TJ Dillashaw arrasa Renan Barão e mantém o cinturão em um evento recheados de bons combates

Numa das revanches mais esperadas do ano, TJ Dillashaw vence Renan Barão novamente e tira qualquer dúvida sobre o seu título entre os pesos-galos. Com uma sequência avassaladora de...

Numa das revanches mais esperadas do ano, TJ Dillashaw vence Renan Barão novamente e tira qualquer dúvida sobre o seu título entre os pesos-galos. Com uma sequência avassaladora de golpes, o americano venceu por nocaute técnico aos 35 segundos do 4º round.

O combate se iniciou com Barão arriscando chutes altos, porém o campeão estava muito tranqüilo no octógono abaixando a guarda e sorrindo para o brasileiro. O americano soltou bons golpes na linha de cintura e no  fim do primeiro round o potiguar consegue acertar uma boa sequência de golpes, mas TJ provoca e chama Barão para a luta.



Dillashaw prova que sua primeira vitória sobre Barão não foi por acaso e mostra ser um legítimo campeão.(Foto:Divulgação/UFC)

Dillashaw prova que sua primeira vitória sobre Barão não foi por acaso e mostra ser um legítimo campeão.(Foto:Divulgação/UFC)

No segundo round Renan tenta abafar o americano na grade não dando espaço para um trocação na curta distância, mas Dillashaw consegue aplicar uma boa cotovelada e algumas joelhadas, nesse round a luta ficou boa parte na grade com vantagem para o americano que ainda certou bons jabs na distância, ao fim do assalto os dois lutadores se estranharam.

No terceiro round Barão demonstra muita lentidão, enquanto TJ é bem mais rápido, nesse round os dois trocaram um pouco mais na curta distância, mas sem muita efetividade. Barão é salvo pelo gongo ao final do terceiro roud, já que o campeão aplica uma boa sequência de golpes aonde Barão sente e por muito pouco não é nocauteado.

TJ aplicou um nocaute avassalador para cima de Barão e manteve o seu cinturão.(Foto:Divulgação/UFC)

TJ aplicou um nocaute avassalador para cima de Barão e manteve o seu cinturão.(Foto:Divulgação/UFC)

Logo no início do quarto assalto TJ acerta um forte cruzado, fazendo o brasileiro recuar, o campeão parte para cima e numa espetacular sequência de socos, o árbitro Herb Dean interrompe o combate aos 35 segundos. Com a vitória TJ Dillashaw não só mantém o cinturão dos galos, como também tira qualquer dúvida de quem é o melhor peso-galo da atualidade. Agora o americano possui duas defesas bem sucedidas de título.

Tate mostrou ca contra Jessica Eye uma excelente evolução em pé.(Foto:Divulgação/UFC)

Tate mostrou ca contra Jessica Eye uma excelente evolução em pé.(Foto:Divulgação/UFC)

Destaque também para a luta feminina entre Miesha Tate e Jessica Eye, a ex-campeã do Strikeforce mostrou uma boa evolução na luta em pé e conseguiu sua quarta vitória seguida no Ultimate, com isso Tate deve ser a próxima desafiante ao cinturão. Apesar de começar muito bem o combate, Eye foi surpreendida com um belo knockdown de Miesha ainda no primeiro round, depois disso foi dominada até o fim da luta.

O brasileiro Edson Barboza e o americano Paul Felder fizeram uma bela e muito técnica luta na segunda luta do card principal, com bons golpes, muitos chutes giratórios por parte do brasileiro e socos rodados por Felder, Barboza venceu por decisão unânime dos juízes.

Edson Barboza e Paul Felder fizeram uma luta muita técnica.(Foto:Divulgação/UFC)

Edson Barboza e Paul Felder fizeram uma luta muita técnica.(Foto:Divulgação/UFC)

Na primeira luta do card principal, Joe Lauzon venceu a lenda do PRIDE Takanori Gomi, ainda no primeiro round, após conseguir a queda o americano aplicou um eficiente ground and pound e garantiu mais uma vitória em seu cartel.

O card preliminar também houve excelentes lutas, destaque para a grande candidata como a melhor luta da noite entre Ben Saunders e Kenny Robertson, aonde Saunders venceu por decisão dividida dos juízes.

Resultados do UFC on FOX 16: Dillashaw vs Barão 2

Card Principal:
Tj Dillashaw venceu Renan Barão por nocaute técnico (socos) aos 35 segundos  do quarto round;
Miesha Tate venceu Jessica Eye por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27);
Edson Barboza venceu Paul Felder por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29,28);
Joe Lauzon venceu Takanori Gomi por nocaute técnico (socos) aos 2 minutos 37 segundos  do primeiro round.

Card Preliminar:
Tom Lawlor venceu Gian Villante por nocaute (socos) aos 27 segundos do segundo round.
Jim Miller venceu Danny Castillo por decisão dividida dos juízes (29-28-28-29-30-27);
Ben Saunders venceu Kenny Robertson por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28);
Bryan Caraway venceu Eddie Wineland por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27);
James Krause venceu Daron Cruickshank por finalização com um mata-leão a 1minuto e 27 segundos do primeiro round;
Andrew Holbrook venceu Ramsey Nijem por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28);
Elizabeth Phillips venceu  Jessamyn Duke por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28);
Zak Cummings  venceu Dominique Steele por nocaute técnico (socos) aos 43 segundos  do primeiro round.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por: Luiz Fernando Ferreira



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Um Comentário
  • Calendário MMA | Nocaute na Rede
    30 julho 2015 at 13:51
    Responder

    […] Resultados: UFC Fight Night: Michael Bisping vs Thales Leites (Glasgow/Escócia) 25/07 – Resultados: UFC on Fox: T.J Dillashaw vs Renan Barão II 25/07 – Resultados: Selva Combat […]

  • Responder

    *

    *

    7 + seis =

    RELACIONADO POR