Thomas Almeida tenta confirmar as expectativas e se firmar como talento no UFC

Quando um jovem atleta com um cartel impecável de 17 vitórias e nenhuma derrota é contratado pela maior organização de artes marciais mistas do mundo, a expectativa é das...

Quando um jovem atleta com um cartel impecável de 17 vitórias e nenhuma derrota é contratado pela maior organização de artes marciais mistas do mundo, a expectativa é das maiores. A estreia de Thomas Almeida no octógono, no UFC Fight Night – Shogun vs. St. Preux, foi desta forma. Thominhas venceu e, de quebra, obteve o bônus de luta da noite. Hoje, no Canadá, estreará no card principal de um evento enorme, e tentará confirmar o que a mídia especializada espera dele. MMA de altíssima qualidade. Almeida bateu um papo com o Nocaute na Rede, e contou como está sendo a preparação para o combate de hoje, contra Yves Jabouin.

Thominhas estreia pelo UFC, em Uberlândia (Foto: Fred Amorim)

Thominhas estreia pelo UFC, em Uberlândia (Foto: Fred Amorim)

NR: Thomas, obrigado por conceder essa entrevista ao Nocaute na Rede. Qual sua maior inspiração no MMA atual?



Thomas Almeida: É um com grande prazer, estar tendo essa oportunidade, eu que agradeço a atenção. Minha maior inspiração é provar para mim mesmo que sou capaz. Quando a anos atrás, com 13 anos, resolvi ser o número um e assim vou ser.

NR: Qual é a sensação de fazer sua segunda luta no UFC, logo em um card principal de um evento tão grande?

Thomas Almeida: É uma sensação boa, isso mostra que o evento deposita uma esperança e mim, e gostaram do meu jogo. Isso me motiva muito a treinar cada vez mais e ir conquistando meu espaço dentro do evento.

NR: Como tem sido os treinamentos na Chute Boxe-Diego Lima para sua próxima luta?

Thomas Almeida: Venho treinando muito forte sempre com minha equipe, me sinto mais experiente, com mais vontade de vencer, mais focado. Todos do time me ajudam muito, assistem as lutas do meu adversário, tentam fazer o mesmo jogo nos treinos, ficam de fora me dando dicas. Essa união que nos temos la é muito importante para a evolução física, técnica e na confiança para luta.

NR: O que você espera do seu adversário, Yves Jabouin?

Thomas Almeida: Ele é um cara mais velho, com muita bagagem no UFC, tem uma trocação muito apurada, e não fica só restrito a luta em pé. Sabe derrubar e gosta de usar o ground-and-pound. Acredito que ele vai estar preparado para qualquer situação, por isso venho treinando todos as áreas.

NR: Qual sua meta para 2015?

Thomas Almeida: Bom não gosto de pensar lá na frente. Estou focado nessa grande batalha que tenho pela frente, passando etapa por etapa. Mas claro que o melhor seria fazer de 3 a 4 lutas no ano e sair vitorioso em todas.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Gabriel M. Neves



Categorias
Lutas

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

1 × 5 =

RELACIONADO POR