Prévia do Legacy FC 46: Steven Peterson vs. Irwin Rivera

Na próxima sexta-feira, o Legacy FC, uma das maiores organizações de MMA dos Estados Unidos, faz sua 46ª edição, dessa vez sem disputa de cinturão. O evento acontece em...

Na próxima sexta-feira, o Legacy FC, uma das maiores organizações de MMA dos Estados Unidos, faz sua 46ª edição, dessa vez sem disputa de cinturão. O evento acontece em Allen, Texas (EUA), dentro da Allen Event Center, uma das mais importantes arenas da cidade.

Legacy FC 46 (Foto: Divulgação)

Legacy FC 46 (Foto: Divulgação)

Na luta principal da noite, dois dos melhores pesos galos do Legacy FC se enfrentam por um ranqueamento melhor da divisão (apesar de não haver um ranking oficial), falo do texano Steven Peterson e de Irwin Rivera.



Steven “Ocho” Peterson (12-4 MMA, 6-2 LFC) procura encurtar sua estrada até um title-shot com uma vitoria na sexta. Ele vem de quatro vitorias consecutivas, sendo três delas no Legacy FC, incluindo uma vitoria impressionante por finalização em cima do brasileiro Caio Machado (7-2) (sim, mesmo que perdeu para Thominhas Almeida (19-0)). O jovem texano, de 25 anos, vem se mostrando versátil e estável em suas performances, desde que voltou para o Legacy FC, em fevereiro de 2014, anotou duas vitorias sobre Ray Rodriguez (5-5), onde foi superior em boa parte de ambas as lutas, e a já citada vitoria sobre Caio Machado. Não só o método pelo qual termina suas lutas (3 decisões, 4 KO/TKO e 5 finalizações) mostra seu estilo variado, como todo seu desempenho durante as lutas. Na ultima aparição, Steven levou o adversário a knockdown no primeiro minuto de luta com um direto de direita, seguiu passando a guarda de forma rápida, técnica e voraz, variando com um ground n’ pound brutal com socos e cotoveladas, e mostrou bom equilíbrio na tentativa de queda do adversário, que acabou caindo numa guilhotina e sendo finalizado. Steven Peterson realmente é um monstro e apresenta grande perigo na categoria até 61kg.

No outro lado do cage estará Irwin “The Beast” Rivera (4-0), representante da Blackzilians, tem apenas 26 e nunca perdeu uma luta profissional (sofreu duas derrotas no amador). Ele teve bastante destaque na organização Fight Time, onde fez toda sua carreira, onde conquistou duas vitorias por decisão (uma dividida e outra unanime) e duas por KO/TKO. Fazendo sua estreia no Legacy FC numa luta principal contra um atleta de elite como Steven Peterson pode ser muito arriscado, mas se for bem sucedido vai ser o maior passo de sua carreira. Em caso de vitoria, Rivera se estabelece como um dos melhores pesos galos da organização, ficando muito próximo de uma disputa de titulo, caso perca, provavelmente ficará compondo os eventos do Legacy até se destacar novamente e ter outra oportunidade grandiosa. Situação de risco para Irwin, que terá que dar o sangue lá dentro.

Tecnicamente falando, Steven Peterson é superior em praticamente tudo, trocação, wrestling, jiu-jitsu, velocidade e condicionamento físico, a única vantagem que vejo por parte de Irwin Rivera é seu potencia nos golpes, ele é bem agressivo na trocação e pode acabar a luta a qualquer instante. Vejo Peterson controlando boa parte da luta, tendo mais problemas na parte da luta em pé, o que o fará levar a luta pro chão e terminar ela ali mesmo, lá pelo segundo ou terceiro round.

No co-main event, os pesos moscas Jason Sampson o jovem rodado Archie Lowe, que faz sua estreia no Legacy.

Faixa preta de jiu-jitsu, Jason Sampson (12-1 MMA, 1-0 LFC) é um competidor de elite e forte candidato ao cinturão, que está nas mãos de Damacio Page (19-10). Ele vem de quatro vitorias consecutivas, sendo uma no Legacy FC e três no Bellator, sua única derrota na carreira foi para Joshua Montoya (11-9) (Jason tinha finalizado o mesmo poucos meses antes). Das doze vitorias obtidas ao longa de sua trajetória pelo esporte, “Wild Thing” conseguiu 3 KO/TKO, duas decisões e incríveis 7 finalizações, que representam 58% de suas vitorias. Jason teve ótimos resultados no Bellator, segunda maior organização de MMA do planeta, onde conquistou duas finalizações e uma decisão, em cima de Jeremy Myers (4-14), Chris Pham (4-3) e Danny Sykora (7-5), respectivamente, até assinar com o Legacy FC, onde estreou destruindo Joseph Sandoval (7-5), veterano do UFC e do próprio Legacy, com um TKO com menos de dois minutos do primeiro round. Sampson tem 33, tem bom nível técnico e se correr pra tentar disputar o titulo, pode dar trabalho ao atual campeão.

