TUF 18: Maturidade vs Experiência – 4º Episódio

Pela primeira vez, ao terminar de assistir um episódio do programa TUF 18, sinto alguma inspiração. Isso com certeza não foi fruto nem das palavras e muito menos das...

Pela primeira vez, ao terminar de assistir um episódio do programa TUF 18, sinto alguma inspiração. Isso com certeza não foi fruto nem das palavras e muito menos das atitudes apresentadas pelos treinadores de equipe. Toda a situação à la twitter continua e muito sinceramente, ficar querendo “sair no pau” ali e naquele momento foi ridículo. Os homens tem conseguido entrar em uma onda de ridicularidade e drama em níveis quase que superiores aos das treinadoras titulares. Como já citei o Bushido em meu texto anterior, meia palavra para bom entendedor basta; Dana White também já falou “essa questão será decidida definitivamente quando Tate e Rousey estiverem no octógono.” – concordei. Fora o episódio mais leve e mais alegre de todos no geral, Roxanne Modafferi fora a escolhida por Miesha para enfrentar Jessica Rakoczy. Para não acabar tão cedo com a tradição, é óbvio que Jessica tem um ombro negativado e como sempre Ronda diz acreditar na lutadora.

Team-Tate-vs-Team-Rousey-TUF-18-cast-picture

(Foto: MMA Fight Radio)

Nos treinos da equipe Tate, vemos pela primeira vez homens e mulheres juntos. Por um lado foi interessante ver a reação quase que de espanto dos meninos, mas uma coisa é certa, sempre que uma garota puder treinar com o sexo oposto, ela vai ir pra cima, ela vai se soltar e vai tentar com mais vontade; ao menos eu sou assim. São nesses momentos que podemos ter uma idéia melhor da nossa própria força, temos que aumentar ou segurar, temos que firmar ou corrigir, é ótimo. E é claro que iremos dizer “vem com tudo” todas as vezes, também queremos saber até onde conseguimos ir, o que realmente nos machuca ou não, aonde temos que melhorar no trabalho de guarda ou calejamento. Pra falar bem a verdade, a parte de calejamento, na minha opinião, é a pior a ser feita com outra mulher, especialmente se for uma magra, os meninos oferecem um pouco mais de massa muscular para absorver os impactos. Não muito, mas tem. Alias, falo isso por treinar essa parte sem proteções, foi assim que o Mestre mandou. Retornando do devaneio, o treino rendeu e as meninas aproveitaram muito. Roxanne foi a única a me preocupar. Me pareceu brincalhona demais, pulando, sem foco, falando japonês e sorrindo. Tudo bem, cada um é cada um, mas admito ter ficado aflita ao assistir aquilo.



No treino da equipe Rousey foi Jessica quem teve a oportunidade de treinar diretamente com Ronda e outros membros masculinos da equipe. Já de cara ela demonstrou rapidez, seriedade, foco e vontade. Toda a equipe tem tido momentos em que cada um fica por si, um momento de focar e se preparar, o que é importantíssimo para um melhor desempenho mental (sem corpo não terás mente, sem a mente não terás um corpo). Deu para ver bem a agilidade dela.

MMA TKAO

(MMA TKAO)

A pesagem, de todas até agora, foi a mais tranquila, com direito a piadas e brincadeiras, mas a luta, que foi para o segundo round, poderia ter sido tão melhor! Entre o que se falava da pequena Samurai Roxanne e a personalidade de Jessica, sinceramente, eu esperava muito mais. Tivemos um primeiro round atravancado, muitas entradas feitas por Roxanne que tentou o tempo todo manter a luta no chão para fazer maior proveito do seu jiu-jitsu. A verdade é que, ao meu ver, ela só conseguiu levar a luta para o chão tantas vezes por causa da postura curvada e ao mesmo tempo aberta da boxeadora Jessica. Mesmo assim, Jessica se manteve calma o tempo todo, trabalhou muito bem a respiração e em nenhum momento foi totalmente dominada. Mas não posso deixar de comentar o fato de que achei a técnica de Roxanne muito inexperiente e afobada. Ela não aproveitou todas as opções de trabalho de perna que poderia ter feito, mochilou rapidamente  mas também não tirou proveito. Mesmo quando tinha Jessica contra a grade, ficavam atravancadas. Jessica focou em respirar, sair das manobras e golpear. Deu para ouvir os treinadores pedindo para que Roxanne executasse um ground and pound mas sinceramente, vi nada disso.

WP MEDIA (2)

(Foto: WP Media)

Ao terminar o primeiro round, deu pra ver no rosto de cada uma a diferenca nos niveis de experiência. Uma Jessica de respiração controlada e foco num canto e no outro, Roxanne de olhos arregalados, sofrendo com a respiração (dava para sentir a queimação enquanto o ar lhe preenchia os pulmões) , também notável o seu desespero. Início de segundo round, Jessica deixou Roxanne explodir e errar na trocação, manteve a luta de pé mesmo quando contra a grade. O juiz parou a luta por um momento pois Jessica havia atingido a nuca da pequena Samurai. Recebeu uma advertência e retornou. As explosões foram seguidas até que Roxanne tentou segurar no chão, Jessica se ergueu segurando as pernas da oponente bem firmes ao redor de seus quadris, e então, pareceu que Jessica havia decido que não queria mais “brincar”. Ela ergueu Roxanne e aplicou uma linda “bate estaca”! A partir desse momento, mesmo tendo a pequena Samurai no chão, os golpes não pararam. Até digo que ela aguentou bastante, pois o juiz foi quem teve que dar a luta como terminada.

WP MEDIA

(Foto: WP Media)

Toda essa última sequência foi forte, rápida e decidida, foi o mais lindo que vi até agora nesta edição do programa. Fora a primeira vez que a equipe Rousey ganhou e enquanto a equipe Tate dava atenção a seu membro que ainda estava caido dentro do octógono, Rakoczy veio ao seu chamado para receber os seus parabéns e também para consolar a garota. Uma deu apoio a outra e foi o perfeito tratamento entre duas atletas. Ronda ganhou a oportunidade de escolher a próxima luta que ficou decidido como David Grant (Rousey)VS Louis Fistte (Tate).

Para assistir ao episódio 4 completo, CLIQUE AQUI!

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Curta nossa página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Tatiana Sperb Goldberg



Categorias
LutasMMA InternacionalUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

quinze + 16 =

RELACIONADO POR