Rose Namajunas domina por 5 rounds e finaliza Paige VanZant; Confira os resultados do UFC Fight Night 80

A primeira das três noites consecutivas do UFC teve muitos jovens prospectos em ação, nocautes, finalizações, muitas demonstrações de valentia e algumas trapalhadas. O público presente no The Cosmopolitan...
Rose Namajunas foi a vencedora do evento principal. (Foto: Twitter/UFC)

Rose Namajunas foi a vencedora do evento principal. (Foto: Twitter/UFC)

A primeira das três noites consecutivas do UFC teve muitos jovens prospectos em ação, nocautes, finalizações, muitas demonstrações de valentia e algumas trapalhadas. O público presente no The Cosmopolitan presenciou um grande evento e uma boa luta principal. Sem mais delongas, vamos para a análise e os resultados do UFC Fight Night: Namajunas x VanZant!

Evento principal: #3 Rose Namajunas x #7 Paige VanZant

Rose Namajunas aplicando um dos vários golpes em cima de Paige VanZant (Foto: MMAFighting)

Rose Namajunas aplicando um dos vários golpes em cima de Paige VanZant (Foto: MMAFighting)

A luta principal da noite trazia duas jovens lutadoras do peso-palha. Bonitas, habilidosas e excelentes no que fazem. Porém uma prevaleceu sobre a outra e de forma maiúscula. Rose Namajunas simplesmente não deu chances para Paige VanZant e venceu todos os rounds com larga vantagem. Em pé, Namajunas se movimentou bem e foi frustrando VanZant com seus diretos. Na luta agarrada, um show. Várias tentativas de finalização, variando entre ataques no pescoço e no braço. VanZant foi uma guerreira ao escapar de um mata-leão que estava justo e encaixado e de um armlock que chegou a virar o seu braço a ponto de quase quebrá-lo. Mas somente resistência não vence luta e, depois de tanto insistir, Rose Namajunas finalizou no quinto round com outro mata-leão. A performance dominante lhe rendeu um dos bônus de performance da noite. É a segunda vitória consecutiva de Rose no UFC, que chega cada vez mais perto da primeira posição do peso-palha. Já VanZant teve todo o seu encanto quebrado e deve cair algumas posições no ranking.



Co-evento principal: #14 Jim Miller x Michael Chiesa

Michael Chiesa (por cima) aplicando o mata-leão que encerrou a luta. (Foto: MMAFighting)

Michael Chiesa (por cima) aplicando o mata-leão que encerrou a luta. (Foto: MMAFighting)

Em um duelo entre dois especialistas de luta no chão, a luta foi para onde? Pro chão. Melhor para Michael Chiesa. Apesar de um primeiro round sem muitas ações, o segundo foi um show de ambos os lados. Jim Miller nunca esteve em uma excelente posição na luta, até que, na guarda, conseguiu pegar Chiesa em uma chave de perna, mas acabou perdendo a pegada e o adversário foi para as costas, deu alguns socos e conseguiu encaixar o mata-leão para fazer com que Miller desistisse do combate. Michael Chiesa deve ingressar no top 15 da divisão mais concorrida do UFC, já que vem de duas vitórias consecutivas. Jim Miller vem em uma fase complicada, venceu apenas uma luta de suas últimas quatro e, possivelmente, perderá o seu lugar entre os melhores da divisão até 70 kg. Essa foi considerada a luta da noite.

Sage Northcutt x Cody Pfister

Sage Northcutt (calção branco) aplicando uma queda em Cody Pfister (Foto: MMAFighting)

Sage Northcutt (calção branco) aplicando uma queda em Cody Pfister (Foto: MMAFighting)

E o queridinho do público e do chefão do UFC, Dana White, venceu mais uma. Mas dessa vez, sem a mesma facilidade do combate anterior. Cody Pfister deu luta dura para Sage Northcutt, inclusive tomou a ação nos primeiros momentos da luta, quando conseguiu derrubar o adversário. Ele ficou um tempo por cima, até que o árbitro central decidiu colocar os lutadores de pé. A partir daí, só deu Northcutt. Ele derrubou, bateu, tentou finalizar e quase conseguiu ainda no primeiro round. No segundo, ele não deixou Pfister lutar e o finalizou com uma guilhotina. Sage Northcutt continua a construir seu caminho no UFC. O jovem de 19 anos ainda está longe de figurar entre os melhores entre os leves, mas mostrou ter talento e habilidade para evoluir e, no futuro, pode sim ser um postulante ao título. Pfister continua na sua saga de vitórias e derrotas alternadas e precisa evoluir para manter seu emprego.

