Tarsis Humphreys

Book2_set13-look4-188 2

O nocaute na rede apresenta mais uma fera, o multi campeão de Jiu Jitsu Tarsis Humpreys é o mais novo colunista do site. E pra quem não conhece essa fera, ele mesmo se apresenta:

“Tive a sorte de começar a treinar Jiu Jitsu com o super campeão e mestre Fabio Gurgel em 1997 e desde então nunca mais parei. O Jiu Jitsu sem duvida alguma me viciou, logo que iniciei já tive vontade de competir, e com algumas semanas de treino já me inscrevi em um campeonato fiquei super travado, na luta não fiz quase nada , mas foi só a minha primeira experiencia, já no segundo campeonato como faixa amarela com 14 anos idade venci, e no mesmo ano fui vice campeão Brasileiro perdendo por pontos na final. 

Depois fui promovido a faixa azul, com 15 anos de idade e consegui o vice campeonato mundial juvenil, e alguns outros títulos como o paulista, o brasileiro e brasileiro por equipes. Comecei a despontar na faixa azul pois eu sempre acreditei que poderia vencer qualquer um e tinha muita vontade  de vencer. Acho que isso é o mais importante, quando você tem essa vontade e se organiza para atingir o seu auge, quebrar todos os seus limites e ai que você consegue o que quer. Pra mim foi assim que rolou, consegui  o  3º lugar no mundial de faixa roxa, ganhei alguns títulos paulistas e alguns outros também.

Na faixa roxa foi um momento em que quase parei de treinar Jiu jitsu, sofri uma lesão no meu olho bem séria, devido a uma pancada acidental durante um treino e tive que parar por quase 2 meses pois teve uma fratura no assoalho orbital. Mas como eu estava viciado com essa arte maravilhosa que é, não teve jeito voltei a treinar e continuei minha carreira. Na faixa marrom foi quando despontei, consegui ganhar peso e absoluto no campeonato brasileiro, peso e absoluto no campeonato pan americano, campeão mundial na categoria CBJJO, e 3º lugar peso normal e absoluto no mundial da CBJJ/IBJJF. E ai uma semana antes do campeonato mundial fui promovido a faixa preta e lutei contra os maiores nomes do Jiu jitsu, eu perdi na quartas de final nesse evento. Já no ano seguinte consegui o terceiro lugar no mundial, vice por peso e absouto no pan americano, e terceiro colocado no brasileiro de Jiu jitsu . Em 2008 consegui vice no pan americano,  e 3º no mundial.

Em 2009 foi quando realmente cravei meu nome na faixa preta , fui o primeiro atleta a ganhar o peso e absoluto do Abu Dhabi World Pro primeiro mundial profissional consegui ser o campeao absoluto brasileiro e vice no peso , e vice campeão mundial cbjj/ibjjf em uma luta contra o super campeão Romulo Barral que terminou no 0 a 0 e eu discordo totalmente dessa decisão pois lutei mais e merecia o titulo , porem essa derrota no 0 a 0 me motivou muito e voltei no ano seguinte ja em 2010 com muita vontade de ganhar tudo, lutei o brasileiro e venci a categoria, fui 3º no absoluto, me lesionei e fiquei fora do Abu dhabi pro, mas me recuperei e lutei o mundial da CBJJi/BJJF fazendo a final novamente com o Romulo Barral, onde acreditei muito em mim e consegui a finalização na metade da luta com uma chave de joelho.

Em 2011 me lesionei e só voltei a competir em 2012, não consegui me recuperar tao bem da cirurgia. Em 2013 consegui o terceiro lugar no pan americano, vice no brasileiro e perdi nas quartas por pontos no mundial, fui 4º colocado no absoluto do Abu dhabi world pro, vice campeão absoluto da seletiva do Abu dhbai pro também . Estou me preparando já à alguns meses fazendo um trabalho de base para comecar 100% em 2014 e ir atras de mais títulos.”

Fiquem ligados na coluna mensal de Tarsis Humpreys no Nocaute na Rede, o “ConexãoBJJ”, onde Tarsis vai abordar sobre diversos assuntos ligados ao Jiu jitsu e o MMA.



Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito + cinco =