carreira contra um atleta técnico, forte e experiente, do outro lado José Aldo irá enfrentar além de um adversário forte tecnicamente, um personagem, pois a provocação de Conor fica mais forte a cada dia e o brasileiro terá que lutar contra isso para “não cair na pilha” e se deixar levar para o jogo do irlandês.

Então vamos as dúvidas e o meu palpite: Será a trocação o melhor caminho para Aldo “domar” o irlândes, ou o melhor atalho seria colocar para baixo e buscar a finalização, já que McGregor, faixa marrom de BJJ, não possuí uma técnica diferenciada na arte suave para propor alguma dificuldade para José Aldo. Na minha humilde opinião Aldo terá que mudar seu estilo de jogo, o qual vinha aplicando em suas últimas lutas, ou seja, não focar somente na trocação, pois será perigoso se acontecer. O direto de esquerda do irlândes pode entrar se Aldo deixar visível “seu objetivo” de minar as pernas de Conor, como fez com Chad Mendes. Então acredito que o jogo ideal para o brasileiro seria aplicar uma estratégia parecida com a do campeão dos leves, Rafael dos Anjos, quando conquistou o cinturão sobre Anthony Pettis em um combate dominado com um triplo 50-45, onde o método foi preparar algumas quedas, aplicar um pouco de ground and pound, e claro, dominar na trocação, no caso de Aldo “testar” as pernas de Conor McGregor. Meu palpite, José Aldo vence por nocaute técnico no quarto round.

Fica a pergunta e a análise para fazerem em cima deste combate: Quem sairá com o braço erguido no dia 12 de dezembro, José Aldo ou Conor McGregor?

Querem ter suas análises divulgadas aqui no site? É fácil, confiram como fazer:

Basta enviar um e-mail para [email protected] com o assunto (do e-mail) “Opinião do LeitorNR”, nome, cidade e o seu palpite/aposta/análise do confronto principal do UFC 194 entre Jose Aldo e Conor McGregor, até o dia 9, quarta-feira.

Lembrando que serão escolhidas as melhores análises e o resultado saí na sexta-feira, 11, por volta das 14 horas (horário de brasília) aqui em nosso site e em nossas redes sociais.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Renan Assunção



Categorias
EspeciaisLutasMMA InternacionalOpinião do LeitorNRUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

doze + 14 =

RELACIONADO POR