TFT Maranhão brilha e agora é dona dos 4 cinturões do BFC  

Lutadores tiveram ótimos rendimentos, e foram alguns dos maiores responsáveis por abrilhantar a noite
De 4 cinturões do BFC, a TFT Maranhão possui os 4. Da esquerda pra direita: João Carvalho (77 kg), Altamiro (61 kg), Handerson Martins (head coach da TFT Maranhão), Taigro Urso (70 kg), Carlos Buiu (66 kg).

Neste sábado, 16, aconteceu o Bradar Fight Championship, evento realizado em São Luis, que teve como ponto principal o desafio entre atletas maranhenses vs atletas curitibanos, e contou ainda com a disputa entre atletas locais, inclusive valendo o cinturão da categoria peso galo, e uma luta de muay thai. Evento foi cheio de boas lutas, e teve a TFT Maranhão como grande destaque da noite.

A equipe liderada por Handerson Martins teve dois atletas no card, João “Pânico” Carvalho e Altamiro “Miro Mão de Pedra” Pereira, ambos em posição de destaque.

Quem entrou primeiro no octógono foi “Miro Mão de Pedra” , na antepenúltima luta da noite, enfrentando Walter Neto, num duelo entre dois atletas da casa. Vindo da conquista de um cinturão de boxe amador e mais recentemente de uma vitória por nocaute no primeiro round pelo Thunder Fight, um dos maiores eventos do país, agora chegava pra lutar pelo cinturão de MMA profissional dos pesos galos do BFC.

Miro começou solto, se movimentando, buscando encontrar a distância. Logo logo começou a levar vantagem na trocação. Mesmo sabendo que a melhor oportunidade do oponente era no ‘grappling’, buscou várias vezes essa luta agarrada, o jogo na grade. Não conseguia derrubar, mas acertava boas joelhadas, tanto por dentro da coxa quanto na barriga. O melhor momento de Walter foi quando os dois se embolaram na grade, caíram e ele logo conseguiu pegar as costas do adversário. Só que mais rápido ainda foi Miro saindo da posição e já ficando por cima se aproveitando no ‘ground and pound’. No final, vitória de “Miro Mão de Pedra”, o mais novo campeão do Bradar, por decisão unânime. Agora ele se junta a Antônio Carlos Buiu (66 kg), Taigro Urso (70 kg) e João Carvalho (77 kg), todos atletas da TFT Maranhão e campeões do BFC.

Após uma derrota pelo Wocs no Rio de Janeiro, João Pânico retornou a São Luis para lutar no evento onde ele é o campeão da categoria meio-médio. O adversário foi o curitibano Allan Francis, na luta co-principal da noite.

Desde o começo, João mostrou superioridade no duelo, tanto fisica quanto tecnicamente, além de se aproveitar da bem maior envergadura. Utilizou bastante os low kicks, que claramente incomodavam o oponente. No decorrer do luta, abusou das joelhadas no clinch, que inclusive quase levaram o curitibano a nocaute. No terceiro round, com os dois já cansados, Allan ofereceu o único momento real de perigo a João, acertando um forte soco que fez o maranhense sentir, derrubando na sequência e indo parar nas costas do lutador da casa. No entanto, não demorou muito para que João conseguisse sair da posição incômoda. No final, vitória de João Pânico por decisão unânime, e com direito a melhor performance do evento. Aplausos também para Allan Francis, que foi muito guerreiro, aguentou muita pancada, e fez com que a vitória do oponente fosse ainda mais valorizada. A luta foi uma guerra, apreciada de perto por simplesmente Wanderlei ‘The Axe Murderer’ Silva, uma das maiores lendas do MMA em todos os tempos e que estava presente no local do evento.

Allan Francis, adversário de João Carvalho, após a luta (Foto: Reprodução)

Vale destacar ainda que além do treinador e líder da TFT Maranhão, Handerson Martins, João e Altamiro contaram com uma ajuda de peso em seu córner, tratando-se de ninguém menos que Taigro Urso, cria da TFT Maranhão e que hoje é campeão do Wocs, um dos maiores eventos de MMA do país.

 

De 4 cinturões do BFC, a TFT Maranhão possui os 4. Da esquerda pra direita: João Carvalho (77 kg), Altamiro (61 kg), Handerson Martins (head coach da TFT Maranhão), Taigro Urso (70 kg), Carlos Buiu (66 kg).

A equipe que fora eleita em 2016 como a melhor do Maranhão se consolida cada vez mais no cenário local, além de cada vez mais aparecer no cenário a nível nacional.

 

*Os vídeos utilizados na matéria foram cedidos pela Oss Produções.



Categorias
LutasMMA Nacional

Pai, marido, neto, amante da família; filho de Deus; Graduando em Comunicação Social (Rádio e TV) na Universidade Federal do Maranhão; Editor chefe do Nocaute na Rede,; Redator nas seções de MMA nacional e internacional; Apaixonado por rádios, jornais, livros, podcasts, filmes, séries, comidas, esportes em geral; MMA é uma paixão absurda; Praticante de MMA e muay thai; Crítico Social
Sem Comentários

Responder

*

*

dois × quatro =

RELACIONADO POR