Top 10 apostas do MMA brasileiro para 2017

2017 está chegando e com ele muitas perguntas pairam na cabeça dos fãs do MMA: “Quem vai enfrentar o McGregor?”, “Quem será o próximo desafiante ao cinturão peso pesado...

2017 está chegando e com ele muitas perguntas pairam na cabeça dos fãs do MMA: “Quem vai enfrentar o McGregor?”, “Quem será o próximo desafiante ao cinturão peso pesado do UFC?” “Quem são os atletas brazucas que vão despontar esse ano?”.  Bom, estou aqui para tentar responder essa última questão! Confira o top 10 apostas do MMA brasileiro para 2017, escolhidos humildemente pelo redator que vos fala. Vamos lá?

10 – Liana Pirosin



A peso-palha Liana Pirosin, da Rasthai, abre a lista. Ela foi o grande destaque da última edição do Imortal FC, onde fez a melhor luta da noite, contra Vanessa . Nessa batalha ela mostrou um ótimo poder de reação, após ser dominada por sua adversária, no primeiro round.  A jovem de 22 anos tem um jogo de quedas muito sólido e seu cartel de 4-1, aliado às suas participação no XFC e no Imortal, prova que ela tem um grande futuro pela frente.

Foto: reprodução Tapologhy

Foto: reprodução Tapologhy

9 – Julio Cesar “Morceguinho”

22 anos, 33 lutas no currículo e 32 vitórias. Esse é o resumo do cartel de Julio Cesar “Morceguinho”, um jovem, porém muito rodado, atleta da Astra Fight Team, que encontrou sua primeira derrota em 2015, no Bellator, quando enfrentou o perigoso Jordan Parsons (in memorian). Depois da derrota, Morceguinho lutou duas vezes, já em 2016, e venceu as duas. Ele aguarda uma nova chance em um grande evento internacional para provar o seu valor.

Foto: reprodução Sherdog

Foto: reprodução Sherdog

8 – Rafael “Baraka” Correa

Aos 29 anos, Rafael Baraka parece estar em uma crescente forte de sua carreira. O peso pena é destaque nos eventos nacionais e vem de 5 vitórias consecutivas, as duas últimas conquistadas em 2016, no Imortal FC, contra os ex-UFC Marcus “Vina” e Wagner “Galeto”. 2017 pode ser o ano para Baraka decolar rumo a eventos no exterior.

Foto: reprodução Tapologhy

Foto: reprodução Tapologhy

7 – Pedro “Young Punisher” Munhoz

Atleta da renomada Kings MMA, Pedro Munhoz vem se destacando no UFC pela divisão dos galos. O cartel do lutador impressiona: 13-2-1, e chama ainda mais atenção quando vemos que 8 dessas vitórias vieram por finalização. Em 2016, Pedro enfileirou Russell Doane e Justin Scoggins, ambos por guilhotina – Guilhotina essa que é sua principal arma para enfrentar o duríssimo ranking de sua divisão.

Foto: reprodução UFC

Foto: reprodução UFC

6 – Kalindra Faria

Aos 30 anos e com um cartel de 18-5, Kalindra Faria é uma das grandes apostas para 2017. Ela vem de 3 vitórias seguidas, sendo a última em um fechamento de trilogia contra a experiente Carina Damm, pelo Titan FC. Kalindra já se testou contra grandes lutadoras que hoje estão no UFC: contra Karolina Kowalkiewicz e Jessica Aguilar acumulou duas derrotas por decisão. Chegou a hora de ela provar que superou esses tropeços e que pode sim fazer frente contra as tops do mundo, na divisão até 57 kg.

Foto: reprodução ProMMA

Foto: reprodução ProMMA

5 – Rogério Bontorin

Finalizador nato, o peso mosca Rogério Bontorín, da Gile Ribeiro, estampa um cartel irretocável: 10-0, sendo 9 vitórias por submissão. Ele foi o campeão do torneio peso-mosca do Imortal FC, em julho e assinou seu contrato com o lendário Pancrase MMA. Amanhã (18) ele estreará no evento japonês contra Takeshi Kasugai, sonhando com uma disputa de cinturão internacional.

Foto: reprodução Portal Vale Tudo

Foto: reprodução Portal Vale Tudo

4 – Matheus Nicolau

Veterano do TUF Brasil 4, Matheus Nicolau mostrou uma ótima capacidade dentro da casa, mas foi no UFC que ele realmente se destacou. Em 2016, sua vitória contra o veterano John Moraga o colocou no ranking da divisão peso mosca e ele ainda pode mais, muito mais! Seu cartel 12-1 com 4 finalizações e 4 nocautes mostra que ele é um lutador versátil e de muita técnica.

Foto: reprodução Sherdog

Foto: reprodução Sherdog

3 – Viviane “Sucuri” Pereira

Recém-chegada ao UFC, Viviane Sucuri vem colecionando bons resultados na carreira. A cearense, especialista no Sanda, já possui 12 vitórias em 12 lutas e em sua estreia no maior evento de MMA do mundo mostrou muito potencial ao bater a experiente ex-desafiante ao cinturão Valerie “Trouble” Letorrneau, por decisão dividida. Com certeza podemos esperar grandes feitos de Viviane no próximo ano, escalando espaços rumo ao topo da divisão.

Foto: reprodução Blog do Povo

Foto: reprodução Blog do Povo

2 – Luis Henrique “KLB”

Aos 23 anos e dentro de uma divisão repleta de atletas com mais de 30, Luis Henrique KLB pinta como um prospecto peso pesado de valor para o UFC. Ele tem um estilo de luta mais leve que o normal de sua divisão e alterna vitórias por nocaute e por finalização. Com três combates pelo UFC, ele acumulou 2 vitórias e uma derrota para o top de ranking, Francis N’Gannou.  2017 começa para KLB em 11 de fevereiro, pois ele já tem combate agendado contra Marcin Tybura, no UFC 208.

Foto: reprodução Portal do Povo

Foto: reprodução Portal do Povo

1 – Ariane Lipski

Elejo como destaque da lista a top mundial  peso-mosca, Ariane Lipski. A atleta da Rasthai é, em minha opinião, a grande aposta para 2017 pois já figura em um dos grandes eventos do mundo e com grandes chances de tornar-se campeã. O poder de nocaute devastador de Ariane foi apresentado ao grande público no combate contra a veterana Julie Werner, em maio deste ano. depois da vitória, a jovem de 22 anos retornou ao KSW com muita moral e nocauteou a ex-UFC Sheila Gaff.  Ariane é um nome provável para uma futura divisão mosca feminino no UFC.

Foto: Felipe Moreira / OsS Produções

Foto: Felipe Moreira / OsS Produções

E aí, concordam com a lista? Esqueci de alguém? Comenta sua opinião sobre o top 10 prospectos brasileiros para 2017!



Categorias
MMAMMA NacionalOpinião
Sem Comentários

Responder

*

*

um × 3 =

RELACIONADO POR