Prévia do UFC Fight Night 84: Silva vs Bisping

Neste sábado, 27, acontece o UFC Fight Night 84, diretamente da O2 Arena, em Londres, Inglaterra. O evento trará 13 combates no total, sendo 2 de bom destaque e...

Neste sábado, 27, acontece o UFC Fight Night 84, diretamente da O2 Arena, em Londres, Inglaterra. O evento trará 13 combates no total, sendo 2 de bom destaque e uma luta principal que chama a atenção do mundo.

(Foto:Divulgação/ UFC)

(Foto:Divulgação/ UFC)

 



Na luta principal, tudo preparado para o retorno da lenda, daquele que é considerado por muitos como o maior da história do MMA, o maior da história do UFC, o maior gênio que o MMA já viu, Anderson ‘spider’ Silva. O ex campeão peso médio enfrenta o inglês Michael ‘the count’ Bisping, na casa do adversário. Na luta co-principal, Thales Leites, ex desafiante ao cinturão dos médios em sua primeira passagem pelo Ultimate, enfrenta o armênio Gegard Mousasi. Ainda pelo card principal, o agressivo Francisco ‘Cisco’ Rivera enfrenta ‘one punch’ Brad PickettConfira agora a prévia de mais um evento histórico do UFC.

ANDERSON SILVA vs MICHAEL BISPING

(Foto: Getty Images)

(Foto: Getty Images)

Na luta principal deste UFC Londres, Anderson Silva está de volta ao octógono após a suspensão por conta de doping. Em janeiro de 2015, ele retornou após mais de 1 ano sem entrar em combate por conta da lesão na canela sofrida na revanche contra Chris Weidman. Enfrentou e venceu Nick Diaz por decisão unânime. No entanto, testou positivo no exame antidoping, o que acabou alterado o resultado inicial de vitória para ‘no contest’.

Michael Bisping inicialmente não queria enfrentar Anderson, por conta do doping do brasileiro. No entanto, acabou voltando atrás e marcou o compromisso. Depois de ser nocauteado pelo hoje campeão peso médio Luke Rockhold, ‘the count’ engrenou duas vitórias consecutivas, contra CB Dollaway e a última contra Thales Leites.

Neste confronto, teremos um duelo com dois trocadores de estilos diferentes, entre a precisão de Anderson e o volume de golpes de Bisping. Anderson Silva é um especialista em muay thai, um senhor dos belos nocautes, sejam eles com cotoveladas, joelhadas, chutes ou socos. O ‘spider’ é o atleta com a maior precisão de socos da história do UFC. Somado a todo esse talento em pé, Silva ainda tem o jogo de jiu jitsu, que por mais que não seja tão brilhante e afiado, principalmente se comparado a sua parte de luta em pé, mas ainda assim é melhor que o do lutador inglês. Uma vantagem a mais que o brasileiro possui é a envergadura maior que a do oponente, algo que favorece muito o estilo contragolpeador do ex campeão peso médio.

Apesar de uma base no karatê e no kickboxing (modalidade em que Bisping possui inclusive alguns títulos), Michael Bisping gosta mesmo de utilizar o boxe, com muita movimentação. Um grande problema para ‘the count’ é que Anderson leva vantagem sobre ele em todas as áreas do confronto. Por mais que o inglês seja bom em uma área, o brasileiro consegue ser ainda melhor. Se Bisping quiser ter alguma chance no confronto, é bom ter treinado muito wrestling, para se aproveitar do único ponto fraco de Anderson, a defesa de quedas. Mesmo assim, nada é garantia de sucesso.

Palpite: Anderson Silva vence por decisão unânime

GEGARD MOUSASI vs THALES LEITES

(Foto: Getty Images)

(Foto: Getty Images)

No ‘co-main event’ do UFC Londres, o armênio especialista em kickboxing Gegard Mousasi vem em busca da recuperação. O lutador passou por grandes Organizações como Pride, Strikeforce e Dream, sendo inclusive campeão meio pesado neste último. Chegou ao UFC com aquele status de “É pra ser campeão”, mas não foi bem assim que as coisas aconteceram. No seu último combate, acabou derrotado por Uriah Hall. O “homem ambulância” nem estava ranqueado na divisão, pegou a luta de última hora, levou um grande atraso no primeiro round, mas acabou surpreendendo Mousasi com um belo chute logo no início do segundo.

Brasileiro produto da Nova União, Thales Leites passou uma vez pelo UFC e chegou a disputar cinturão com Anderson Silva. Após mais uma derrota foi mandado embora. Fez 7 lutas fora do Ultimate e venceu 6, e então foi chamado de volta. O retorno estava perfeito, com Thales obtendo 5 vitórias nas suas 5 lutas, até que ele bateu de frente com um certo Michael Bisping, que acabou quebrando a boa sequência do brasileiro.

O duelo entre Thales x Mousasi é um duelo cheio das possibilidades. Na trocação, é a precisão de Mousasi contra o volume de golpes e força de Thales. No jogo de chão, Mousasi tem excelente desenvoltura e sabe muito bem jogar nessa área, enquanto o brasileiro dispensa apresentações, possuindo 14 de suas 25 vitórias na carreira profissional por meio da finalização.

Mousasi é mais favorito na trocação do que Thales seria num combate de solo com o armênio. De uma maneira geral, o favoritismo fica com ‘the dreamcatcher’.

Palpite: Mousasi vence por decisão unânime

FRANCISCO RIVERA vs BRAD PICKETT

(Foto: Getty Images)

(Foto: Getty Images)

Na primeira luta do card principal, o empolgante e agressivo Francisco ‘Cisco’ Rivera é mais um que chega buscando sua recuperação na Organização. O lutador perdeu 3 das últimas 4 lutas, sendo a última contra o estreante na categoria, John Lineker.

O adversário de Rivera é o experiente inglês Brad Pickett. ‘One Punch’ vem de 5 derrotas nas últimas 7 lutas, sendo as 3 últimas de forma consecutiva. Após o nocaute espetacular que tomou para Thominhas Almeida em sua última apresentação, Pickett precisa vencer ou possivelmente passará no RH para acertar as contas.

O combate entre Rivera e Pickett tem os ingredientes necessários para uma “Luta da Noite”. A união entre a mão pesada e o bom volume de golpes deram a ‘Cisco’ 8 vitórias por nocaute em 11 lutas disputadas na carreira. Já a mão pesada de Pickett lhe rendeu o apelido de ‘One Punch’, e só isso já é suficiente para apresentá-lo. Um detalhe que pode fazer a diferença é o jogo de solo. Rivera nunca venceu uma luta por finalização na carreira, enquanto Pickett, apesar da mão pesada e o apelido pelo qual é conhecido, obteve 10 de suas 24 vitórias na carreira pelo modo de submissão do oponente. Levar para o chão seria uma boa estratégia para inglês tentar garantir sua vitória sem correr tantos riscos.

Palpite: Francisco Rivera vence por nocaute no 2º round

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

14 − 11 =

RELACIONADO POR