Ronny Markes sonha se tornar o primeiro campeão dos meio pesados do WSOF

Ronny Markes é uma das feras da renomada academia Nova União, mas que não vem em boa fase na carreira. O lutador que surgiu como uma das maiores promessas...

Ronny Markes é uma das feras da renomada academia Nova União, mas que não vem em boa fase na carreira. O lutador que surgiu como uma das maiores promessas do Brasil, emplacando 3 vitórias no UFC, sofreu com uma reviravolta na carreira, duas derrotas seguidas e o corte do evento. Mas Ronny Markes já esta de contrato assinado com outro grande evento internacional, o WSOF. O lutador que nos concedeu uma entrevista exclusiva, fala sobre a demissão, e porque não conseguiu bater o peso em sua última luta no UFC:

“Na fase da desidratação é tudo cronometrado, dias, horas para que no dia da pesagem eu possa ter cumprido com o peso na qual eu me propus a lutar. Então houve uma noite que iniciei a desidratação fora do horário e isso me prejudicou bastante no restante dos dias que a pesagem. Com certeza isso influenciou na minha demissão. Acho que a organização está coberta de razão em tomar uma atitude do tipo com um funcionário que não cumpre as normas da empresa.”



Ronny Markes ficou muito acima do limite de peso, e foi derrotado por Thiago Marreta no UFC Natal, que aconteceu no dia 31 de março. O UFC possuí um sistema rígido de conduta, e costuma ser duro com quem não bate o peso para lutar na organização.

UFC Fight Night Open Workouts

Ronny Markes Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC / UFC)

Ronny Markes sofreu duas derrotas consecutivas, mas estava com um cartel positivo no UFC, com 3 vitórias, e 2 derrotas, e em sua penúltima luta perdeu para Yoel Romero, atual Top 10 do ranking do UFC. Ronny Markes fala se ficou surpreso com a demissão, ou se já esperava:

“Não, de forma alguma, quando sai da luta já imaginei que isso pudesse acontecer, como ressaltei antes. Fui eu quem não cumpriu com as normas da empresa (risos).”

O lutador vinha colecionando vítimas no MMA nacional até acertar com o UFC, e decidir descer para os médios. Foram 11 vitórias em 12 lutas, e iniciando a sua carreira no UFC em 2011, embalou com 3 vitórias seguidas. Derrotou Karlos Vemola e Aaron Simpson lutando nos Estados Unidos, e Andrew Craig no Brasil. E agora ainda tem o objetivo de voltar a lutar na maior organização e MMA do mundo:

“Cara, dizer que não tenho vontade de voltar ao UFC estaria mentindo. É como um jogador de futebol não querer participar de uma copa do mundo. Porém o meu foco no momento é o WSOF no qual irei da o meu sangue quando estiver lá dentro. Tive algumas propostas de vários grandes eventos, mas o WSOF supriu as nossas expectativas em termos financeiros e acima de tudo é um excelente evento.”

UFC On FUEL TV: Simpson v Markes

Ronny Markes em luta contra Aaron Simpson (Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC / UFC)

Tranquilo em relação a demissão, e focado na sequencia da sua carreira, Ronny Markes volta a sua categoria de origem, as dos meio pesados, e como o título do WSOF nessa categoria ainda não foi colocado em disputa, o lutador diz se sonha em se tornar o primeiro campeão da divisão na organização:

“Quem não teria não é? Se estamos dentro de uma organização almejamos sempre o topo, comigo não é diferente. As expectativas são as melhores possíveis, quero fazer grandes lutas no evento.”

O lutador deve fazer sua estreia no dia 2 de agosto contra o ex lutador do UFC Matt Hamill, conforme o vice presidente do WSOF, Ali  Abdelazis, confirmou ao “Combate.com”. E com uma grande vitória sobre o lutador norte americano, Ronny Markes, quem sabe que pode ganhar a chance de lutar pelo título em seguida.

Encerrando a entrevista, Ronny Markes faz seus agradecimentos a torcida, amigos e familiares:

“Gostaria de agradecer a todos que deixaram as suas mensagens de apoio e incentivo. Até me surpreendi, sou muito grato a Deus por tudo que está acontecendo em minha vida! Pois ele só nos da o fardo que conseguimos carregar. Então dou glória a Deus por tudo que aconteceu e que vem acontecendo. Quero agradecer desde já a vocês do Nocaute na rede por ceder o espaço e assim divulgar o nosso trabalho, e não poderia deixar de agradecer a minha família meus pais e meus irmãos que estão comigo a todo momento, os verdadeiros amigos e a minha esposa Priscila Markes e aos meus filhos. Oss!”

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Sem título

Escrito por Victor Nunes 



Categorias
EntrevistasLutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

1 × 1 =

RELACIONADO POR