Rafael dos Anjos nocauteia Donald Cerrone ainda no primeiro round e mantém o cinturão peso-leve do UFC

O último UFC do ano foi realizado em Orlando, nos Estados Unidos e trazia como luta principal a disputa do cinturão peso-leve. Zebras, nocautes, finalizações e provocações a Conor...
Rafael dos Anjos manteve o seu cinturão (Foto: ESPN)

Rafael dos Anjos manteve o seu cinturão (Foto: ESPN)

O último UFC do ano foi realizado em Orlando, nos Estados Unidos e trazia como luta principal a disputa do cinturão peso-leve. Zebras, nocautes, finalizações e provocações a Conor McGregor foram constantes nesta noite. Sem mais delongas, vamos ao que de melhor aconteceu no UFC Fight Night: Dos Anjos x Cerrone 2!

Luta principal: (C) Rafael dos Anjos x #2 Donald Cerrone

Rafael dos Anjos (calção preto) não precisou de muito tempo para vencer (Foto: MMA Fighting)

Rafael dos Anjos (calção preto) não precisou de muito tempo para vencer (Foto: MMA Fighting)

O brasileiro Rafael dos Anjos foi escalado para fazer sua primeira defesa de cinturão 9 meses após conquistá-lo. Ele se recuperou de lesões e por isso teve todo esse tempo fora. Seu oponente, Donald Cerrone, vinha de 8 vitórias consecutivas e buscava acabar com o péssimo retrospecto em lutas pelo título. Mas Rafael provou porque é o melhor peso-leve do planeta. Ele precisou de apenas 66 segundos para derrotar Donald Cerrone por nocaute técnico no primeiro round. O caminho para a vitória foi aberto com um chute na linha de cintura. O “Cowboy” acusou o golpe e, assim, dos Anjos foi com tudo para cima e conseguiu a paralização. A vitória fez com que Rafael dos Anjos cravasse a bandeira de campeão na divisão e ganhasse um dos bônus de performance da noite. Sem se machucar, ele pode ser até escalado para o UFC 197, aqui no Brasil, ou pode esperar pelo irlandês Conor McGregor, se o mesmo optar por subir de divisão. Sobre isso, Rafael mandou algumas palavras após a luta:



Sr. McGregor, eu enfrento você no Brasil ou na Irlanda ou onde você quiser. Se você quer subir de divisão, eu estou aqui. Esta é a minha divisão. É melhor ficar no peso-pena!

Co-main event: #2 Junior Cigano x #9 Alistair Overeem

Alistair Overeem nocauteou Junior Cigano (Foto: MMA Fighting)

Alistair Overeem nocauteou Junior Cigano (Foto: MMA Fighting)

O tão aguardado duelo de gigantes, que era para ter acontecido em 2012, teve um desfecho bem diferente do que muitos imaginavam. Junior Cigano estava indo rumo a uma nova disputa de cinturão, que foi dele até a derrota para Cain Velasquez. Mas havia um Alistair Overeem no meio do caminho. Overeem foi estudando, não atacou muito mas foi contundente no primeiro round. No segundo, um pouco mais de movimentação. Novamente o holandês atacou bem, mas acabou dando brechas para Cigano partir pra cima e o pressionar na grade. O brasileiro saiu de perto e deixou Overeem vir para o centro do Octógono e então veio um cruzado de esquerda que derrubou Cigano. O árbitro Dan Miragliotta paralisou a luta que, na opinião de alguns especialistas, não foi correta pois Junior levantou logo em seguida. O que não muda o resultado do combate: Overeem derrotou Cigano por nocaute no round 2 e se coloca perto do title shot. Já Junior Cigano cairá bastante nos rankings e fica distante das revanches contra Fabrício Werdum e Cain Velasquez.

