Treinador de Cain Velasquez revela: “Ele tentou treinar lesionado e sentindo muitas dores”

Após ter mais uma luta cancelada por lesão, o treinador de Cain Velasquez abriu o jogo, e disse o por que seu pupilo decidiu sair do combate. Em entrevista...

Após ter mais uma luta cancelada por lesão, o treinador de Cain Velasquez abriu o jogo, e disse o por que seu pupilo decidiu sair do combate. Em entrevista ao site BloodyElbow, Javier Mendez declarou que Velasquez tentou treinar mesmo lesionado, e sentido muitas dores.

Javier Mendez

Javier Mendez

“Ele ia lutar com a lesão”, acrescentou Mendez. “Os médicos deram-lhe uma injeção de cortisona e disseram pra Cain esperar de 6 a 7 dias antes de voltar a treinar duro. Mas mesmo machucado, ele estava indo treinar. Mas no 6º dia a cortisona parou de funcionar e Cain sentiu uma dor intensa. Ele contatou a médicos, mas disseram-lhe que outra dose de cortisona não iria funcionar. Esse foi o momento em que ele quis cancelar a luta.”



Cain Velasquez iria lutar contra Fabricio Werdum no UFC 196, mas a lesão o tirou do combate. Essa foi a 2ª vez que Velasquez saiu do combate com Werdum. Em 2014, ele iria lutar com brasileiro pelo cinturão, mas acabou se lesionando, e sendo substituído por Mark Hunt.

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek
Curta Nocaute na Rede no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH



Categorias
UFC

27 anos, gaúcho, bacharel em administração.
Sem Comentários

Responder

*

*

5 × dois =

RELACIONADO POR