Elias Theodorou x Thiago Marreta

Thiago Marreta (calção branco) derrotou Elias Theodorou (Foto: MMAFighting)

Thiago Marreta (calção branco) derrotou Elias Theodorou (Foto: MMAFighting)

Thiago Marreta impôs a primeira derrota da carreira do canadense e campeão do TUF Nations, Elias Theodorou. A luta foi técnica e sangrenta. Marreta aplicou bons golpes durante boa parte do combate, inclusive uma joelhada que abriu um corte profundo em Elias. Ao final dos três rounds, Marreta foi declarado o vencedor por decisão unânime e está chegando perto do top 15 dos médios – inclusive ele pediu para enfrentar Michael Bisping. Já para Elias, é tempo para treinar mais, pois habilidade ele tem e pode ser um grande nome nesta divisão.

Outros destaques do card

Tim Means (calção preto, ao fundo) nocauteou de forma brutal John Howard (Foto: MMAFighting)

Tim Means (calção preto, ao fundo) nocauteou de forma brutal John Howard (Foto: MMAFighting)

O outro bônus de performance da noite ficou na última luta do card preliminar: Tim Means aplicou um nocaute incrivel em cima de John Howard. Uma esquerda que botou Howard para dormir e fez com que Means voltasse para a coluna dos vitoriosos. O brasileiro Serginho Moraes sofreu, mas conseguiu uma excelente vitória de virada, e por nocaute, sobre Omari Akhmedov. Oriundo do jiu-jitsu, esse foi o primeiro nocaute da carreira dele. Santiago Ponzinibbio também fez bonito e nocauteou Andreas Stahl no primeiro round, após ter sido melhor durante todo o tempo. Os destaques negativos para os brasileiros ficam por conta de Johnny Eduardo, que foi derrotado pela promessa Aljamain Sterling e pela luta entre Antônio Cara de Sapato e Kevin Casey, interrompida aos 11 segundos do primeiro round devido a um dedo no olho acidental do brasileiro no americano – a luta foi considerada um “no contest”, ou sem resultado.

Resultados do UFC Fight Night: Namajunas x VanZant:
10 de Dezembro de 2015, Las Vegas, EUA

CARD PRINCIPAL:
Peso-palha feminino: #3 Rose Namajunas derrotou #7 Paige VanZant por finalização (mata-leão) no round 5;
Peso-leve: Michael Chiesa derrotou #14 Jim Miller por finalização (mata-leão) no round 2;
Peso-leve: Sage Northcutt derrotou Cody Pfister por finalização (guilhotina) no round 2;
Peso-médio: Thiago Marreta derrotou Elias Theodorou por decisão unânime

CARD PRELIMINAR:
Peso meio-médio: Tim Means derrotou John Howard por nocaute no round 2;
Peso meio-médio: Sergio Moraes derrotou Omari Akhmedov por TKO no round 3;
Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Kevin Casey – sem resultado (dedo no olho acidental)
Peso-galo: #5 Aljamain Sterling derrotou #10 Johnny Eduardo por finalização (guilhotina) no round 2;
Peso meio-médio: Santiago Ponzinibbio derrotou Andreas Stahl por nocaute no round 1;
Peso meio-médio: Danny Roberts derrotou Nathan Coy por finalização (triângulo) no round 1;
Peso-pena: Zubaira Tukhugov derrotou Phillipe Nover por decisão dividida;
Peso-palha feminino: Kailin Curran derrotou Emily Kagan por finalização (mata-leão) no round 2.

BÔNUS DA NOITE:
Luta da noite: Jim Miller x Michael Chiesa
Performances da noite: Rose Namajunas e Tim Means

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH
Escrito por: Lucas Costa


Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

13 + cinco =

RELACIONADO POR