Peso-leve: #6 Michael Johnson x #15 Nate Diaz

Nate Diaz (calção preto) provocou Michael Johnson e venceu a luta (Foto: MMA Fighting)

Nate Diaz (calção preto) provocou Michael Johnson e venceu a luta (Foto: MMA Fighting)

Disparada a luta mais divertida de todo o card. Nate Diaz pode ter sumido do mapa mas, quando voltou, voltou mais marrento, provocador e carismático do que nunca. Pobre Michael Johnson que sucumbiu ao jogo mental do irmão de Nick Diaz. No primeiro round, equilíbrio. No segundo e no terceiro, Nate usou seu boxe nada ortodoxo, dominou o alcance e conectou os melhores golpes durante toda. Além de provocar muito o oponente, Johnson ficou visivelmente irritado com Diaz, mas nada pôde fazer: Vitória de Nate Diaz por decisão unânime. Essa foi considerada a luta da noite. Após a vitória, ele foi outro a provocar Conor McGregor:

Hey, Conor McGregor! Você está fazendo tudo que eu fiz antes, filho da p***! Você sabe qual é a luta de verdade, qual é a real luta do dinheiro: Sou eu! Não esses otários que você tirou onda nas coletivas de imprensa. Ninguém mais quer ver isso. Você sabe que já os venceu, eram lutas fáceis. O grande problema sou eu!

Outros destaques do evento:

A finalização brutal de Vicente Luque (Foto: MMA Fighting)

A finalização brutal de Vicente Luque (Foto: MMA Fighting)

Dois brasileiros venceram por finalização nesta noite: Charles do Bronx finalizou Myles Jury no primeiro round e é um dos postulantes ao top 5 dos penas Ele também desafiou o irlandês Conor McGregor, dizendo que vai trazer o cinturão de volta para o Brasil. Mas o outro bônus de performance da noite ficou com Vicente Luque. O atleta da Blackzilians finalizou Hayder Hassan, da American Top Team, com um triângulo de mão invertido no primeiro round. A outra derrota brasileira da noite foi a de Luis KLB, que foi nocauteado pelo francês Francis Ngannou. Dentre os outros combates, destaques para o nocaute de Nate Marquardt sobre CB Dollaway e a grande estreia de Valentina Shevchenko, multi-campeã no muay thai, que derrotou a top 5 dos galos-femininos, Sarah Kaufman.

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC FIGHT NIGHT: DOS ANJOS X CERRONE 2

UFC Fight Night: Dos Anjos x Cerrone 2
Orlando, Flórida, Estados Unidos

CARD PRINCIPAL:
Cinturão peso-leve: (C) Rafael dos Anjos derrotou #2 Donald Cerrone por TKO no round 1;
Peso-pesado: #9 Alistair Overeem derrotou #2 Junior Cigano por nocaute no round 2;
Peso-leve: #15 Nate Diaz derrotou #6 Michael Johnson por decisão unânime;
Peso palha-feminino: Karolina Kowalkiewicz derrotou #7 Randa Markos por decisão unânime;

CARD PRELIMINAR:
Peso-leve: #7 Charles do Bronx derrotou #9 (Leves) Myles Jury por finalização (guilhotina) no round 1;
Peso-médio: Nate Marquardt derrotou #12 CB Dollaway por nocaute no round 2;
Peso-galo feminino: Valentina Shevchenko derrotou #5 Sarah Kaufman por decisão dividida;
Peso-médio: Tandam McCrory derrotou Josh Sammam por finalização (triângulo) no round 3;
Peso-leve: #10 (Penas) Nik Lentz derrotou Danny Castillo por decisão dividida;
Peso-pena: Cole Miller x Jim Alers: Luta sem resultado (dedo no olho não-intencional);
Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Leon Edwards por decisão unânime;
Peso meio-médio: Vicente Luque derrotou Hayder Hassan por finalização (triângulo de mão invertido) no round 1;
Peso-pesado: Francis Ngannou derrotou Luis Henrique KLB por nocaute no round 2.

BÔNUS DA NOITE:
Luta da noite: Michael Johnson x Nate Diaz
Performances da noite: Rafael dos Anjos e Vicente Luque

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH
Escrito por: Lucas Costa


Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

quatro − 1 =

RELACIONADO POR