Superpoderosas conquistam 1º Campeonato Mulheres no Tatame de Submission, em Manaus

Com um total de 213 pontos, a equipe Superpoderosas conquistou a primeira edição do Campeonato Mulheres do Tatame de Submisssion, neste domingo, 25 de junho, na quadra do Grêmio...

Com um total de 213 pontos, a equipe Superpoderosas conquistou a primeira edição do Campeonato Mulheres do Tatame de Submisssion, neste domingo, 25 de junho, na quadra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória-Régia, na Praça 14, Zona Sul de Manaus. O evento realizado pela faixa preta Juliana Gonçalves, da Federação Amazonense de Submission e Luta Livre (Fasub), reuniu aproximadamente 300 lutadoras de todas as idades, faixas e categorias de peso.

A equipe campeã do evento faturou R$ 1 mil de prêmio. O pódio foi completado pela Sonic, segunda colocada com 169 pontos, seguido da Kadosh, terceira com 100 pontos, e Nova União, quarta com 98 pontos. “O Mulheres no Tatame foi um sucesso e veio para ficar, pois nós estamos precisando de um evento exclusivo para esse público. Vamos anunciar em breve a próxima edição”, comentou a organizadora Juliana Gonçalves.



 

Reinaram absolutas

Os grandes nomes da competição brilharam no absoluto (sem limite de peso). Na faixa branca, Taynara Silva (Blacks BJJ/Nova Opção) atropelou três adversárias por finalização na categoria e, na sequência, superou mais três oponentes, faturando assim o cinturão oferecido pela Fasub, R$ 100 de prêmio e um bronze oferecido pela patrocinadora Sunny Day.

No absoluto azul/roxa, o campeonato teve altíssimo nível técnico. A final apresentou duas gigantes do Amazonas: Carol Libório (Betesda) contra Franciele Nascimento (CT Brunocilla). Em alta nos tatames, Carol conseguiu impor seu jogo baseado na força física e na técnica apurada no solo, vencendo por 3 a 2. A campeã recebeu R$ 300 de bonificação, um cinturão personalizado do evento e um bronze da Sunny Day. Ela também venceu a categoria, fechando o campeonato com cinco vitórias.

No absoluto marrom/preta, a campeã foi Thaís Silva (Superpoderosas). A medalha de prata ficou com sua colega de equipe, Antônia Lopes. As atletas dividiram o prêmio de R$ 300. A medalhista de ouro também faturou o bronze oferecido pela Sunny Day.

 Fotos: Emanuel Mendes Siqueira 



Categorias
Lutas
Sem Comentários

Responder

*

*

dezoito − três =

RELACIONADO POR