Resumo, resultados e bônus do UFC FN 113: Nelson vs Ponzinibbio

Evento trouxe boas lutas, e não foi bom para os representantes europeus
(Foto: Esther Lin/ MMA Fighting)

Neste domingo, 16, aconteceu o UFC Fight Night 113: Nelson vs Ponzinibbio, evento realizado em Glasgow, Escócia. Além de Gunnar “Gunni” Nelson e Santiago “Gente Boa” Ponzinibbio, que fizeram a luta principal, contou ainda com ídolos locais, Joanne Calderwood e Stevie Ray, e os brasileiros, Alexandre Pantoja e Amanda Lemos. Confira agora o resumo com o que de melhor aconteceu nas principais lutas da noite, e ainda todos os resultados de mais um bom evento do Ultimate.

Na luta principal, Santiago Ponzinibbio enfrentou o representante europeu, Gunnar “Gunni” Nelson. A luta começou com o argentino mais cauteloso, não querendo dar espaço para os golpes rápido em linha reta do adversário que é especialista em karatê. Com dois golpes de muita velocidade, Nelson acertou o oponente. Santiago continuava a circular, e quando encontrou uma oportunidade, lançou um potente direto que encontrou o queixo do islandês. Gunnar sentiu o golpe, e correu para junto da grade. Ponzinibbio “sentiu o cheiro de sangue” e correu pra cima. Os dois trocaram golpes no ‘in fight’, e Nelson voltou a ser acertado, dessa vez indo a ‘knockdown’. Santiago correu para definir a luta no ‘ground and pound’, e após acertar 1 ou 2 golpes, o juiz interrompeu. No final, vitória de Santiago “Gente Boa” Ponzinibbio por nocaute aos 1:22 do primeiro round. É a quinta vitória consecutiva do lutador argentino – só Demian Maia tem mais, 7 – que provavelmente adentrará ao top 10 da divisão meio médio. A empolgação ao final foi tão grande que o lutador falou até em cinturão, e que será o próximo campeão da categoria.



Juiz interrompe após ver que Gunnar não tinha mais condição de continuar o combate (Foto: Getty Images)

Na luta co-principal, a atleta local Joanne  Calderwood enfrentou a revelação Cynthia Calvillo, em peso casado – originalmente seria pela categoria de ambos, palhas, no entanto Joanne excedeu o limite de peso – num confronto clássico de striker x grappler. O combate começou morno, com a escocesa trabalhando sua trocação, lançando golpes a distância para impedir a aproximação da adversário. Calvillo se movimentava, não se intimidava, mas não conseguia encontrar espaços para atacar. Aos poucos a americana foi ganhando confiança. No final do round, deu o bote nas pernas e derrubou. Rapidamente pegou as costas e buscou o mata leão. Joanne conseguiu virar de frente, Calvillo aproveitou e fez a transição para o ‘armlock’, mas o round acabou – e mesmo que não acabasse, a escocesa já havia conseguido sair da posição. No segundo e terceiro round, Cynthia ganhou a confiança, e passou a levar vantagem inclusive na parte de trocação, onde teoricamente Joanne tinha a vantagem. No segundo round não buscou as quedas, e no terceiro, no finalzinho, deu o bote e derrubou. Rapidamente conseguiu fazer a transição e pegar as costas novamente. Dessa vez Cynthia encaixou o mata leão, e foi o começo do fim para Calderwood, que praticamente não teria chance de escapar. No entanto, o gongo soou, encerrando o combate. No final, vitória para Cynthia Calvillo por decisão unânime (30-27/30-27/29-28). A lutadora foi a primeira dentre todos os atletas do Ultimate a alcançar 3 vitórias no ano de 2017. Mais do que isso, ela chega a sua sexta vitória em 6 lutas (2 nocautes, 2 finalizações e 2 por decisão), sendo 3 delas pelo UFC, números impressionantes para quem tem menos de 1 ano como profissional de MMA.

Calvillo conseguiu levar vantagem até mesmo na área em que teoricamente Calderwood tinha vantagem, na trocação (Foto: MMA Fighting)

RESULTADOS DO UFC FIGHT NIGHT 113: NELSON vs PONZINIBBIO

Card Principal

Meio Médios: Santiago Ponzinibbio nocauteou Gunnar Nelson aos 1:22 do primeiro round;
Peso Casado: Cynthia Calvillo venceu Joanne Calderwood por decisão unânime (30-27/30-27/29-28);
Leves: Paul Felder nocauteou Stevie Ray aos 3:57 do 1º round;
Médios: Jack Marshmann venceu Ryan Janes por decisão unânime (triplo 29-28);
Meio Pesados: Khalil Rountree nocauteou Paul Craig aos 4:56 do 1º round;
Pesados: Justin Willis venceu James Mulheron por decisão unânime (triplo 30-27);

Card Preliminar

Meio Médios: Danny Roberts nocauteou Bobby Nash 3:59 do 2º round;
Moscas: Alexandre Pantoja finalizou Neil Seery aos 2:31 do 3º round;
Meio Médios: Galore Bafondo nocauteou Charlie Ward aos 2:10 do 1º round;
Leves: Danny Henry venceu Daniel Teymur por decisão unânime (29-28/29-28/29-26);
Galos: Brett Johns venceu Albert Morales por decisão unânime (30-27/30-27/30-25);
Galos Femininos: Leslie Smith nocauteou Amanda Lemos aos 2:53 do 2º round.

 

BÔNUS DA NOITE:

Santiago Ponzinibbio – US$ 50 mil de “Performance da Noite”;

Paul Felder – US$ 50 mil de “Performance da Noite”;

Danny Henry x Daniel Teymur – US$ 50 mil cada pela “Luta da Noite”



Categorias
LutasMMA femininoMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

três × 1 =

RELACIONADO POR