Roy Jones Jr perde na Rússia. Em outras duas lutas Anthony Joshua aplica nocaute em seu oponente assim como o brasileiro Esquiva Falcão

  Não deu para Roy Jones Jr. O ex-campeão mundial em quatro categorias de peso diferentes (médios, supermédios meio-pesados e pesos pesados) não resistiu ao castigo imposto por seu...

 

Roy Jones Jr é considerado um dos melhores boxeadores de todos os tempos. Fonte: www.coolchaser.com

Roy Jones Jr é considerado um dos melhores boxeadores de todos os tempos. Fonte: www.coolchaser.com

Não deu para Roy Jones Jr. O ex-campeão mundial em quatro categorias de peso diferentes (médios, supermédios meio-pesados e pesos pesados) não resistiu ao castigo imposto por seu adversário, o britânico Enzo Maccarinelli e desabou na 4ª rodada, em luta realizada neste sábado, em Moscou, Rússia.



A derrota interrompeu a sequência de oito vitórias de Roy Jones Jr que se apresentou aquém daquilo que os espectadores estão acostumados a assistir. Diante de um adversário mais novo (Enzo tem 35 anos contra 46 de Jones) Roy Jones Jr não conseguiu impor seu jogo e foi duramente golpeado no 4º round com uma sequência fulminante aplicada por Maccarinelli, que levou o ex-campeão à lona. Resta saber se Jones tem condições de se manter na ativa ainda. Sua história o coloca como um dos melhores de todos os tempos e não há mais nada o que se provar.

Já Anthony Joshua vem se firmando como um aspirante ao cinturão dos pesados. O lutador britânico, que foi ouro nas Olimpíadas de Londres em 2012, soma sua 15ª vitória consecutiva, todas elas alcançadas por nocaute. Na noite de sábado, em Londres, diante de um público estimado de 17 mil pessoas, Joshua enfrentou um adversário que o derrotou nos tempos do amadorismo, o também britânico Dillian Whyte.

Anthony Joshua - The Journey (ITV4)

Anthony Joshua – The Journey (ITV4)

Só que dessa vez o resultado foi diferente. Após sete rodadas, Joshua aplicou alguns golpes fortes em Whyte que sentiu a mão pesada do compatriota. O arremate veio com um upper que derrubou seu adversário e tirou suas chances de continuar na luta. Mais um nocaute no cartel de Joshua que vem se firmando como uma ameaça real aos atuais campeões mundiais dos pesados.

O brasileiro Esquiva Falcão fez bonito novamente e derrotou o mexicano Hector Munoz, por nocaute técnico no quarto round, em luta realizada no Estado do Arizona, EUA. O medalhista de prata em Londres 2012 mostrou novamente que é osso duro de roer e atingiu a marca de 12 lutas, 12 vitórias e 9 nocautes. Esquiva, entretanto, sinalizou com a possibilidade de pegar adversários mais fortes em 2016, o que lhe daria mais projeção no que tange a uma disputa de título mundial. Vale frisar que Esquiva completava 26 anos no dia da peleja, mas quem ganhou o presente foram os fãs da Nobre Arte!

O brasileiro pretende alçar voos maiores em 2016. Foto: Reprodução Facebook

O brasileiro pretende alçar voos maiores em 2016. Foto: Reprodução Facebook

Siga o Grupo MundoMMA no Facebookhttps://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Luiz Fernando Knoll Junior



Categorias
Boxe Nacional e InternacionalLutas

Entusiasta da Nobre Arte e do MMA desde tenra idade. Posso me gabar de ter nascido em uma geração que acompanhou as lutas de Mike Tyson, Maguila, Holyfield, Foreman, Roy Jones Jr, Popó, entre outros e de ter acompanhado os primórdios do MMA (antigo Vale Tudo), desde o chute de Gerard Gordeau em Teila Tuli, o massacre que Rickson Gracie promoveu no Japão, até os dias de hoje, com atletas marciais completos como Jon Jones. Nasci em Curitiba, terra da Chute Boxe e de valorosos guerreiros e espero trazer um pouco dessa experiência para os leitores do Nocaute na Rede.
    Sem Comentários

    Responder

    *

    *

    nove − 7 =

    RELACIONADO POR