Stipe Miocic, “o homem mais malvado da história do UFC”

Na noite de ontem, sábado, dia 15, Stipe Miocic e Daniel Cormier fizeram a luta principal do UFC 252, dando números finais à trilogia. O campeão conseguiu, ao final...
(Foto: MMA Junkie)

Na noite de ontem, sábado, dia 15, Stipe Miocic e Daniel Cormier fizeram a luta principal do UFC 252, dando números finais à trilogia. O campeão conseguiu, ao final da luta, o “and still” por decisão unânime (49-46/49-46/48-47), aposentou o ex-wrestler olímpico e cravou o nome como maior nome dos pesos pesados em todos os tempos, pelo menos na visão de Dana White.

O chefão do Ultimate declarou numa entrevista antes do UFC 252 que o vencedor assumiria o lugar de maior lutador da divisão mais pesada da Organização em todos os tempos. E Miocic, que para muitos já era o dono dessa posição, reforçou e deixou sem argumentos os que ainda não o viam como tal.



O descendente de croatas tomou o cinturão de Fabricio Werdum com um nocaute no 1º round em pleno o Brasil. Depois enfileirou Alistair Overeem, Júnior Cigano e o até então imbatível Francis Ngannou. Essas 3 defesas consecutivas se tornaram recorde na categoria. Até então, outros campeões só tinham feito 2 seguidas. Miocic só foi parado por Daniel Cormier, mas conseguiu recuperar o cinturão logo depois e agora mantê-lo.

Na segunda luta nocauteou “DC” após compreender bem a luta e achar uma brecha no jogo do oponente. Até então Miocic estava perdendo o confronto. E na terceira luta veio mais atlético, com preparo físico melhor, tentando dar menos chances ao oponente. O queixo também ajudou. Cormier acertou bons golpes, potentes, e que outro poderia ter caído, mas um campeão também conta com detalhes que não dependem somente da técnica. E Miocic conseguiu chegar a esses números porque tecnicamente é um dos melhores que já pisou no ‘cage’ com 8 lados.

Stipe Miocic encontrou uma brecha na linha de cintura e esse caminho o levou até a vitória na segunda luta contra Cormier (Foto: MMA Junkie)

Com uma base forte no wrestling e também no boxe (foi inclusive Golden Gloves), ele conseguiu adaptar bem os dois para o MMA. A trocação refinada, a técnica boa na execução dos golpes são detalhes que fazem de Miocic um perigo para a “sociedade” que luta dos 94 aos 120kg. A inteligência também é uma arma mortal. Contra Cormier, na segunda luta, quando estava perdendo, viu um buraco no jogo do oponente e buscou incansavelmente explora-lo. Deu certo. Ele virou o jogo e nocauteou, recuperando o título que havia perdido para o próprio ‘DC’. Diante dos brutais Mark Hunt e Francis Ngannou, sabia que: 1) era um risco alto, que seria complicado sobreviver diante de mãos tão brutais; 2) eram dois adversários que têm como ponto fraco a defesa de quedas e o jogo agarrado. Então pegou suas sapatilhas de wrestling, colocou no pé  e no duelo conseguiu mudar de nível como e quando quis. O camaronês e o super samoano sofreram com o jogo de grappling do bombeiro.

E mais um detalhe faz deste homem um cara diferenciado: o preparo físico. Miocic subiu na balança na sexta feira pesando 105kg, seco, barriga na trinca. Na luta anterior contra o próprio Cormier tinha pesado menos, 104kg, mas não estava coma mesma aparência. A dieta deve ter sido mais bem ajustada, treinos de musculação em dia, todos detalhes que ajudam na construção de um ‘shape’ dessa forma. Isso também colabora no preparo físico. Ele sempre teve um bom cárdio, mas neste encerramento da trilogia esteve ainda esteve ainda melhor condicionado.

Encaradas calmas e estouro de peso de brasileiro marcam a pesagem ...

Stipe Miocic na pesagem do UFC 252 (Foto: Getty Images)

Todo esse combo somando números, conquistas, qualidades técnicas e “queixo duro” fazem de Stipe Miocic, aos 36 anos, o “baddest men on the planet”, o homem mais malvado do planeta, e com toda certeza o maior lutador peso-pesado do UFC em todos os tempos.

 

Acompanhe-nos também no instagram: (@redenocaute): https://www.instagram.com/redenocaute/?hl=pt-br ; canal no youtube: https://www.youtube.com/channel/UCJyqMrz4n0oY5rUx3CsvhWg e veja, por exemplo nosso último vídeo falando sobre a sensatez de Anderson Silva. O cara falou coisas interessantes numa entrevista A SENSATEZ DE ANDERSON SILVA – “NÃO PRETENDO SER ESCADA”

 

 

 

Texto e Edição: Kaio Lima



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

10 + um =

RELACIONADO POR