Qual seu interesse nas artes marciais?

  Que tipo de lutador você é ou deseja ser? Quais seus hábitos? Seus objetivos? Qual o seu interesse? Qual é a sua verdadeira relação com as artes marciais?...
Foto: Oswaldo Neto

Foto: Oswaldo Neto

 

Que tipo de lutador você é ou deseja ser? Quais seus hábitos? Seus objetivos? Qual o seu interesse? Qual é a sua verdadeira relação com as artes marciais?



Não se iluda, pois você vai ter que abrir mão de muita coisa – muita mesmo – para ser um atleta de alto rendimento. Vejamos…

Você está disposto a abrir mão de fins de semana com a galera para se concentrar na próxima luta? Se você é daqueles que admira uma boa comilança, sabes que vai passar muita fome quando tiver perdendo peso para uma luta e no dia-a- dia, a sua alimentação será regrada, né? E aquele dia de chuva, gostoso, bom pra dormir até mais tarde ou ficar em casa na preguiça? Esqueça! Pode ser que você tenha um treino importante marcado. Olha, tem
mais. Você pode até ter que abrir mão daquele emprego com carteira assinada e um bom salário, mas que o expediente é justamente na hora do treino principal da sua equipe, e se contentar com um que pague menos, mas te dê a liberdade de treinar quando necessário.

Pois é, se você realmente quer ser um lutador de MMA de alto rendimento, terá que abrir mão de muita coisa, e, convenhamos, isso não é para qualquer um. Por isso destaco a importância de, antes de qualquer coisa, saber a sua
verdadeira relação com as artes marciais.

Você pode ter começado a gostar de luta assistindo MMA na televisão ou pode ter sido criado na filosofia marcial, mas em algum momento colocou em mente que deseja ser um lutador profissional. Para saber que tipo de lutador você pretende ser, divido o interesse em três tópicos. Leia com atenção, analise e tente se identificar com um deles: praticante, lutador amador e lutador profissional.

O PRATICANTE

Você acorda segunda-feira de manhã. Calmamente levanta, toma banho, bate aquele rango esperto e parte para o trabalho (ou escola). Você não vê a hora da noite chegar pra colocar seu quimono e se divertir naquele rola na sua
academia, como todas as segundas, quartas e sextas-feiras. Terças e quintas após o expediente, pode rolar um treino de muay thai pra desopilar. No sábado é só alegria! Agora é só esperar pra tomar aquela cervejinha com os amigos
enquanto assiste o maior evento de MMA do mundo, o UFC, em algum barzinho da cidade.

Se identificou com esse perfil? Você gosta de levar uma vida comum e treina por que realmente gosta do esporte e da adrenalina, mas não pretende seguir carreira profissional. Gosta da sua estabilidade, não abre mão de um treininho, mas também não se imagina tendo que treinar três vezes por dia, fazendo dieta e sem sua balada aos fins de semana.

O LUTADOR AMADOR

Você acorda segunda-feira cedo. Calça os tênis e vai dar aquela corrida pra despertar. Já leva seu quimono, suas luvas e o protetor bucal na mochila. Se der tempo, já está tudo preparado pra dar uma suada no horário do almoço,
intervalo do trabalho. Todas as noites tem treino e nada te faz perdê-lo. No sábado é só alegria. É dia daquele sparring esperto. Apanhar pra lavar a alma! Agora é só esperar o momento de ir ao ginásio, acompanhar o evento local que está acontecendo na sua cidade, e ir torcer pelos seus companheiros de treino. Se não tiver evento, vai de UFC ou Bellator na TV.

Caso esse seja seu perfil, você gosta de “sair na porrada” e poucas coisas te fazem tão feliz quanto ir treinar e, de vez em quando, “sair na mão” em cima do cage. Você gosta de lutar, se aparecer uma oportunidade vai lá pra mostrar seu
trabalho, mas não tem como priorizar a luta.

O LUTADOR PROFISSIONAL

Você acorda segunda de manhã, calça os tênis e vai dar aquela corrida pra despertar. Depois toma um café bem reforçado e espera a hora do primeiro treino do dia. No almoço é hora de treinar MMA com sua equipe. Durante a
tarde sabe que tem que descansar para mais um treino à noite. No sábado, após o sparring, descansa durante o fim de semana, no máximo com alguns programas leves com a família ou amigos, pois sabe que sua máquina tem que
ser bem tratada para obter o melhor resultado nas competições.

Eu consegui te descrever no exemplo acima? Então, talvez eu te veja um dia nos maiores palcos de MMA do mundo! Você decidiu que é isso que quer pra sua vida, está focado e sabe que é apenas questão de tempo pra ser reconhecido no esporte. Você está disposto a pagar o preço necessário para chegar lá!

 

Esse texto fará parte do meu livro de estreia “Vencedor: como obter sucesso lutando MMA“, com previsão de lançamento para dezembro/2017, pela editora Primeiro Lugar (www.edprimeirolugar.com.br).



IBlackbelt
Categorias
Opinião
Sem Comentários

Responder

*

*

12 + 8 =

RELACIONADO POR