Stefan Struve se aposenta do MMA: “É hora de pendurar as luvas definitivamente”

Lutador alegou que problemas de saúde motivaram a decisão de deixar o mundo das lutas

Mais um veterano deixou o mundo das lutas. Dessa vez foi a hora de Stefan Struve anunciar sua aposentadoria definitiva do MMA, aos 33 anos, em suas redes sociais neste domingo (16).

De acordo com o holandês, a principal causa de sua aposentadoria são seus problemas de saúde. Com mais de 15 anos de carreira,  Struve coleciona 29 vitórias e 13 derrotas em seu cartel profissional.




Leia o anúncio oficial feito pelo lutador:

E aí, pessoal. Espero que todos vocês estejam bem nesses tempos malucos. Eu queria fazer um anúncio antes que a notícia saísse de forma diferente. Eu fui contatado pelo UFC na semana passada para uma luta. No entanto, eu decidi que é hora de me aposentar. Fui capaz de tirar um tempo para mim nos últimos meses para pensar sobre isso, então dessa vez realmente é para valer.

Eu estou com um problema no ouvido interno com o qual tenho batalhado desde maio do ano passado. Eu peguei uma infecção viral que danificou meu sistema vestibular e o nervo da audição na orelha direita. Depois de novos testes recentes, nós descobrimos que o sistema vestibular não está funcionando direito, a primeira conclusão em maio foi que seria BPPV (Vertigem posicional paroxística benigna). Por causa disso, eu tenho sofrido com sérios problemas de vertigem e também perda de audição e zumbido, um barulho de zumbido na minha orelha.

Depois que eu peguei isso em maio, as coisas melhoraram bastante, depois de um par de semanas difíceis. Eu estava bem, ainda que estivesse com vertigem e outros problemas menores, mas minha ideia era, especialmente com os médicos me dizendo que os problemas sumiriam depois de um tempo, apenas continuar e ignorar isso até que realmente tivesse ido embora completamente. Infelizmente, durante a minha mais recente luta, alguns dos problemas voltaram após ser atingido na orelha direita. Foi um soco que não deveria ser um problema normalmente.

Depois dessa luta eu estava tendo mais problemas novamente e os médicos marcaram novos testes. Esses, infelizmente para mim, demoraram muito tempo para acontecer por causa do lockdown aqui na Holanda. Depois desses testes, eu fui comunicado que o dano na orelha e os problemas no sistema vestibular causados pela infecção viral com os quais eu estou lidando são provavelmente permanentes. Eu não tenho problemas quando estou fazendo minhas coisas no dia a dia, ou quando treino em um nível normal para ficar saudável e em forma.

A extrema intensidade que eu coloco meu corpo durante um camp de treinamento para me preparar para as lutas eu não posso fazer mais. Nesta conjuntura, eu percebi que é hora de pendurar as luvas definitivamente e colocar minha saúde e família em primeiro lugar. Eu tive uma longa carreira e lutei contra múltiplas lesões, incluindo um maxilar quebrado e uma condição no meu coração. Forçar e treinar duro sem escutar o meu corpo seria pedir por problemas reais na minha opinião

 



Categorias
Lutas
Sem Comentários

Responder

*

*

9 + treze =

RELACIONADO POR