Patricky Pitbull tenta hoje ganhar a chance de disputar o cinturão

O brasileiro Patricky Pitbull subirá hoje ao Cage circular do Bellator pela 12ª vez em sua carreira e, caso vença, provavelmente seja o próximo desafiante ao cinturão dos Leves...
Patricky Pitbull / Bellator MMA

Patricky Pitbull / Bellator MMA

O brasileiro Patricky Pitbull subirá hoje ao Cage circular do Bellator pela 12ª vez em sua carreira e, caso vença, provavelmente seja o próximo desafiante ao cinturão dos Leves da organização, hoje em posse do norte-americano Will Brooks. Hoje, aos 29 anos e veterano em um dos maiores shows do mundo, Patricky está em alta, mas nem sempre foi assim. Como a maioria dos lutadores brazucas, ele já comeu o pão que o diabo amassou.

Em meio à bolsas simplórias na realidade do Brasil e com sua esposa grávida da primeira filha do casal, Pitbull chegou a pensar em lutar apenas por diversão e procurar um emprego comum. “Não queria parar de lutar de jeito nenhum, mas às vezes me pegava parado, pensando como seria a minha vida sem lutar. Já estava começando a aceitar isso e treinar só por hobby e quando meu irmão (o peso-pena Patricio Pitbull) conseguiu o contrato com o Bellator. Ele começou a me dar esperança, dizendo que sempre falava de mim para o Bjorn (Rebney, então presidente do Bellator) e sempre mandava eu continuar treinando. Eu o escutei, continuei treinando e fiz três lutas. Depois disso, tive a chance de conseguir o meu contrato com o Bellator”, comenta.



Graças ao prestígio do seu irmão mais novo, Patrício Pitbull, na organização – hoje ele ostenta o cinturão dos Penas – e aos seus ótimos resultados no cirduito nacional, até então com um cartel de 7 vitórias e uma única e polêmica derrota (para Willamy Freire, por decisão técnica majorotária), Patricky foi contratado pelo Bellator, e emplacou duas vitórias seguidas na segunda maior organização de MMA do mundo, até perder, em suas primeira final de GP, para Michael Chandler, em maio de 2011, por decisão unânime.

Em 2014, o potiguar voltou a figurar entre os principais Leves da organização, chegando novamente à final de um GP, após nocautear dois adversários no segundo round – David Rickels e Derek Campos, na ordem. Na final, foi derrotado mais uma vez por decisão unânime, dessa vez para o polonês Marcin Held.

Sempre em alta no Bellator, Patricky enfrentará nesta sexta, no Bellator 141, o americano Saad “Assassin” Awad, que vem de três vitórias consecutivas. O duelo está sendo considerado como uma espécie de Title Shot, onde o vencedor provavelmente será o próximo desafiante ao cinturão do dominante Will Brooks, que tem um cartel de 16 vitórias de 1 derrota, justamente para o adversário do Pitbull.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebookhttps://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Rodrigo Cruz

 



Categorias
BellatorLutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

9 + doze =

RELACIONADO POR