Tecia Torres revela que não aceitaria luta pelo título

Que muitas pessoas ficaram surpresas com a escolha da próxima desafiante da campeã do peso-palha feminino, Joanna Jedrejczyk, não é novidade. Agora, quem não aceitaria uma disputa pelo título,...
Tecia Torres (Foto: UFC.com)

Tecia Torres (Foto: UFC.com)

Que muitas pessoas ficaram surpresas com a escolha da próxima desafiante da campeã do peso-palha feminino, Joanna Jedrejczyk, não é novidade. Agora, quem não aceitaria uma disputa pelo título, se lhe fosse oferecido? Esse é o caso de Tecia Torres. Atual #5 do ranking da divisão, ela disse que não aceitaria enfrentar Joanna agora pois não se sente preparada. Ela explicou em entrevista a razão disso:

Eu sou jovem ainda na minha carreira, sou jovem na idade e vou ter tempo suficiente para ficar melhor e evoluir antes de enfrentar Joanna. Acho que Michelle Waterson é uma boa luta para mim e uma boa vitória contra ela e mais algumas, e eu estarei pronta para disputar o título.



Tecia enfrenta uma das queridas do público, Michelle Waterson, no UFC 194, em dezembro deste ano e se mostrou animada com o duelo:

Quando eu a vi lutar com Angela Magana, com quem já lutei, mandei uma mensagem para Sean Shelby (matchmaker do UFC) e disse que queria que ela fosse minha próxima adversária. Mas ela quebrou a mão. Eu achei que eles iriam me dar outra luta e não que me fizessem esperar até dezembro. Felizmente, tenho a luta. Mas tive que esperar muito. Seis meses sem lutar é muito ruim, eu queria ter lutado três ou quatro meses após minha luta (contra Angela Hill, no UFC 188) e permanecer ativa. Essa será minha segunda luta este ano, e espero que ano que vem eu possa lutar, pelo menos, três vezes.

Ela também se mostrou chocada com a escolha de Valerie Letourneau, que é a #9 do ranking, para ser a desafiante ao cinturão da polonesa, mas também está feliz, pois ambas são colegas de time na American Top Team:

Eles optaram por Valerie fiquei chocada. Estou feliz por ela, somos da mesma equipe. Acho que ela vai fazer uma boa luta. Mas, definitivamente, foi um choque. Não pensei que isso iria acontecer, afinal eu sou a número 5 do ranking.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Texto escrito por: Lucas Costa



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

10 + 1 =

RELACIONADO POR