UFC 170: Rousey vs McMann em destaques

Logo mais teremos em Las Vegas um “lesionado” card denominado UFC 170, que mesmo tendo tido algumas baixas, ainda tem o seu valor, confira abaixo uma analise das principais...
Logo mais teremos em Las Vegas um “lesionado” card denominado UFC 170, que mesmo tendo tido algumas baixas, ainda tem o seu valor, confira abaixo uma analise das principais lutas e dos brasileiros que vão estar lutando no card:

Ultima chance do “Trator funcionar”

MSN

(Foto: Fox Sports)

Na primeira luta da noite teremos digamos assim dois “desesperados” por vitória, Rafaello Trator e Erick Koch lutam por uma vaga na categoria dos leves do UFC, muito provavelmente o perdedor será demitido. Juntos os atletas colecionam 5 derrotas nas ultimas 6 lutas, Rafaello venceu só uma luta no UFC e foi nocauteado por duas vezes, já Erick Koch antes da má fase chegou a ser o desafiante ao título dos penas contra José Aldo, só não o enfrentou porque se lesionou. Koch é o franco favorito para a luta, com sua envergadura maior e melhor absorção aos golpes deve fazer o brasileiro procurar um novo emprego, já Trator tem como vantagem a experiencia, e tem a ultima chance de mostrar seu potencial para se manter no Ultimate.

Em busca do Title Shot

Supér Lutas

(Foto: Super Lutas)

Raphael Assunção busca hoje, mesmo que contra Pedro Munhoz uma chance de disputar o cinturão da categoria, e mesmo contra um estreante, uma vitória impressionante lhe deve dar um title shot contra Renan Barão. Com Dominick Cruz lesionado, o veterano é o único da categoria com cartel para uma disputa de título. Na sua frente estará Pedro Munhoz, jovem, mas com vontade e um ótimo currículo, que quer e muito estragar os planos de Assunção. Pedro tem um estilo agressivo e Muay Thai afiado por Rafael Cordeiro, e deve usar isso para tentar bater Raphael, que por sua vez deve apostar em quedas, e buscar a finalização desde o inicio para se sagrar vencedor, promessa de ótima luta.  

Para retomar o sonho

UFC on FOX 2: Press Conference

(Foto: UFC)

A luta entre Demian Maia e Rory Macdonald deve mostrar quem deve voltar aos trilhos e ficar novamente na rota do cinturão da categoria. Com St-Pierre aposentado, a categoria dos meio médios se transformou, da mais remota, a possível mais movimentada. O pupilo da lenda canadense entra como um certo favoritismo para luta, dito a sua envergadura, sólido jogo em pé, e boa defesas de quedas. Mas Demian Maia, amargurado por perder por decisão dividida para Jake Shields sabe que no alto dos seus 36 anos, duas derrotas seguidas podem significar o fim do sonho do brasileiro um dia conquista o cinturão do UFC, resumindo Demian precisa mostrar porque um dia já foi chamado de novo “Royce Gracie”.

Quem mandou provocar

ESPN

(Foto: ESPN)

O ex wrestling olímpico Patrick Cummins só vai lutar contra Daniel Cormier porque desafiou o ex campeão do Strikeforce após Rashad Evans se lesionar, afirmando que fez Cormier chorar em treinos para as olímipadas. Agora Cummins vai ter que provar, Cormier ficou bravo, não por menos, e já fez a ameaça, que se Cummins o fez chorar para ninguém ver, ele vai fazer isso com Cummins no maior palco do mundo. E uma luta que não faria o menor sentido, sem nenhum apelo, do nada ganhou a sua graça, o promissor atleta invicto com 4 lutas, sem nada a perder tem até suas remotas chances de surpreender Cormier, mas dificilmente terá exito, o mais provável é uma surra de 15 minutos do ex peso pesado, ou uma luta rápida de forças desproporcionais.

A “Super Estrela” em evidencia

Bryan Callen

(Foto: Bryan Callen)

Dana White não esconde de ninguém quem é a sua atleta favorita, é impossível postar em uma matéria apenas todos os elogios que Dana já fez à Ronda Rousey, o último foi que Ronda é a maior estrela da história do UFC. A rainha da chave de braço com certeza é uma grande personagem no elenco do Ultimate, seja por sua beleza, personalidade forte ou técnica no octógono, mas também não é pra tanto. Dessa forma a pressão só aumenta pra cima da campeã, e agora com talvez seu maior desafio na carreira, Ronda precisa mostrar que é uma lutadora completa, Sarah é invicta como Ronda, possui wrestler olímpico e garra invejável. Difícil apontar favorita para essa luta, apenas que deve ser um combate com muitas reviravoltas e que vai impressionar os fans.



Destaque ainda para o combate de Zach Makovsky vs Joshua Sampo, duas grandes promessas que podem disputar o títulos dos moscas no futuro e para a luta de Mike Pyle vs TJ Waldburguer que deve proporcionar “fogos de artificio” aos fans.

UFC 170: Rousey vs McMann

22/02 – Las Vegas, Nevada – Estados Unidos

BgaJRmmCMAApBh7

Card Principal
Ronda Rousey vs Sara McMann
Daniel Cormier vs Patrick Cummins 
Rory MacDonald vs Demian Maia
Mike Pyle vs TJ Waldburguer
Robert Whittaker vs Stephen Thompson
Card Preliminar
Alexis Davis vs Jessica Eye
Raphael Assunção vs Pedro Munhoz
Cody Gibson vs Aljamain Sterling
Zach Makovsky vs Joshua Sampo
Erik Koch vs Rafaello Oliveira
Ernest Chavez vs Yosdenis Cadeno 

Siga o Grupo MundoMMA no Facebook: https://on.fb.me/143Aqek

Siga o Nocaute na Rede no Instagram: https://bit.ly/19p66yi

Curta Nossa Página no Facebook: https://on.fb.me/18HEkvH

Escrito por Victor Nunes / @vic_nr



Categorias
LutasUFC

Criado em 14 de agosto de 2013, o Nocaute na Rede tem como principal objetivo FORTALECER o crescimento do esporte pelo Brasil e mundo a fora, é por isso que desde o início divulgamos os pequenos eventos e atletas que estão começando no cenário nacional.
Sem Comentários

Responder

*

*

9 + 16 =

RELACIONADO POR