Ressurgente contender nos meio pesados, Ryan Bader crítica o casamento de lutas do UFC.

Aluno campeão de uma das edições do The Ultimate Fighter e um contender que ressurgiu na linha do título dos meio pesados no Ultimate Fighting Championship, Ryan Bader parece...

Aluno campeão de uma das edições do The Ultimate Fighter e um contender que ressurgiu na linha do título dos meio pesados no Ultimate Fighting Championship, Ryan Bader parece que terá o caminho mais difícil para um Title Shot já visto na citada categoria. Para muitos espectadores do mundo do Mixed Martial Arts, Bader já deveria ter recebido o tão sonhado golden ticket ao cinturão desde seu confronto com Phil Davis, mas não foi isso que aconteceu.  Em palavras ao site americano da Fox Sports, ‘Darth’ explanou seu pensamento:

Bader vive o melhor momento da carreira - foto via UFC.com

Bader vive o melhor momento da carreira – foto via UFC.com

“É mais plausível Jon Jones voltar e pegar um Title Shot e Gustafsson vir de uma derrota e achar o Title Shot… Parece que terei que vencer todo o top 5 da categoria, agora é o último caminho da rota, tenho uma luta com Anthony Johnson e ele é o número 1 da categoria, eu quero a chance de titulo mas ela não acontece, pelo menos tenho essa luta que é a melhor coisa no momento, uma vitória aqui não deixará dúvidas sobre quem merece o cinturão” (sic)



Bader, 32 anos e ancorado na Power MMA Team regida por Aaron Simpson, vive um bom momento, vindo de 5 vitórias consecutivas no UFC, tendo vencido níveis graduais de dificuldade em seus confrontos, começando por Anthony Perosh, Rafael Feijão e Ovince ST Preux, e terminando com Phil Davis e Rashad Evans.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Douglas Bernardi



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Jornalista - seguidor dos esportes de combate desde 2006 - Fã de Shogun e Mousasi.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    9 − 4 =

    RELACIONADO POR