Seu oponente é Archie Lowe (6-6), um rapaz de 26 anos que já passou por diversas oganizações diferentes ao longo de suas doze lutas profissionais. Lowe vem de péssima fase na carreira, onde acumulou quatro derrotas em cinco lutas, manchando seu razoável cartel de até então 5 vitorias e 2 derrotas. Seu ponto forte, pelo menos ofensivamente, é o mesmo que o de seu adversário, o jiu-jitsu, já foram cinco vitorias por finalização, o que representa 83% de suas vitorias, contando com apenas uma por decisão, que já faz mais de dois anos.

Jason Sampson e Archie Lowe são dois finalizadores, mas quando disse que Lowe era bom de jiu-jitsu ofensivamente não foi a toa, quatro de suas derrotas foram por finalização, o que deve deixar Jason bem contente. Não creio que essa luta foi bem casada, talvez tenham prometido uma luta para o ex-Bellator e não acharam oponente a altura, portanto escalaram Archie. Jason Sampson é melhor em tudo, trocação, grappling, questões físicas e até na altura, é mais experiente e compete em alto nível a mais tempo, a única possível vantagem para Archie Lowe é que ele é sete anos mais novo, mas isso não deve adiantar muita coisa na luta. O palpite é que Jason Sampson consiga um nocaute ou uma finalização antes do segundo assalto.

Outra luta que vale destaque é a segunda luta de MMA de Rafael Lovato Jr, que ao longo de sua carreira no jiu-jitsu conquistou Campeão Mundial (2007), Campeão Mundial NoGi (2010), Campeão Brasileiro (2007, 2013 absoluto), Campeão Pan-Americano (2008, 2007), Campeão Europeu (2007), Campeão da Liga Professional de Submission X-Mission (2006), Campeão do Grappler’s Quest West Advanced NoGi (2005) e chegou nas Quartas de final do ADCC, ele enfrenta Charles “Kid Dynamite” Byrd, que luta no Legacy FC desde 2012. Vale a pena ficar de olho.

Uma das maiores promessas do MMA, Ricardo Carcacinha enfrenta o perigoso Cody Walker, na categoria dos pesos penas.

Ricardo Carcacinha (7-0 MMA, 1-0 LFC) já gerava grandes expectativas no Brasil, inclusive já venceu nomes importantes do cenário nacional como Allan Nascimento (14-3), ex-campeão do XFC, Fabio “Borracha” Lima (5-1) e Rafael “Baraka” (8-3), então logo que foi anunciada sua contração pelo Legacy FC, atraiu muitos olhares para como seria sua estreia no MMA internacional. Sua primeira luta no Legacy foi contra Justin Rader (3-2), faixa preta de jiu-jitsu de Rafael Lovato Jr e multi campeão da modalidade, e tinha muitas questões a serem respondidas sobre o potencial de Carcacinha, afinal, ele começou no jiu-jitsu em 2010, mesmo ano que Justin Rader tinha conquistado um titulo mundial sem quimino, um americano sem quimono e uma medalha de prata nos pan-americanos. Inteligentemente, Ricardo usou da trocação pra vencer o veterano, e para isso foram necessários apenas 32 segundos (!!). Com 20 anos de idade, ele já ostenta um jiu-jitsu de qualidade, uma trocação afiada, ótima velocidade e poder de nocaute, e aos poucos vai conquistando sua experiente e encurtando seu caminho ao cinturão.

Para não me prolongar muito, Cody Walker (5-2) é um lutador bem perigoso, é muito alto pra categoria e tem um jogo equilibrado, tanto em pé quanto no chão, ele teve uma rápida passagem pelo Bellator, onde foi nocauteado pelo prospecto Steve Garcia (6-0) e apagou Treston Thomison (8-3) com um chutaço na cabeça no Bellator 128.

A luta é duríssima para ambos os lutadores, Ricardo Carcacinha é melhor tecnicamente, mas  Cody Walker leva vantagem no porte físico, altura e envergadura. Apesar de ser aperta, meu palpite fica com Ricardo Ramos, que deve nocautear entre o primeiro e o segundo round.

O evento é transmitido ao vivo pelo Esporte Interativo nessa sexta-feira, não percam!

Poster oficial do Legacy FC 46 (Foto: Divulgação)

Poster oficial do Legacy FC 46 (Foto: Divulgação)

Card Principal:

Steven Peterson vs. Irwin Rivera

Archie Lowe vs. Jason Sampson

Charles Byrd vs. Rafael Lovato

Andrew Parker vs. Victor Reyna

Brad Mitchell vs. Eliazar Rodriguez

Ricardo Ramos vs. Cody Walker

 Siga o Grupo MundoMMA no Facebookhttps://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebookhttps://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Kaue Macedo



Categorias
LutasMMA InternacionalOpinião

Bacharelando em Jornalismo, Analista de MMA e boxe no PitacoEsportivo.com e Nocaute na Rede. Contatos: [email protected] (via e-mail) e @kauemcd (via Twitter)
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    dezoito + 1 =

    RELACIONADO POR